Como entreter as crianças nas férias sem deixar a casa de pernas pro ar

Dicas pra você conseguir manter a organização até o início das aulas

Como entreter as crianças nas férias sem deixar a casa de pernas pro ar

Janeiro é aquele momento do ano em que a maioria das famílias acabam passando mais tempo juntas. É a época das férias escolares. E por mais que as crianças tenham atividades externas, o tempo dentro casa sempre aumenta. É uma oportunidade pros pais de estarem mais próximos e acompanharem mais de perto o desenvolvimento de seus filhos.

Com a garotada em casa, ainda assim é possível manter um nível mínimo de organização até o dia da volta às aulas. E o MeuLugar reuniu por aqui algumas dicas pra te ajudar. Seguindo alguma delas, você vai conseguir ficar com a casa em ordem sem atrapalhar a diversão das crianças.

1. Concentre as atividades num lugar só

Se você mora num apartamento, faça do quarto da criança um verdadeiro parque de diversões. Você pode montar uma brinquedoteca com diversas opções de entretenimento. Se você mora em casa, um jardim ou um quintal são boas opções pra manter a garotada distraída. Nestes casos, no entanto, é importante que um adulto esteja sempre de olho, especialmente se o local não for cercado – as crianças podem correr pra rua – ou se você tiver uma piscina.

2. Incentive as crianças a ajudar nas tarefas de casa

Com tarefas simples, você pode incluir as crianças no dia a dia da casa. Uma cadeira de frente pra pia da cozinha enquanto você lava a louça é um exemplo disso. Enquanto você dá conta das coisas mais pesadas, seus filhos podem ensaboar e depois enxaguar vasilhas de plástico ou colheres. De uma forma leve e em tom de brincadeira, eles desenvolvem consciencia coletiva e de convivio. E se sentem parte da casa.

Crianças lavando louça

3. Dê projetos pra garotada

Crianças adoram novidades. E nada melhor pra combater o ócio de uma tarde em casa do que um projeto, alguma atividade diferente. Dessa forma, a garotada esquece os brinquedos e pode ficar entretida por horas.

Separe um cantinho da sua casa, forre o chão com sacos de lixo ou jornais e disponibilize materiais pras crianças fazerem “arte”. E aqui vale de tudo um pouco, desde garrafas pet e caixas de papelão até tintas, colas, purpurina, rolos coloridos de papel crepom, palitos de picolé, entre outras coisas. Mas lembre-se sempre de supervisionar as atividades de momento em momento.

4. Conscientize sobre a importância da arrumação

Converse com as crianças pra que elas não deixem seus brinquedos espalhados. Argumente que a bagunça acaba tornando tudo mais difícil. Inclusive encontrar seus brinquedos favoritos. Aliás, se algum item da preferência do seu filho sumir em meio a uma pilha de brinquedos, essa é a melhor hora pra ter esse tipo de papo. E enquanto vocês procuram juntos, aproveitam pra deixar tudo arrumado.

5. Móveis baixos

Na hora de escolher os móveis do quarto do seu filho, de preferência por estantes baixas. Assim, prateleiras e gavetas ficam ao alcance das crianças. E elas podem ter acesso a todos os brinquedos, tanto pra tirá-los do lugar quanto pra colocá-los de volta.

6. Baús e caixas organizadoras

Feitos dos mais diversos materiais, os baús e caixas organizadoras são excelentes recursos de organização. Dependendo do tamanho, têm capacidade de armazenar muitos brinquedos que poderiam estar espalhados pela sua sala.

7. Lições de desapego

Esse período em que as crianças estão em casa, tendo mais contato com os brinquedos, é ótimo pra você introduzir algumas lições sobre desapego. Converse com seu filho sobre as peças que ele não costuma mais usar. Explique que outras crianças poderiam brincar com aqueles brinquedos e ensine a importância da doação.

E você, o que costuma fazer pra distrair as crianças durante o período de férias escolares? Escreva pro nosso e-mail meulugar@quintoandar.com.br e conte suas dicas!

Fique por dentro! Receba um email com conteúdos relevantes para você
account_circle
mail_outline