O Índice Geral de Preços Mercado (IGPM) apontou uma avanço de 1,18% na primeira prévia do mês de julho de 2020, de acordo com divulgação feita nesta sexta-feira (10/07) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). No mesmo período do mês de junho, a alta foi um pouco maior: 1,36%. Com este resultado, o IGPM soma elevação de 5,63% no ano de 2020 e acumula alta de de 8,16% nos últimos 12 meses.

Ainda de acordo com a FGV, o IPA-M, índice que representa 60% do cálculo do IGPM (ver quadro abaixo), subiu 1,56% na primeira prévia de julho, contra alta de 2,06% no mesmo período do mês anterior. O IPC-M subiu 0,47% na nova medição, após cair 0,26% no primeiro decêndio de junho. Enquanto o INCC-M aumentou 0,19% na nova aferição, taxa inferior aos 0,27% do mês passado.

“A inflação ao produtor continua pressionada, mas registra desaceleração em comparação a junho. A descompressão registrada no IPA foi influenciada por produtos industriais (2,33% para 1,62%). Uma das contribuições partiu da gasolina, cujos preços avançaram menos que na prévia de junho, passando a variação de 30,29% para 11,79%. Já os preços dos produtos agropecuários mantiveram-se relativamente estáveis com alta de 1,40%, ante 1,36% na primeira prévia de junho. Os destaques deste grupo foram soja (2,21% para 6,29%) e bovinos (0,84% para 6,37%)”, afirma André Braz, Coordenador dos Índices de Preços.

Como é calculado o IGPM?

O IGPM é calculado mensalmente e divulgado pela FGV no final de cada mês referência. O índice é o principal indexador de tarifas de serviços. Entre eles estão: internet, energia elétrica, TV por assinatura e a correção anual dos contratos de aluguéis residenciais. 

Mas você sabe como o IGPM é calculado? Ele é composto por outros três índices:

IGPM - Cálculo

Variação do IGPM nos últimos 12 meses

Mês de referênciaVariação em %
MêsAno12 Meses
Julho/20190,454,796,39
Agosto/20190,804,094,95
Setembro/20190,404,093,37
Outubro/2019– 0,674,793,15
Novembro/2019– 0,015,113,97
Dezembro/20190,687,307,30
Janeiro/20200,480,487,81
Fevereiro/2020– 0,040,446,82
Março/20201,241,696,81
Abril/20200,802,506,68
Maio/20200,282,796,51
Junho/20201,564,397,31

O IGPM no Quinto Andar

O índice é a base usada pelo QuintoAndar pra calcular o reajuste anual dos contratos de aluguel. O cálculo considera a variação acumulada nos últimos 12 meses. E isso significa que o valor do aluguel pode aumentar ou diminuir.

No QuintoAndar, caso o seu contrato tenha começado no início do mês, o reajuste de aluguel é completo. No entanto, se o aniversário for, por exemplo, na segunda quinzena do mês, você paga o reajuste de forma proporcional no primeiro mês. E nos próximos o valor integral.

Quer saber quanto vai ser o seu reajuste do aluguel no dia do aniversário do seu contrato com o QuintoAndar? Então acesse nossa calculadora e veja o novo valor com apenas um clique.