A entrada na compra de um imóvel nada mais é do que uma garantia pra instituição financeira que está concedendo o financiamento. Quanto maior for esse aporte inicial de dinheiro, menor será a quantia que você irá dever ao banco. Com isso, você tem chances de conseguir taxas de juros menores e diminuir o valor e o número de parcelas. Mas o que muita gente se pergunta é: posso financiar imóvel sem entrada?

A resposta à pergunta acima é: sim, você pode. Mas apenas em alguns casos muito específicos. 

Apartamentos novos

Em casos de compras feitas na planta, é possível financiar imóvel sem entrada, pois as construtoras costumam negociar o parcelamento desse montante inicial.

Dessa forma, você pode ir pagando aos poucos as parcelas do financiamento, enquanto o imóvel não fica pronto pra entrega.

Minha Casa, Minha Vida

O caminho principal pra você conseguir financiar imóvel sem entrada é pelo “Minha Casa, Minha Vida”. O programa de subsídios do Governo Federal é dividido em quatro faixas. E podem participar pessoas com renda familiar bruta de até R$ 9 mil e que não tenham outro imóvel em nome.

Mas atenção, o financiamento de 100% do imóvel só será possível se você estiver na faixa 1 do programa habitacional do Governo Federal, que funciona da seguinte forma:

Faixa 1: para famílias com renda bruta de até R$ 1.800

  • É preciso ter idade acima de 18 anos e morar ou trabalhar na mesma cidade onde o imóvel está localizado;
  • O solicitante não pode ter outro imóvel próprio ou financiamento imobiliário em seu nome;
  • Não pode ter sido beneficiado em outro programa habitacional;
  • O imóvel só pode ser usado pra moradia própria e não pode ser vendido até a quitação do financiamento;
  • O Governo Federal paga 90% do valor da propriedade;
  • Os 10% restantes podem ser pagos em até 10 anos (120 prestações sem juros), com valores entre R$ 80 a R$ 270;
  • O valor máximo do imóvel deve ser de R$ 96 mil.