Não é de hoje que o gesso vem se destacando na construção civil, principalmente quando falamos no revestimento de paredes e tetos, não é mesmo? 

Por sua fácil e rápida instalação, o gesso, também conhecido como drywall, pode ser usado tanto em obras novas, como em reformas. Ele é indicado para casas, edifícios públicos e residenciais e estabelecimentos comerciais. Além disso, também serve para dividir ambientes e criar divisórias com nichos decorativos, por exemplo, para dar um toque a mais na decoração da sua casa.  

Pensando nisso, neste conteúdo, você vai aprender a como fazer parede de gesso e quais são suas vantagens e desvantagens. Continue a leitura e vamos lá! 

Navegue pelo conteúdo: 

O que é uma parede de gesso

Uma parede de gesso nada mais é que uma estrutura composta por perfis de metal (aço galvanizado), montantes (que podem ser de aço ou de madeira) e chapas de gesso acartonado. Esses materiais formam uma parede parecida com a de alvenaria, mas muito mais leve. Além disso, ela pode receber os mesmos acabamentos, porém sem função estrutural.

De forma simples, o gesso acartonado – também conhecido como drywall – é uma chapa de gesso em faces de papel cartão. Esse papel serve para dar estrutura ao gesso e constituir uma chapa com boa resistência. A parede de gesso pode ser instalada em uma série de ambientes, porém contém elementos estruturais especialmente desenvolvidos para cada aplicação. 

No geral, existem três tipos de paredes de gesso, cada uma é indicada para cada situação:

  • Chapa RU: resistente à umidade, na cor verde – indicada para áreas úmidas, como banheiro, cozinha e área de serviço
  • Chapa RF: resistente ao fogo, na cor rosa — indicada para bancadas com cooktop e lareiras; 
  • Chapa ST: chapa standard, na cor branca — indicada para paredes internas, forros, revestimento e mobiliário integrados. 

O principal diferencial das paredes de gesso são sua praticidade e leveza, além de serem fáceis e econômicas de se construir se formos comparar com as paredes de alvenaria. 

Vantagens e desvantagens de uma parede de gesso

A instalação de uma parede drywall é mais rápida, faz menos sujeira e tem um melhor custo em relação a de alvenaria. No entanto, assim como todos os outros materiais de construção, também apresenta vantagens e desvantagens. Confira algumas delas: 

Vantagens de uma parede de gesso

  • Rápida aplicação, já que não precisa da construção de base como na alvenaria; 
  • Agilidade na obra e estrutura mais leve; 
  • Proporciona conforto térmico (devido à existência de colchões de ar entre as placas ou enchimento de lã);
  • Reformas simplificadas e com menos sujeira; 
  • Facilidade de manutenção; 
  • Multiplicidade de acabamentos – suporta diferentes texturas, pinturas, papéis de parede, cerâmicas, azulejos etc. 
  • Maior conforto térmico com a instalação de manta termoacústica ou mesmo pela camada de ar presente dentro da parede. 

Leia também: Cores de parede para sala: saiba como escolher para deixar o seu ambiente em harmonia

Desvantagens de uma parede de gesso

  • O drywall é menos resistente a impactos, mas atende aos requisitos de desempenho técnico em relação a pesos;
  • Apresenta problemas de acústica, porém pode ser solucionado com a aplicação de um enchimento em lã mineral de rocha ou vidro.

Passo a passo de como fazer uma parede de gesso

Agora que você já sabe o que é drywall e quais são as suas vantagens e desvantagens, aprenda a como fazer parede de gesso na sua casa de forma simples e rápida. Confira!

Separe os materiais necessários

Tudo vai depender do tipo de parede de gesso que você vai precisar fazer. No entanto, os materiais básicos para trabalhar com drywall são: 

  • Chapa de gesso para o ambiente que fará a sua parede de gesso;
  • Perfil, montantes e guias; 
  • Régua; 
  • Nível;
  • Lápis;
  • Presilhas, peças de junção e conectores; 
  • Parafusos e buchas;
  • Rebites;
  • Fita para juntas; 
  • Fita isolante para perfil; 
  • Massa corrida; 
  • Argamassa de assentamento de revestimento; 
  • Tinta para pintura. 

Prepare o ambiente

Antes de começar a aplicar o gesso sobre as superfícies, é importante você verificar se a superfície está nivelada e sem nenhuma irregularidade. Além disso, a parede que vai receber o gesso não deve ter umidade e infiltrações. Se for um local que vai precisar da parte elétrica, pelo menos o arame guia já deve estar instalado. A parte hidráulica também deve ser instalada e testada, bem como o sistema de ar-condicionado. 

Leia também: Veja nossas dicas para você comprar seu ar condicionado

Faça as marcações

Antes de começar a fixar os perfis e instalar o seu drywall, é preciso definir as medidas da nova parede com auxílio de nível e régua, marcando os pontos no piso, teto ou paredes laterais que você vai colocar o revestimento de gesso. 

Fixe os perfis de aço

Imagem de um homem fixando os perfis para instalar painéis de drywall.
Fixação de perfis para a instalação de drywall

Os perfis são a estrutura de aço que vai receber a parede de drywall e dar mais suporte, caso sejam instalados armários nesse local. Eles são parafusados em cada parede de alvenaria e, no teto e no chão, são fixados os perfis sem furos, chamados de guias, com espaçamento a cada 60 cm onde serão encaixados os montante. 

Instale os painéis de gesso

Essa etapa você deve ter muito cuidado, pois irá parafusar as chapas de drywall na estrutura. A primeira chapa deve ser parafusada internamente e na vertical. Já a próxima, ao contrário, sendo primeiro a de cima e depois o recorte na parte de baixo. As chapas são parafusadas nos montantes, tendo os cortes necessários com serrote para a área da porta, caso seja necessário. 

Antes do fechamento da parede, você pode instalar um material para isolamento acústico e térmico, como uma camada de lã mineral, por exemplo. Com isso, fecha-se o outro lado da parede e é feito um tratamento nas juntas, para receber o acabamento desejado.

Finalize e faça os acabamentos

Os acabamentos são feitos com argamassa. Com ela, você deve tapar os buracos feitos na estrutura e também os pontos de encontro entre as placas de gesso. Com isso, você cria  uma estrutura uniforme e pronta para dar seu toque final, seja com tintas, texturas, papéis de parede, etc.

Leia também: Como colocar papel de parede: passo a passo para renovar seu ambiente

Seu lar do jeitinho que sempre sonhou

Esperamos que as nossas dicas de como fazer parede de gesso te ajude a montar mais um cantinho especial na sua casa. E se precisar de mais inspirações para a manutenção do seu lar, além de organização e decoração, continue navegando aqui no MeuLugar. 

Alugue sem complicação e sem fiador.
Alugue sem complicação e sem fiador. Encontre seu próximo lar

Mas, caso você esteja pensando em se mudar, para decorar um novo espaço do seu jeitinho, conte com o QuintoAndar. Você pode utilizar mais de 70 filtros de pesquisa para refinar e personalizar a sua procura pelo lar dos sonhos. As fotos dos imóveis são tiradas por fotógrafos profissionais e você consegue ver todos os detalhes do espaço por meio do tour virtual, antes mesmo de agendar uma visita – que pode ser feita em poucos cliques.