“Alecrim, alecrim dourado que nasceu no campo sem ser semeado”, quem nunca ouviu essa música, não é mesmo? Você pode conhecê-lo por essa canção, seu aroma, sabor ou até mesmo por seu uso medicinal ou características místicas. O fato é que o alecrim é uma das ervas mais versáteis que pode existir na sua horta em casa.  

Com base no Censo QuintoAndar – um estudo realizado em parceria com o Datafolha –, descobrimos que cerca de 69% dos brasileiros gostam de ter e cuidar de plantas. Por isso, não poderíamos deixar de ensinar como fazer muda de alecrim em casa de forma simples e sem gastar muito, para que você possa usufruir dessa planta sempre que precisar. 

Quer aprender a plantar e descobrir quais benefícios essa erva pode trazer para a sua saúde? Então, continue a leitura deste conteúdo!

Navegue pelo conteúdo:

Leia também: Como fazer muda de rosa em casa 

Quais o benefícios do alecrim

Seu nome científico é Rosmarinus officinalis (em latim: ros = orvalho e marinus = mar), mas é popularmente conhecido como alecrim ou alecrim-da-horta. Uma espécie originária da região do Mediterrâneo, essa erva é muito conhecida no Brasil por seus fins medicinais e culinários

Por conter propriedades digestivas, diuréticas, antioxidantes e relaxantes, o alecrim serve para auxiliar na digestão dos alimentos e na cura de dores de cabeça e de dente, artrite e problemas de pele.  

Além disso, seu óleo é usado como relaxante muscular e trás benefícios como melhora da memória, concentração e raciocínio. A erva também é bastante aplicada no tratamento de aromaterapia para ajudar a prevenir e tratar problemas como depressão e ansiedade. 

Como usar o alecrim

As partes mais comuns de consumo do alecrim são suas folhas, que podem ser usadas para temperar os alimentos, e as flores para fazer chá e banhos – sim, pode parecer novidade, mas as mudas de alecrim também dão flores. Mesmo que não sejam especialmente grandes, suas pétalas lilás ou azul claro podem ajudar a embelezar ainda mais o seu jardim

Veja algumas dicas de como usar muda de alecrim:

  • Chá de alecrim: coloque 5g de folhas em uma xícara de água fervente e deixe repousar por 10 minutos. Em seguida é só coar e está pronto para beber; 
  • Óleo essencial de alecrim: o óleo pode ser usado em tratamentos de aromaterapia ou massagens relaxantes;
  • Tempero culinário: você pode utilizar o alecrim para temperar carnes vermelhas, molhos, realçar o sabor de batatas, legumes e aromatizar azeite, pães e até mesmo drinks e outras bebidas;  
  • Banho de alecrim: coloque 50g de alecrim em 1 litro de água fervente. Tampe o recipiente e deixe repousar por 30 minutos. Depois é só coar e jogar a mistura, do pescoço para baixo, durante o banho. 

Como fazer muda de alecrim

Plantar alecrim pode ser mais fácil do que você imagina, afinal, é uma planta resistente a secas e não necessita de tantos cuidados como regar todos os dias. 

Porém, a principal exigência para conseguir um melhor desenvolvimento é ter espaço, pois ela pode chegar até dois metros de altura. Cultivos em vasos pequenos até podem facilitar a colheita, mas cultivos de alecrim em vasos maiores a longo prazo tem melhores resultados. 

A maneira mais fácil de plantar alecrim é por meio de mudas. Elas podem ser adquiridas em mercados de plantas, floriculturas ou você pode pedir uma para um conhecido que cultive em grande escala. No entanto, caso o objetivo seja colocar a mão na massa, a seguir vamos ensinar a como fazer muda de alecrim em casa, para aumentar a sua produção. 

1. Estaquia na terra

Veja o passo a passo de como fazer muda de alecrim na terra: 

  • Adquira um pé de alecrim caso você ainda não tenha em casa;
  • Depois, separe um galho da planta – ele deve ter cerca de 20 centímetros. A parte do galho mais comum de ser usada é a ponta, mas não há uma exigência;
  • Tire as folhas da parte de baixo do galho e utilize uma faca para limpar melhor;
  • Enterre essa ponta na terra com 2/3 de areia grossa e 1/3 de musgo; 
  • Para começar, pode escolher um vaso menor para que o galho não fique muito exposto ao sol;
  • Faça a primeira rega e cuide para que o solo esteja sempre úmido. O vaso deve ficar em um lugar com sol, mas que não receba luz direta. 

E pronto! Muito fácil, não é? Em algumas semanas, a sua nova muda de alecrim irá começar a crescer. 

2. Estaquia na água

Veja o passo a passo de como fazer muda de alecrim na água:

  • Separe um galho de alecrim com cerca de 20 cm de altura; 
  • Tire as folhas e limpe a parte inferior do galho; 
  • O processo é o mesmo da estaquia na terra, a única diferença é que você deve colocar em um vaso ou recipiente com água – nossa dica é que seja de vidro ou plástico transparente; 
  • Aguarde o enraizamento do alecrim. 

O enraizamento na terra é mais efetivo para fazer a muda de alecrim, porém essa é uma alternativa caso você não consiga fazer a primeira opção. No entanto, é preciso colocá-la em um vaso com terra depois que ela desenvolver as raízes, para que consiga crescer.

3. Enraizamento no pé 

Veja o passo a passo de como fazer muda de alecrim no pé:

  • Cultive um pé de alecrim e espere até ele crescer bastante; 
  • Deixe juntar vários ramos; 
  • Separe um ramo próximo ao pé, mas sem removê-lo do caule; 
  • Pressione o galho na terra; 
  • Cubra com terra como se estivesse plantando; 
  • Assim que o galho criar raiz, separe e transplante para outro local. 

Viu como é fácil? Agora você pode escolher qual a melhor forma de fazer sua muda de alecrim e montar um canteiro no seu jardim para cultivar essa erva na sua casa.   

Quer saber como fazer a rega correta, quantidade de luz que a planta deve receber e demais cuidados que precisa ter? Então, acompanhe o próximo tópico deste artigo! 

Como cuidar do seu pé de alecrim 

O alecrim é uma planta arbustiva, lenhosa e perene de porte médio e, como já falamos, pode atingir até dois metros de altura. Sendo assim, é interessante cultivar em pequenos canteiros ou grandes vasos com terra. 

Para ter um desenvolvimento rápido e saudável, recomenda-se que a incidência de luz solar direta seja de, pelo menos, quatro horas por dia. Suas folhas finas e pontudas significam que suportam vento e frio, além de não serem tão exigentes quanto às regas, podendo esperar o solo estar mais seco antes de regar novamente. 

Na hora de colher, retire o ramo todo que for usar (e nunca só as folhas), cortando com uma tesoura ou faca bem afiada para não machucar a planta – a dica é cortar sempre o mais rente da folha possível. 

Encontre o lar perfeito para você e suas plantinhas

Agora que você aprendeu como fazer muda de alecrim, que tal arregaçar as mangas e plantar essa erva maravilhosa na sua casa? Seja em um vasinho simples com terra ou até mesmo em um canteiro, escolha o melhor lugar e aproveite o perfume e o sabor dessa planta no seu lar. 

Encontre um cantinho só seu e saiba desde o começo quanto vai gastar.
Encontre um cantinho só seu e saiba desde o começo quanto vai gastar. Comece agora

Porém, se você sente que está na hora de se mudar para um novo cantinho com as suas plantinhas, conte com o QuintoAndar. Você pode utilizar mais de 70 filtros de pesquisa para refinar e personalizar a sua procura. Aproveite para visualizar apenas imóveis com varanda ou quintal para já ir pensando onde vai colocar suas plantas!