O Brasil é um país enorme, com mais de 5500 cidades, e uma discrepância cultural e socioeconômica muito grande entre as regiões. 

E, apesar de grande parte das pessoas ainda acreditar que as regiões metropolitanas oferecem uma qualidade de vida e oportunidades melhores, hoje isso já não é mais uma regra.

Enquanto boa parte da população ainda procura grandes capitais, existem cidades mais baratas no Brasil que oferecem muitas oportunidades de emprego e ainda possuem diversos outros benefícios, como mais segurança, tranquilidade e menor densidade populacional.

E, se você acha que, para isso, precisa procurar um lugar no meio do nada, está muito enganado: existem muitas cidades desenvolvidas que se encaixam nessa categoria.

Neste artigo, você verá quais são as cidades com menor custo de vida no Brasil, detalhes importantes sobre esses municípios e qual a melhor escolha para cada perfil.

Navegue pelo conteúdo:

Como é calculado o custo de vida das cidades brasileiras?

Antes de conhecer as cidades com menor custo de vida no Brasil, e decidir qual atende melhor às suas necessidades, é importante entender como esse valor é calculado. 

Afinal de contas, o custo de vida engloba diversas categorias, e é preciso levar até mesmo pequenos detalhes em consideração. 

Ainda que o m² de uma cidade seja barato, isso não significa que ela terá uma melhor posição na lista, pois também é preciso considerar alimentação, lazer, serviços gerais de utilidade pública, suprimentos e serviços domésticos, transporte etc.

Além disso, também há uma série de prioridades diferentes, que vão depender do estilo de vida de cada pessoa. Uma família com crianças, por exemplo, precisa considerar o preço de instituições de ensino, enquanto jovens com vida social ativa provavelmente vão priorizar o lazer, festas e alimentação fora de casa. 

De qualquer forma, há algumas cidades brasileiras que oferecem um custo-benefício muito bom, pois têm um preço mais em conta na maioria das categorias que os principais estudos levam em conta para calcular o índice de custo de vida. 

E, como você verá a seguir, esses municípios apresentam uma excelente infraestrutura para os mais diversos estilos de vida, o que as torna muito atrativas para os diferentes perfis de pessoas que estão pensando em se mudar.

Você pode se interessar por: Mudar de cidade: Passo a passo para não esquecer nada e fazer tudo com calma

Quais são as cidades mais baratas do Brasil?

De acordo com a pesquisa de Custo de Vida Nacional, feita pela Mercer em 2021, o custo de vida pode variar até 14% nas cidades brasileiras. 

Para chegar à lista a seguir, foram avaliadas 17 cidades brasileiras, levando em consideração custos de diferentes categorias, como serviços domésticos, esporte e lazer, refeição fora de casa, cuidados pessoais, entre outros.

A cidade usada como fator comparativo foi a de São Paulo. Isso quer dizer que, para cada uma das categorias avaliadas, foi levado em consideração se um morador gastaria mais ou menos do que na capital paulista para realizar a mesma ação. 

Para ajudar você a escolher a melhor cidade para se viver, preparamos uma breve apresentação com as principais informações sobre cada local. Vale destacar que essa listagem não está no formato de ranking. 

Vamos lá?

1. Fortaleza

Fortaleza é a capital do Ceará e a 5ª cidade mais populosa do Brasil. Apesar de ser muito conhecida por suas praias deslumbrantes, Fortaleza é uma das grandes potências do Nordeste, sendo a cidade mais rica da região e a 9ª mais rica do país — de acordo com o PIB de 2020.

Em termos de trabalho, a capital cearense foi a 6ª do país a mais gerar empregos, recebendo, no ano de 2017, o título da Forbes como a melhor capital para ambiente de negócios.

Quando o assunto é custo de vida, ela apresenta valores menores que São Paulo em termos como serviços domésticos e refeições fora de casa, sendo 34% e 32% mais barato, respectivamente.

2. Campo Grande

Campo Grande é a capital do Mato Grosso do Sul, e apresenta um custo de vida mais favorável em áreas como cuidados pessoais e roupas e calçados, sendo 25% mais econômica do que SP.

Com um dos menores índices de desemprego do país, no ano de 2019, foi eleita como a 7ª capital mais feliz do Brasil. Além disso, no ranking de IDGM (Índice dos Desafios da Gestão Municipal) por capitais, Campo Grande aparece, também, na 7ª posição.

3. Recife

Capital de Pernambuco, Recife mescla o sonho de grande parte dos brasileiros: viver na praia, com toda a infraestrutura de uma cidade grande. E infraestrutura Recife tem de sobra.

Segundo o IBGE, a cidade é a 9ª maior do Brasil, além de contar com o melhor IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano) da região Nordeste. 

E não faltam opções de lazer na capital do frevo! Além das praias de Boa Viagem e Praia do Pina, a cidade conta com um dos carnavais mais animados do Brasil, em Olinda (na Grande Recife), e passeios históricos em Recife Antigo.

Em termos de custo de vida, ela oferece melhores condições nas categorias de serviços e suprimentos domésticos, sendo 34% e 6% mais barata do que São Paulo, respectivamente.

4. Belo Horizonte

A capital de Minas Gerais tem o 4º melhor PIB do país, e está em 3º lugar no ranking IDGM de 2021. Cercada por montanhas, e com uma culinária mineira bem marcante, Belo Horizonte garante um estilo de vida tranquilo, ainda que seja uma capital.

Belo Horizonte ficou conhecida na última década por ser uma das 12 cidades brasileiras a abrigar um grande pólo tecnológico e de inovação. E foi assim que a cidade virou sede do único centro de engenharia do Google na América Latina

O custo de vida se mostra mais baixo em fatores como esporte e lazer, cerca de 23% em relação à capital paulista.

5. Campinas 

Campinas é a maior cidade do interior de São Paulo, localizada a 100km da capital paulista. Sede de uma das melhores universidades do país, a UNICAMP, a cidade também se destaca por ser considerada como a mais inteligente e conectada do país.

Apesar de ser uma cidade do interior, Campinas conta com a 14ª maior população do país, e a 3ª maior população do estado de São Paulo. 

Em termos de infraestrutura, não deixa nada a desejar: Viracopos, um dos melhores aeroportos internacionais do Brasil, fica na cidade e ela também oferece acesso a algumas das principais rodovias do país.

O custo de serviços domésticos e transporte em Campinas oferece melhores condições (6% e 2%, respectivamente) quando comparado à cidade de São Paulo, usada como base da pesquisa.

Vale a pena se mudar para uma cidade com um custo de vida menor?

Como você pode ver, as cidades mais baratas do Brasil não têm um perfil parecido, elas são muito diversas e possuem tamanhos, regiões e características diferentes. Depois desse artigo, é possível identificar quais delas tem mais a ver com o seu estilo de vida para procurar oportunidades e planejar uma mudança.

Caso tenha se identificado com qualquer uma dessas cidades, nossa dica é fazer um planejamento antes de se mudar. Não se esqueça de estudar o município mais a fundo, ir atrás de oportunidades de emprego, identificar quais são os melhores bairros para morar e finalmente, procurar a casa ou apartamento ideal para alugar ou comprar.

E, para isso, o QuintoAndar pode te ajudar. Desde 2013, a imobiliária digital oferece um processo muito mais rápido e desburocratizado de locação de imóveis, que permite, por exemplo, que você possa alugar sem fiador. 

Estamos presentes em mais de 40 cidades, para garantir que você economize tempo e dinheiro, além de escolher o lar na medida certa para seu perfil e necessidades. Filtre sua busca por cidade, bairro, faixa de preço, cômodos; são mais de 66 filtros diferentes que podem ser aplicados!

Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar
Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar Conheça aqui