Líder em alugueis residenciais no Brasil, o QuintoAndar identificou um padrão que, nos últimos três anos, vem se repetindo, à medida que a empresa cresce e aumenta seu número de clientes. Os meses de janeiro e fevereiro são os melhores do ano para a locação de imóveis. Uma espécie de alta temporada do setor.

De acordo com a imobiliária digital, os proprietários que anunciam nesta época do ano tendem a alugar de 35% a 50% mais rápido do que nos outros meses do ano.

Razões do aumento

Não há, segundo o QuintoAndar, uma razão específica para esse aumento. Mas a empresa aponta alguns indicativos sobre o aumento das negociações neste período do ano. São eles:

  • Promessas de mudança no Ano Novo;
  • Início do ano letivo em escolas e universidades
  • Reorganização financeira
  • Temporada de encerramento de contratos vigentes

Alta temporada em 2018 e 2019

No ano de 2018, por exemplo, os meses de janeiro e fevereiro registraram um aumento de 59% nas visitas agendadas na plataforma do QuintoAndar, em comparação com os dos meses anteriores – novembro e dezembro de 2017. 

Já em 2019, a comparação entre o primeiro bimestre do ano em curso e o último do ano anterior foi ainda maior: 69% a mais visitas agendadas. 

Ritmo de crescimento em 2020

E de acordo com o QuintoAndar, as primeiras semanas de 2020 apontam que a tendência continua.

“Só na semana passada, marcamos 86 mil visitas a imóveis pela plataforma. Um recorde para nós. As pessoas aproveitam o começo do ano para mudar por vários motivos. Como o início das aulas, a vontade de reorganizar as finanças e mesmo de ter o gostinho de encarar o ano novo em uma casa nova”, afirmou Flávia Mussalem, gerente regional do QuintoAndar, ao portal Valor Investe.

Sobre o QuintoAndar

Atualmente, o QuintoAndar opera hoje em 9 regiões metropolitanas e em mais de 30 cidades. E conta com parcerias com cerca de 30 imobiliárias em todas as suas áreas de atuação. 

Em 2019, seu crescimento foi 5 vezes maior em relação ao fim de 2018, com mais de 5 mil contratos fechados por mês e com mais de 2 milhões de visitas marcadas pela plataforma entre janeiro e dezembro do ano passado.