É um consenso entre qualquer especialista em gastronomia que, antes de degustar qualquer prato, primeiro nós “comemos com os olhos”. Então, para que uma bela refeição seja apreciada em todas as suas características sensoriais, a visão não pode ser deixada de lado. E a iluminação é fundamental nesse sentido. Além disso, um ambiente bonito e acolhedor ajuda a tornar toda a experiência melhor. Aqui entra a decoração. Com isso em mente, preparamos um artigo para você sobre um item de casa que ajuda em ambas as questões: o lustre para sala de jantar

Para isso, contamos com a consultoria de Edson Coutinho, Gerente de Design de Acessórios e de Tendências da Tok&Stok, com dicas valiosas sobre como combinar lustres com diferentes tamanhos e formatos de salas e de mesas – além de indicar alguns produtos para diferentes estilos de decoração.

Navegue pelo conteúdo:

Relação entre o lustre e o tamanho do ambiente

Os lustres podem ser curtos, compridos, geométricos, delicados ou robustos. E na relação com o tamanho do ambiente, Edson explica que cada área de uma casa ou apartamento pede um tipo de iluminação. 

“Não há uma regra geral, pois cada lar tem sua característica e exige uma iluminação diferente. A iluminação deve ser de acordo com as sensações que a pessoa quer despertar no espaço”, diz Edson.

Para isso, conforme explica o especialista, há três grupos principais de iluminação que ajudam a definir o tipo de luminária ou lustre para cada espaço. São eles: 

  • Iluminação geral;
  • Iluminação de tarefa;
  • Iluminação destaque.

“Para cada uma delas existe uma maneira de agregar aos ambientes não apenas luz, mas também sensações que vão do relaxamento à alta produtividade”, explica o especialista.

Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar
Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar Conheça aqui

Como combinar o lustre com a mesa de jantar

Em uma sala de jantar, o lustre deve ter uma ligação íntima com a mesa. Afinal de contas, como já dissemos, é ele que vai iluminar o espaço onde as refeições serão feitas. De acordo com Edson Coutinho, tudo gira em torno dos pontos da mesa que você deseja iluminar. 

“A regra mais básica é entender os focos de luz em relação à área a ser iluminada”, afirma Edson. 

O gerente da Tok&Stok lista algumas dicas que você pode seguir para combinar o lustre com a mesa de jantar. 

Lustres para sala de jantar: mesas redondas pedem foco de luz central, o que pode ser alcançado por um único pendente ou uma composição concêntrica. (Foto: Shutterstock)
Mesas redondas pedem foco de luz central, o que pode ser alcançado por um único pendente ou uma composição concêntrica. (Foto: Shutterstock)
Lustres para sala de jantar: Mesas retangulares ou ovais pedem um foco de luz linear ao longo do comprimento da mesa. Isso pode ser feito com a repetição de pendentes ou com um único pendente que distribua o foco de forma fluída.
Mesas retangulares ou ovais pedem um foco de luz linear ao longo do comprimento da mesa. Isso pode ser feito com a repetição de pendentes ou com um único pendente que distribua o foco de forma fluída. (Foto: Shutterstock)

Lustre para sala de jantar pendente

Em relação às luminárias de teto, ou lustres pendentes, o especialista da Tok&Stok aconselha que eles não sejam instalados em ambientes de circulação, para que não atrapalhem quem passa por ali com a alteração de luminosidade. 

Mas esse tipo de luminária, de acordo com Edson, é excelente para as salas de jantar. 

“Posicioná-la acima da mesa de jantar torna o ambiente intimista e acolhedor”, afirma Edson. 

Lustres para sala de jantar pequena

De acordo com Edson, os grandes lustres trazem uma atmosfera mais requintada e elegante e têm grande efeito decorativo. Por isso, são indicados para ambientes amplos e não funcionam tão bem em uma sala de jantar pequena. O estilo pendente, já descrito acima, é um modelo versátil que atende a variados estilos de decoração. 

“Os pendentes são ideais para espaços pequenos ou para arrematar o visual da sala de jantar. Esse tipo de luminária explora a iluminação direta, dando um efeito charmoso para as refeições ou uma boa conversa à mesa. Outro efeito é o clima mais intimista alcançado, já que sua luz acaba se aproximando dos móveis e das pessoas. Por isso, é geralmente mais leve e suave, reforçando a característica acolhedora do espaço”, afirma Edson.

Como trabalhar os ambientes integrados

Mas e no caso de uma casa ou apartamento em que a sala de estar e a de jantar são um único ambiente integrado? Ou mesmo a sala de jantar com uma cozinha americana. Nestes casos, onde seria mais indicado posicionar um lustre? 

Segundo Edson, definir a função de determinado ambiente é o primeiro passo para escolher o tipo de iluminação que ele merece. 

“Para esses casos em que o ambiente é integrado, um lustre pode ser utilizado para demarcar espaços. É possível dividir ambientes sem erguer paredes. Para isso, uma boa alternativa é apostar na distribuição de luminárias para cada espaço demarcado. Ao induzir o foco de luz, damos destaque a peças de decoração com um design interessante ou a um espaço especial, como um espaço de leitura na sala ou um segundo ambiente para alimentação”, orienta o especialista.

Lustres para sala de jantar: exemplo de uma sala de jantar integrada com uma cozinha americana, cada uma com seu ponto de iluminação distinto.
Exemplo de uma sala de jantar integrada com uma cozinha americana, cada uma com seu ponto de iluminação distinto. (Foto: Shutterstock)

A delimitação do espaço também pode ser realizada com luminárias. Uma possibilidade é escolher acessórios de iluminação que dialoguem com o estilo predominante no ambiente. Luminárias de mesa, seja de luz mais suave e quente, como abajures, ou de foco, também fornecem pontos de luminosidade no ambiente e auxiliam no foco em um determinado local. 

“Spots também contribuem com uma iluminação mais branda e direcionável. Dão destaque à quadro, plantas e objetos decorativos”, diz Edson.

Lustres para sala de jantar e os estilos de decoração

A iluminação é uma das grandes responsáveis por deixar um ambiente agradável e convidativo, principalmente em longos períodos. Essenciais para a composição de ambientes, as luminárias criativas são importantes aliadas para dar o toque final na decoração de interiores. 

Com aplicações em qualquer ambiente da casa, as luminárias e os lustres são ideais para criar o clima que quiser e funciona misturar estilos e cores. Fica a critério de cada pessoa o tom que deseja dar ao ambiente: intimista, familiar, para estudos ou para receber os amigos. 

Abaixo, Edson listou algumas sugestões de produtos da Tok&Stok para cada estilo e tendência de decoração:

Industrial

Vintage

Rústico / Oriental

Contemporâneo / Moderno / Futurista

Casa nova, lustre para sala de jantar novo

Se você está em busca de um imóvel para comprar ou alugar, o QuintoAndar é a maior imobiliária digital da América Latina e está presente em mais de 40 cidades de 16 estados nas cinco regiões do país. 

Em nossa plataforma digital repleta de anúncios de casas e apartamentos para alugar e comprar, oferecemos mais de 60 filtros de pesquisa, para você buscar imóveis da forma mais assertiva possível. 

E já que vai estar de casa nova, que tal seguir as dicas de decoração que trazemos aqui para ter uma iluminação totalmente nova com um lustre para sala de jantar?