Responda rápido: se você fosse comprar agora um aparelho de TV, escolheria um modelo daqueles antigos de tubo ou uma do tipo LED com qualidade de imagem 4K? Pois assim como a tecnologia avança, o mercado imobiliário avançou. E hoje você tem a possibilidade, ao buscar um lugar para morar, de optar inclusive pelo aluguel sem fiador, que é o melhor dos mundos. Quer saber como? A gente te conta. Mas antes, vamos saber um pouco mais sobre quem é a figura do fiador de aluguel. 

Navegue pelo conteúdo:

O que é o fiador de aluguel?

O fiador de aluguel é uma figura que está prevista na Lei do Inquilinato. É uma pessoa – física ou jurídica – que serve como garantia para o caso de um inquilino não cumprir com suas responsabilidades previstas no contrato de aluguel de um imóvel.

A existência de um fiador na relação entre locador (proprietário) e locatário (inquilino) deve ser registrada no contrato. E desde o início da locação até a desocupação do imóvel, o fiador de aluguel será a pessoa responsável por arcar com encargos e despesas caso o inquilino falte com seus pagamentos. 

Quem pode ser fiador de aluguel?

Para ser um fiador de aluguel, é preciso que a pessoa, seja ela física ou jurídica, tenha uma renda líquida comprovada de pelo menos três vezes o pacote completo de uma locação. Ou seja:

  • Aluguel;
  • IPTU;
  • Condomínio;
  • Seguro contra incêndio.

Além disso, o fiador precisa cumprir outros pré-requisitos:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ter em seu patrimônio um imóvel quitado. Isso acontece porque, caso o inquilino falte com pagamentos e o fiador seja acionado, é preciso que essa pessoa tenha um bem para ser penhorado;
  • Não ter pendências de crédito e nome sujo em serviços de proteção ao crédito, como SPC ou Serasa;
  • Caso a pessoa seja casada, o cônjuge precisa estar de acordo com a situação e também deverá ter seu nome incluído no contrato de aluguel;
  • Para pessoas jurídicas, é preciso que o contrato social da empresa permita que o CNPJ seja usado numa fiança. Além disso, apenas o administrador responsável pela empresa poderá assinar o contrato.

Quinto Andar

Quer se mudar para um lugar incrível? Procure seu novo lar na maior imobiliária digital do país e alugue sem fiador Pesquisar imóvel

Quais são os tipos de fiador de aluguel?

Há duas modalidades praticadas no mercado:

  • Fiador solidário: é quando a pessoa, física ou jurídica, é imediatamente responsabilizada em caso de dívida do inquilino
  • Fiador subsidiário: é aquele que pode exigir que o credor, ou seja, o locatário do imóvel, tenha o seus bens penhorados primeiro. 

Dá para alugar com apenas um fiador?

Na verdade, como já dissemos lá no início, dá para você morar até em um imóvel pagando aluguel sem fiador. Mas fique aqui e leia esse conteúdo até o final para saber como conseguir alugar sem um fiador.

No caso das imobiliárias que exigem o fiador de aluguel como garantia, o padrão de mercado é de pelo menos duas pessoas. 

Mas algumas empresas aceitam alugar com apenas um fiador. No entanto, em casos como esses, as imobiliárias intensificam as garantias em outros pré-requisitos, como uma renda líquida maior, por exemplo, um mais de um imóvel quitado no nome da pessoa.

Mas, afinal, como conseguir o aluguel sem fiador?

O aluguel sem fiador foi uma das grandes revoluções implementadas pelo QuintoAndar. Fundada em 2013, a imobiliária digital já nasceu com a proposta de agilizar e desburocratizar ao máximo o aluguel de imóveis. E, de cara, eliminou a figura do fiador, assim como o depósito caução. 

O QuintoAndar consegue ter esse modelo ágil e sem burocracia porque se baseia em uma criteriosa análise de crédito na hora de aprovar um inquilino. Mas também conta com uma apólice de seguro que protege seu negócio como um todo, emitida pela Fairfax Brasil, parte da holding Fairfax Financial, grupo global referência em seguros e resseguros. 

Quais são as vantagens do aluguel sem fiador?

São várias as vantagens. Veja algumas das principais:

  • Você não precisa passar pelo constrangimento e nem constranger uma pessoa – seja ela amiga ou parente – ao pedir para que ela seja sua fiadora;
  • O processo fica menos lento, pois você não vai precisar aguardar toda a análise da documentação do fiador;
  • Você está começando a vida em uma nova cidade, por exemplo. Mas não conhece ninguém. Alugar com fiador torna-se uma opção praticamente inviável, pois muitas imobiliárias só aceitam fiadores residentes na própria cidade.

Quais são os documentos necessários para alugar sem fiador?

Uma vez que você entrou em um acordo com o proprietário de um imóvel anunciado no QuintoAndar sobre o preço do aluguel, será preciso preencher os seguintes requisitos:

  • Ser pessoa física;
  • Ter renda mensal bruta 2,5 vezes maior ao valor do pacote aluguel + condomínio + IPTU;
  • Até 4 pessoas podem estar na composição de renda no contrato e elas não precisam residir no imóvel;
  • Restrições nos órgãos de proteção ao crédito e processos judiciais em que o inquilino é réu;
  • Oscilações mensais, histórico de gastos e pagamentos compatíveis com a renda também serão analisados.

Veja a documentação necessária para alugar pelo QuintoAndar:

  • CPF
  • RG ou RNE (Registro nacional de estrangeiros, que é o documento que atesta a identidade de indivíduos estrangeiros com residência temporária ou permanente no Brasil)
  • Comprovante de renda dos últimos 3 meses (a documentação varia de acordo com a sua fonte de renda ou vínculo empregatício. Veja a lista completa em nossa matéria de análise de crédito)

QuintoAndar é líder em seu mercado

O QuintoAndar é líder do mercado imobiliário em aluguéis residenciais. Mas essa liderança não é por acaso: a cada 5 minutos um imóvel é alugado pelo principal imobiliária digital do país.

Dentro de um processo rápido, prático e sem burocracia, você consegue começar a busca por anúncios de imóveis – no site ou no app do QuintoAndar – e evoluir até o fechamento de um contrato de aluguel em questão de poucos dias.

Quinto Andar

Alugue sem fiador na maior imobiliária digital do país, de forma simples, prática e segura! Conhecer