Como escolher um imóvel quando a família aumenta

Muitas vezes, a melhor solução é mudar pra um lugar maior

Como escolher um imóvel quando a família aumenta

Uma das muitas vantagens do aluguel de um imóvel é a possibilidade de fazer planos a curto prazo. Se em vez de comprar uma casa pra pagar em 30 anos, você alugar um apê com contrato de 30 meses, fica mais fácil, por exemplo, planejar o aumento da família. Pois a mudança pra um lugar maior quando um novo membro está a caminho é algo quase inevitável.

O aumento no número de moradores da família pode tanto ser planejada quanto de surpresa. E não necessariamente quer dizer um bebê a caminho. Pode ser algum parente distante que chega pra estudar na sua cidade e precisa de um porto. Ou algum outro familiar que esteja precisando de abrigo.

Seja qual for o caso, quando você aluga, é muito mais fácil encontrar o imóvel ideal pra atender a todas as suas necessidades. E dentro das suas possibilidades financeiras.

O MeuLugar fez uma lista de pontos pra você considerar quando a família aumentar. Confira:

A chegada do primeiro filho

Pra um casal que mora num quarto, pode pensar em algo maior é uma necessidade. Além de oferecer um pouco mais de conforto, um apartamento de dois quartos será importante pra criança ter seu espaço quando crescer. E pode até suportar uma segunda caminha, pra quem deseja aumentar a família num espaço curto de tempo.

Quarto do bebê ou escritório?

Mas e se o papai e a mamãe de primeira viagem já moram num apartamento de dois quartos e precisam de um dos cômodos como escritório?

Se o imóvel tiver um quartinho na área de serviço, o home office pode ser transferido pra lá. E sempre tem a possibilidade de conciliar o escritório com o quarto do bebê. Mas o ideal, mesmo, é adicionar um cômodo a mais nas necessidades da família e partir pra um apê de três quartos.

Quarto de hóspedes

Sua família está aumentando por conta de um parente chegando pra morar com você? Se você já tem um quarto de hóspedes, tudo certo.

Caso o cômodo esteja adaptado pra home-office, um sofá-cama e um armário pequeno podem resolver temporariamente.

Então, que tal pensar num apartamento com um quarto a mais? O novo membro da família poderia entrar com alguma contribuição no rateio do aluguel.

Banheiros pra família

Está aí uma questão importante na hora de decidir por ficar num imóvel ou se mudar pra um lugar maior. Um casal com um bebê recém-nascido não precisa ter mais de um banheiro. Mas pra ter um pouco mais de conforto, vale a pena procurar por um apê com uma suíte e um banheiro social. Afinal de contas, por mais que a criança ainda demore alguns anos pra usar o banheiro sozinha, utensílios como a banheirinha de pé acabam ocupando um espaço precioso.

No caso de um hóspede mais crescidinho, como o parente que chega pra passar uma longa temporada, morar num lugar com apenas um banheiro pode trazer desconfortos. Vale a pena buscar um lugar que tenha, pelo menos, um banheiro além do social, nem que seja um espaço pequeno com vaso sanitário e chuveiro na área de serviço.

Você já precisou se mudar pra algum lugar maior por conta da chegada de um novo membro na família? Escreva pro nosso e-mail meulugar@quintoandar.com.br e conte sua história!

Fique por dentro! Receba um email com conteúdos relevantes para você
account_circle
mail_outline