Beagá é uma das mais jovens capitais do Brasil e tem apenas 120 anos. O centro é bem planejado, tem ótimo clima e é também uma cidade e tanto pra se morar. Se você tá pensando em mudar pra Belo Horizonte, a gente antecipa alguns dos melhores programas pra fazer na região.

Faça nosso quiz e descubra: qual bairro de BH combina mais com você?

1. Pampulha

A lagoa da Pampulha é uma das mais famosas realizações de Oscar Niemeyer. Um patrimônio brasileiro de valor histórico e arquitetônico. O complexo conta com o Museu de Arte de Belo Horizonte, a Casa de Baile e a Igreja de São Francisco de Assis (conhecida como Igrejinha da Pampulha), com painéis de Cândido Portinari.

A Casa Kubistchek é tombada como patrimônio cultural e hoje funciona num sistema de casa-museu. Os gramados no entorno do lago são usados como parque pelos belo-horizontinos aos finais de semana.

Saiba mais:

2. Praça do Papa

Originalmente construída para homenagear o político Israel Pinheiro, que governou o estado, o local foi batizado Praça do Papa após a visita do Pontífice João Paulo II. Ao contemplar a vista, ele falou para uma multidão que o acompanhava: “que Belo Horizonte!”.

Considerada como um dos principais cartões-postais da cidade, é a área de lazer mais procurada pelos belo-horizontinos.

Saiba mais:

3. Savassi

O bairro mais bacana de BH é uma delícia para conhecer caminhando. Arborizado e com calçadas largas e bem preservadas, a Savassi é uma parte do bairro Funcionários e tem um comércio super estruturado. Vale a pena passear pelas lojas, livrarias e padarias como a Casa Bonomi e o restaurante Dona Lucinha.

Na região você vai ver belos muros grafitados — procure pelas obras de Rogério Fernandes (foto), espalhadas pelos muros e postes.

Aos finais de semana o programa bom é sentar em uma das mesas espalhadas nos calçadões e curtir shows de música ao vivo. O mais premiado pão de queijo da cidade também está ali: é na Pão De Queijaria. E vem em vários sabores e recheios.

Saiba mais:

4. Praça da Liberdade

Essa praça fica na parte alta da Savassi e conta um pouco da história de Belo Horizonte. Ela faz parte da cidade planejada, tem uma alameda de palmeiras imperiais e coreto. É rodeada por edifícios de enorme valor arquitetônico.

Ao redor da praça você encontra: o Palácio da Liberdade, as antigas sedes de secretarias de Estado, o Centro Cultural Banco do Brasil, o Museu de Minas e Metal, o Memorial Minas Gerais e os modernos Edifício Niemeyer e Biblioteca Pública.

Boa tanto como ponto de encontro para quem mora por aqui ou como local para uma uma aula sobre a formação do estado de Minas Gerais. A praça é tomada como patrimônio histórico e tem ainda jardins, lagos, alamedas, fontes e monumentos. Vale a pena conhecer!

Saiba mais:

5. Mercado Central

Com o perdão do clichê, não dá para ir à Belo Horizonte e não visitar o Mercado Central. O principal centro de abastecimento da cidade também é um de seus principais pontos turísticos e o lugar onde os belo-horizontinos se encontram pra petiscar e beber cerveja gelada.

Pra provas de queijos e doces, procure o Armazém Mineiro. Mas pra sentar e comer (depois de encarar uma fila), o Casa Cheia é o lugar certo.

Saiba mais:

http://mercadocentral.com.br

Veja aqui as opções de imóveis pra alugar em Belo Horizonte pelo QuintoAndar: