Preparar uma refeição no dia a dia com alimentos frescos e colhidos em casa traz inúmeros benefícios e, pasme, não é uma realidade impossível. Isso porque, atualmente, existem diversas formas de montar e cultivar uma horta em apartamento, como falaremos a seguir, que podem ser adaptadas à sua rotina. Quer saber como? Continue lendo!

Navegue pelo conteúdo:

Como fazer uma horta em apartamento

Cultivar plantas em casa é sinônimo de qualidade de vida, afinal, elas têm o poder de transmitir um bem estar único, capaz de mudar o aspecto de qualquer ambiente. Ainda mais quando falamos em hortaliças que, além de tudo, podem ser consumidas no dia a dia. 

Alguns dos principais benefícios de cultivar uma horta são:

  • Ter alimentos orgânicos e frescos sempre à mão;
  • Aumento no consumo de hortaliças;
  • Maior economia nas despesas com feiras e mercados;
  • Sensação de ambiente mais acolhedor;
  • Hábitos saudáveis que podem incentivar toda a família, especialmente às crianças, que, a partir do contato com a terra, são estimuladas a aprender sobre responsabilidade e cuidados com a natureza.

Agora que você tem ideia de alguns dos benefícios de manter uma horta em casa, deve estar se perguntando se algum ambiente do seu apartamento tem as condições ideais para cultivo.

De fato, um bom planejamento pode ajudar na manutenção da horta, mas tão essencial quanto o local é a atenção na hora de escolher os vasos e a terra, para que o conjunto dos fatores propicie o desenvolvimento das suas plantinhas. 

Para isso, é importante combinar alguns fatores:

Encontre um lugar onde batam raios de sol

O melhor lugar para uma horta em apartamento, ou em qualquer outro espaço, é onde ocorre a incidência da luz do sol por, pelo menos, de quatro a seis horas por dia. Isso porque a maioria das hortaliças aproveitam esse período para fazer fotossíntese, já que sem luminosidade o processo não acontece e, consequentemente, crescem mais. 

Por isso, opte por onde houver luz solar direta, de preferência pela manhã;

Escolha os vasos ideais para hortaliças

Como as regas da horta podem ser frequentes, para evitar que o encharcamento da terra apodreça as raízes das hortaliças, o ideal é que os vasos tenham furos embaixo, para o escoamento de excesso de água. 

Outro ponto importante é com relação à profundidade do vaso: para que as raízes cresçam de forma saudável, opte pelos modelos de 7 a 15 cm. 

Não deixe de conferir se a posição em que os vasos estão bate sol e se não há vento em excesso – que também pode prejudicar o desenvolvimento da sua horta;

Invista em uma terra de qualidade

Para que a planta se desenvolva de forma saudável, é fundamental que a terra contida no vaso possua as características mais próximas das condições do ecossistema natural dela. Isso contribuirá para que sua colheita tenha qualidade, já que um solo rico em nutrientes oferece melhores condições para elas crescerem. 

Nesse sentido, o ideal também é evitar que a terra fique compactada no vaso, visando manter um fluxo arejado de oxigênio em equilíbrio com uma boa umidade. Por isso, ao plantar, procure começar colocando um fundo de pedriscos ou argila expandida e, em seguida, uma manta de drenagem (bidim). Após isso, acrescente a terra, preferencialmente com húmus de minhoca;

Atente-se para a quantidade de água

A quantidade e frequência da rega variam por planta. Dependendo da hortaliça, somente as raízes devem ser molhadas, enquanto em outra, apenas as folhas. Condições como época do ano, região do país, níveis de umidade e temperatura do ambiente, influenciam muito o fluxo de rega. 

Em uma horta em apartamento, o ideal é que a rega seja feita ainda no início da manhã ou final da tarde, para evitar a evaporação da água no calor do dia. Outra forma de cultivo, mas sem a necessidade de ficar regando, são os vasos autoirrigáveis. Dependendo da estação e da planta, a autonomia do vaso chega a 15 dias – ideal para quando você for viajar; 

Verifique como cultivar sementes e brotos

Alguns plantios de sementes e brotos se diferem e, portanto, necessitam de uma atenção maior ao colocar na terra. De toda forma, não deixe de pesquisar e se informar melhor sobre o alimento que está plantando. Afinal, a forma como a semente e os brotos deverão ser plantados interfere diretamente na capacidade de desenvolvimento da planta.

Conheça a maior imobiliária digital do país: simples, prática e segura! Conhecer

O que pode plantar em apartamento?

Com tantas hortaliças diferentes, pode até parecer difícil escolher qual delas levar para cultivar em casa. Mas, independentemente de seus gostos pessoais, um dos melhores critérios para selecionar suas novas plantas é considerar os afazeres diários da sua  rotina.

Se seu dia a dia é mais agitado e você não tem experiência no assunto, experimente a facilidade de ter à mão temperos e ervas. Alecrim, manjericão, salsa e tomilho costumam ser mais práticas para manutenção e cuidados, sendo algumas das melhores alternativas para quem quer começar a pôr a mão na terra. Com o tempo, logo será fácil partir para outras hortaliças.

Como dito anteriormente, o plantio de algumas hortaliças merece uma atenção especial, especialmente no caso de algumas ervas, como hortelã, que possui raízes invasoras que podem prejudicar o crescimento de outras plantas. 

De toda forma, aí vão algumas opções para quem está chegando na hortinha agora:

  • Alecrim;
  • Cebolinha;
  • Coentro;
  • Hortelã;
  • Pimenta;
  • Salsinha;
  • Tomilho;
  • Orégano;
  • Manjericão e suas variações (roxo, anão, etc).

Tipos de horta para apartamento

Horta para apartamento pequeno

Estratégias rápidas e úteis facilitam o dia a dia de quem mora em apartamento pequeno e precisa estar sempre otimizando cada cantinho. Por conta disso, uma alternativa possível é aproveitar as paredes próximas às áreas de maior incidência de luz e parapeitos de janelas para adaptar as posições dos vasos da horta.

(Foto: Shutterstock)

Horta na cozinha

Sem dúvidas, aproveitar o espaço da cozinha para acomodar as plantinhas contribui para manter as hortaliças sempre à mão. Bom também para quem está comandando o preparo da refeição e pode se deliciar com o aroma fresco das ervas durante o processo!

(Foto: Shutterstock)

Horta vertical

As sacadas e varandas geralmente dão conta de receber as hortas verticais, que podem aproveitar os espaços fixando os vasos nas paredes, instalando suportes de jardim suspenso ou com suporte de pé.

(Foto: Shutterstock)

Já na parte interna de casa, é preciso usar um pouco mais da criatividade para o aproveitamento do espaço. Que tal incrementar um mural com os nomes das hortaliças? Esta também pode ser uma alternativa muito educativa para ambientes com crianças.

Na foto abaixo, a lateral de um armário de cozinha, próximo a uma janela por onde entra a luz solar, serviu de suporte para uma pequena horta vertical com alecrim, orégano e salsinha.

(Foto: Shutterstock)

Horta na varanda

Como vimos anteriormente, as hortas verticais são muito utilizadas em varandas e sacadas, sendo frequentemente uma opção para apartamentos com áreas externas mais compactas. 

Além disso, também vale combinar o estilo dos móveis da varanda com os suportes da hortinha, deixando o ambiente totalmente em sintonia, aproveitando o verde natural para mesclar o efeito. 

Se a sua varanda for grande o suficiente, dá para aproveitar o espaço com vasos maiores, posicionados em cima de aparadores ou suportes de chão – além de poder apostar em uma maior variedade para a sua horta, com plantas que precisam de mais espaço para crescer.

(Foto: Shutterstock)

Mini horta

Para uma mini horta, o que não pode faltar é espaço para a criatividade! Acrescente o substrato ideal dentro do compartimento escolhido para plantar, mas lembre-se que é necessário deixar um furo para o escoamento de água. 

Você também pode aproveitar diversos objetos que iriam para o lixo, como latas, xícaras ou canecas velhas, garrafas pet ou até mesmo copos descartáveis, para cultivar mudas ou mesmo montar uma  mini horta  sustentável!

(Foto: Shutterstock)

Horta em apartamento: basta um cantinho

Definitivamente, espaço não é problema para montar e cultivar uma horta em apartamento, com tantas formas e suportes variados que podemos adaptar por aí. Claro, desde que elas sejam de espécies que se desenvolvem bem em vasos, recebendo água e muita luz solar com frequência.

E se você está em busca de um espaço que tenha mais espaço para a sua hortinha, conte com a ajuda do QuintoAndar, a maior imobiliária digital da América Latina! 

Ao buscar imóveis pela nossa plataforma digital, você tem acesso a mais de 70 filtros para refinar sua pesquisa, entre eles as opções de “sol da tarde” e “sol da manhã”. Dessa forma, você terá como criar um ambiente perfeito para suas plantinhas no apê novo.