A sustentabilidade é um assunto cada vez mais em voga em todos os setores e segmentos da nossa sociedade. Não por moda, mas por necessidade. Afinal de contas, a Terra é nossa moradia mais macro e só temos ela para viver. Pois de forma bem micro, é possível contribuir, também em termos de moradia, para que as próximas gerações ainda tenham um planeta viável para morar. E as casas sustentáveis estão entre as formas de se fazer isso. 

Neste artigo, vamos mostrar como as casas sustentáveis podem trazer benefícios tanto para o meio ambiente quanto para o seu bolso. 

Navegue pelo conteúdo:

Impacto ambiental

O conceito de sustentabilidade está intimamente ligado ao impacto ambiental. Pois tem a ver com se desenvolver sem comprometer e esgotar recursos naturais para as gerações futuras. 

As casas sustentáveis, portanto, são aquelas que tanto na sua construção quanto no seu funcionamento diário passam pela preocupação de gerar pouco ou nenhum impacto na natureza.

Seja para construir, morar ou mesmo tornar o seu lar mais sustentável, todas essas ações trazem benefícios tanto para o meio ambiente quanto para o seu bolso.

Materiais de construção e decoração

Tanto na hora de construir quanto na decoração interna, casas sustentáveis são aquelas que usam materiais com nenhum ou o menor impacto ambiental possível. 

Neste caso, uma boa opção é optar pela reutilização de materiais, como a madeira de demolição em construções ou o reaproveitamento de móveis antigos na decoração. Além de ser uma forma de reduzir os custos, você deixa tudo mais sustentável.

Tijolos ecológicos

Outro tipo de material que pode ser usado em casas sustentáveis é o tijolo ecológico. Você sabia que a fabricação feita nas olarias de tijolos tradicionais, que são os mais usados na construção civil, causam um grande impacto ambiental? 

O tijolo ecológico tem sido uma alternativa para construção de casas sustentáveis, pois além de ter um impacto ambiental muito menor em sua fabricação, também tem um custo mais baixo do que o tijolo tradicional. De acordo com o portal Ciclovivo, eles usam 90% a menos de água em sua fabricação, que dispensa a queima de carvão, e diminuem o uso de argamassa no canteiro de obras.

Telhado verde

Outro recurso que cabe bem em casas sustentáveis é o chamado telhado verde. Além da beleza, esse tipo de cobertura ajuda a mitigar os impactos da poluição, pois bloqueia partículas de poeira e purifica o ar, e auxilia no isolamento de ruídos e de calor, reduzindo o uso de ar condicionado no calor ou mesmo de aquecimento nos dias mais frios.

Iluminação natural

O aproveitamento da luz natural é algo muito importante em casas sustentáveis. Afinal, quanto menos o imóvel consumir em eletricidade, menos impacto ele terá ambientalmente. 

Por isso, um projeto de uma casa sustentável deve prever espaços com amplitude e ambientes integrados. Ou seja, com menos paredes que impeçam a entrada da luz no ambiente. 

Esse tipo de característica combinada com grandes portas e janelas de vidro que, abertas ou fechadas, favoreçam ao máximo a entrada do sol, fazem com que o uso da eletricidade para fins de iluminação seja necessário apenas na parte da noite. 

Ao buscar por um novo lar no QuintoAndar, inclusive, é possível utilizar filtros de pesquisa para encontrar imóveis com janelas grandes para morar.

Financiar um novo lar sem dor de cabeça? Aqui você consegue.
Financiar um novo lar sem dor de cabeça? Aqui você consegue. Descubra como

Painéis de luz solar

Mas a luz solar pode fazer muito mais pelas casas sustentáveis do que simplesmente servir como iluminação natural. Ela pode, inclusive, fornecer energia elétrica. 

A chamada energia solar fotovoltaica é captada por meio de painéis solares, que podem ser instalados nos telhados de casas sustentáveis ou em grandes áreas planas anexas ao imóvel, onde a incidência da luz do sol ocorra durante todo o dia, ou pela maior parte do dia.

E por que é sustentável? Por ser uma energia limpa – que não emite gases poluentes, por exemplo – e renovável. Afinal de contas, se tem uma certeza que nós temos é a de que o sol vai nascer todos os dias.  

Economia de energia elétrica

De acordo com o Portal Solar, os painéis solares têm uma vida útil de 25 anos e não requerem muitos custos de manutenção. Além disso, podem representar uma economia de até 95% na conta de energia. 

Ainda segundo o mesmo portal, a média do tempo de retorno do investimento para sistemas residenciais no Brasil é de 3 anos. Ou seja: ao instalar um painel solar, você terá cerca de 22 anos de energia elétrica gratuita, levando em consideração o tempo médio de vida útil do sistema.

Ventilação

Além de facilitar a propagação da luz natural, ambientes integrados em casas sustentáveis também trazem o benefício da melhor ventilação, algo importantíssimo para deixar o imóvel mais fresco, especialmente em regiões mais quentes, o que reduz o gasto, por exemplo, com ar condicionado. 

+ Leia também:
Dicas de decoração para cozinha americana com sala

Descarte de lixo

A sustentabilidade não está apenas na forma como uma casa é construída ou em tecnologias que diminuam o impacto ambiental, mas também nos costumes e no dia a dia dos seus moradores. 

E uma das melhores formas de deixar o seu lar mais sustentável é ter uma atenção especial ao seu descarte de lixo.

Reciclagem

A reciclagem é um processo que pode ser facilmente incorporado na rotina de casas sustentáveis. Basta você mudar pequenos hábitos. Por onde começar? Você pode separar o lixo orgânico (restos de comida) do lixo “seco” (vidros, plásticos, metais e papéis).

+ Leia também:
Saiba como separar o lixo corretamente

Na maioria das grandes cidades, é normal que as prefeituras disponibilizem caminhões para coleta seletiva de lixo. Se esse não for o caso no seu município, você pode procurar por cooperativas de reciclagem ou as grandes redes de supermercados. 

Resíduos orgânicos

Zerar a produção de resíduos orgânicos em uma residência é algo praticamente impossível. Mas lidar com esse tipo de lixo de uma forma mais sustentável não só é muito importante e possível como é uma forma de reduzir em muito o impacto ambiental na sua casa. E uma das formas de se fazer isso é com uma composteira doméstica.

Com a compostagem, além de reduzir significativamente o lixo orgânico descartado em sua casa, você ainda passa a contar com uma produção de adubo para hortas e plantas em geral.

O que não pode ser reciclado

Alguns resíduos não devem ser descartados no lixo normal. O óleo de fritura usado, por exemplo, você pode guardar em recipientes limpos, como garrafas pet, e levar para o supermercado quando for fazer compra. As grandes redes costumam ter compartimentos especiais para esse tipo de descarte. Da mesma forma, pilhas e baterias devem ser levadas a postos de coletas especializados, assim como remédios.

Além do lixo orgânico e do lixo seco, alguns materiais não se encaixam em nenhuma dessas categorias. É preciso separá-los para fazer um descarte adequado.

Veja uma lista de materiais que não são recicláveis:

  • Cerâmicas;
  • Vidros pirex e similares;
  • Acrílico;
  • Lâmpadas fluorescentes;
  • Papéis plastificados, metalizados ou parafinados (embalagens de biscoito, por exemplo);
  • Papéis carbono, sanitários, molhados ou sujos de gordura;
  • Fotografias;
  • Espelhos;
  • Pilhas (deposite em coletores específicos, como ecopontos); 
  • Baterias de celular (estes devem ser devolvidos ao fabricante);
  • Fitas e etiquetas adesivas. 

No site eCycle é possível consultar os pontos de coleta mais próximos da sua casa para alguns desses materiais. 

Horta em casa

Mais do que simplesmente fazer jardinagem, ter uma horta em casa é uma forma de tornar o seu lar mais sustentável. Afinal, significa produzir o seu próprio alimento, não é mesmo?

E além da dica que você já viu por aqui sobre fazer compostagem doméstica, veja abaixo algumas dicas imperdíveis não apenas para sua horta, mas para você ter mais plantas em casa:

Água da chuva

A captação e o aproveitamento da água da chuva estão entre as principais características das casas sustentáveis. Afinal de contas, a escassez de água é uma preocupação comum e cada vez mais discutida nas pautas ambientais.

Estruturas montadas para a captação dessa água da chuva são excelentes para que a sua casa tenha uma forma eficiente e econômica para consumos. É o chamado aproveitamento da água para fins não-potáveis, como, entre outros:

  • Descargas
  • Limpeza de pisos
  • Irrigação de jardins
  • Limpeza de calçadas
  • Lavagem de carros
  • Piscina

Para o reaproveitamento da água da chuva, o projeto de uma casa deve prever tubulações separadas para a água potável e a não-potável.

No caso da água da chuva, sistemas de calhas são responsáveis pela captação e levam a água para uma cisterna. Depois, passa por um filtro, que segura resíduos e outras impurezas, e é jogada por uma caixa d’água separada por meio de uma bomba. De lá, por meio das tubulações separadas, ela pode ir para vasos sanitários e torneiras de garagens, jardins e áreas de serviço, por exemplo. 

Prever esse tipo de estrutura é algo que não representa um custo muito alto na obra de construção de uma casa. E que pode representar uma economia de até 50% no consumo da água fornecida pelo serviço público.  

+ Leia também:
Descubra o que é cisterna e quais as vantagens de ter uma em casa

A importância de se sentir bem em casa

A preocupação com a sustentabilidade e o meio ambiente faz parte, cada vez mais, dos valores de muitas pessoas, que têm consciência dos riscos que nosso planeta corre por conta do desenvolvimento desenfreado. E cada ação individual que vise um menor impacto ambiental importa, seja na construção de casas sustentáveis ou em pequenas ações do dia a dia.

O MeuLugar sempre vai trazer para você conteúdos que tragam bem-estar e façam com que você sinta bem dentro da sua casa. Se você quer mais dicas de decoração, organização e inspiração, continue navegando por aqui e veja como deixar sua casa cada vez mais personalizada e funcional.

E se você estiver pensando em se mudar para um novo lar, seja um apartamento ou uma casa, conte com o QuintoAndar nessa missão. Aproveite os nossos mais de 70 filtros de busca que vão te ajudar a encontrar um espaço do jeito que você sempre sonhou.