Calcule seu reajuste de aluguel pelo IPCA

Divulgado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve alta de 0,83% em maio de 2021, com acumulado no ano de 3,22% e de 8,06% nos últimos 12 meses. Com esse resultado, os contratos do QuintoAndar que fazem aniversário no mês de junho de 2021, caso inquilino e proprietário estejam de acordo, já podem ter o reajuste de aluguel feito pelo IPCA hoje, usando como base o percentual de 8,06%.

Calcule seu aluguel com o IPCA hoje

A continha para o reajuste pelo IPCA é bem fácil de ser feita. Mas se não sabe como, a gente faz pra você! Pra não precisar pegar uma calculadora, criamos uma ferramenta que vai te ajudar. É só colocar o seu e-mail e o valor do aluguel nos campos abaixo, clicar em calcular e e ver o valor reajustado.

IPCA: maio de 2021

Os contratos que fazem aniversário em junho de 2021 terão reajuste de 8,06%.

code
O valor reajustado do seu aluguel é de:
O valor reajustado do seu aluguel é de:

Como funciona o cálculo

Mas pra você entender um pouco mais sobre como a nossa calculadora funciona, aqui vai a explicação. Por exemplo, pra atualizar um aluguel de R$ 1.500,00 com vencimento em junho de 2021, com base no índice de 8,06% do acumulado de 12 meses do IPCA hoje, basta multiplicar seu valor por 1,0806 (R$ 1.500,00 X 1,0806). O resultado: R$ 1.620,90. E este passa a ser o valor que vai vigorar mensalmente até o próximo reajuste, daqui a 12 meses.

Maio de 2021

O IPCA de maio sofreu como principal impacto a alta nos preços da energia elétrica. Com o índice em 0,83%, a inflação chega ao seu índice mas alto para um mês de maio desde 1996, quando registrou 1,22%.

A alta da energia elétrica fez com que o grupo “Habitação” tivesse o maior impacto no índice geral (0,28 p.p.) e também a maior variação (1,78%).

Veja a variação de cada grupo no IPCA em maio de 2021:

  • Habitação: 1,78%
  • Artigos de residência: 1,25%
  • Transportes: 1,15%
  • Vestuário: 0,92%
  • Saúde e cuidados pessoais: 0,76%
  • Alimentação e bebidas: 0,44%
  • Despesas pessoais: 0,21%
  • Comunicação: 0,21%
  • Educação: 0,06%

Negocie o seu reajuste de aluguel

Recentemente, o QuintoAndar deixou de usar o IGP-M como base no reajuste anual dos contratos de aluguel, por conta da grande alta do índice desde meados de 2020.

O IGP-M segue como índice padrão usado pelo QuintoAndar firmados com propostas feitas até o dia 25/11/2020. No entanto, nos contratos firmados com propostas feitas a partir de 26/11/2020, a imobiliária digital passou a adotar o IPCA como referência no reajuste de aluguel.

O QuintoAndar tem atuado para facilitar a negociação de reajuste entre inquilinos e proprietários, além de entrar em contato com os donos de imóveis sugerindo a aplicação proativa de taxas menores, como o IPCA, na correção dos aluguéis. A decisão, porém, é inteiramente dos proprietários. Clique aqui e veja em nossa outra calculadora quanto ficaria o reajuste do seu aluguel pelo IGP-M.