O Rio de Janeiro continua e sempre vai continuar lindo. E quem busca a Cidade Maravilhosa pra morar, com certeza pensa também em viver uma completa experiência da vivência carioca. Para ajudar quem não é nascido e criado no Rio e está de mudança ou pensando em se mudar para a cidade, fizemos uma lista com os melhores bairros do Rio de Janeiro.

Navegue pelo conteúdo sobre os melhores bairros para morar no Rio de Janeiro:

Melhores bairros do Rio de Janeiro: Leblon

O Leblon é um dos bairros cariocas mais valorizados. Da Avenida Delfim Moreira, onde está a praia, aos quarteirões internos, o bairro tem um equilíbrio entre muitas opções residenciais, um forte comércio e inúmeras opções de lazer. 

Presença constante entre os bairros de metro quadrado mais caro da cidade, segundo o Índice QuintoAndar de Aluguel, que aponta a média do valor do metro quadrado no RJ, o Leblon tem muitos prédios de luxo, outros mais simples e também conta com muitas opções de casas, tanto de rua quanto em condomínios fechados.

Melhores bares e restaurantes do Leblon

Além de ser um dos melhores bairros do Rio de Janeiro, o Leblon é uma referência na cidade no quesito bares e restaurantes. De estabelecimentos de grandes chefs a botecos tradicionais, a região agrada a todos os gostos. Veja alguns dos mais famosos:

Melhores restaurantes

  • L’Etoile: um dos mais sofisticados do país, especializado em culinária francesa e localizado no último andar do Sheraton Grand Rio Hotel & Resort, com uma vista deslumbrante da orla;
  • Quadrucci: conhecido tanto pela sua gastronomia contemporânea, com sotaque italiano, mas também com toques brasileiros, o restaurante é famoso também por sua charmosa e agradável varanda;
  • CT Boucherie: bistrô do chef francês superstar Claude Troisgros, com decoração inspirada em uma autêntica boucherie (açougues franceses), serve cortes nobres de carne de boi e opções de peixe, frango e polvo, que são servidos com um rodízio de acompanhamentos que também serve aos vegetarianos;
  • Giuseppe Grill: Considerado por muitos o melhor restaurante de carnes do Rio de Janeiro, é também referência por sua adega de vinhos;
  • Sushi Leblon: um dos melhores e mais tradicionais restaurantes japoneses da cidade.

Melhores bares

  • Bracarense: um grande balcão interno, mesas na calçada, chope gelado e tirado à perfeição e famosos petiscos de boteco;
  • Jobi: outra joia entre os tradicionais botecos do Rio de Janeiro, aberto na década de 1950, segue a mesma linha do anterior em termos de bebida e comidas, porém com mais espaço interno para as mesas e cadeiras;
  • Bar Veloso: apesar de estar localizado na esquina da Rua Aristides Espínola com a Avenida General Saint Martin, um dos pontos mais luxuosos do Leblon, o Bar Veloso exala informalidade e descontração. É um dos pontos preferidos para quem sai da praia no fim de tarde, mas também costuma ficar lotado à noite;
  • Bar do Lado: quem nunca ouviu a icônica frase “o Hotel Marina quando acende”, na música “Virgem”, da cantora Marina Lima? Pois o Bar do Lado fica justamente neste hotel, de frente para a praia do Leblon. Uma ótima opção para quem quer tomar bons drinques e aproveitar a brisa do mar degustando petiscos asiáticos.
Conheça a maior imobiliária digital do país: simples, prática e segura! Conhecer

Opções de Lazer no Leblon

Além de ser um dos bairros mais seguros do Rio de Janeiro, o Leblon tem muitas opções de lazer tais, como a orla da Lagoa Rodrigo de Freitas e o Jardim Botânico. 

Veja algumas das opções de lazer no Leblon:

  • Praia do Leblon: é uma extensão da praia de Ipanema, porém com um perfil menos agitado que o de sua vizinha próxima. É muito frequentada por famílias com crianças e por pessoas que gostam de praticar esportes na areia;
  • Clube de Regatas do Flamengo: apesar de ser chamado pelos torcedores de “Sede da Gávea”, a sede social do time de futebol de maior torcida do Brasil fica no Leblon e é muito frequentada pelos moradores dos arredores;
  • Clube Monte Líbano: outro clube muito frequentado por moradores, fica a apenas 500 metros do Flamengo e de frente para a Lagoa Rodrigo de Freitas.

Mobilidade no Leblon

Repleto de linhas de ônibus que ligam o bairro às regiões do Centro, Zona Norte e Zona Oeste, o Leblon é atendido também por duas estações de metrô onde passam a Linha 4: Antero de Quental e Jardim de Alah.

Comércio e serviços no Leblon

O bairro é muito bem servido de lojas de ruas e pequenos centros comerciais, especialmente na Avenida Ataulfo de Paiva, a principal do bairro. E conta também com dois shoppings, praticamente um de frente para o outro:

  • Shopping Leblon: localizado na Av. Afrânio de Mello Franco, é um dos mais luxuosos shoppings da cidade. Conta com mais de 200 lojas, que vão das grandes grifes de moda às grandes redes de departamentos, além de salas de cinema e praças de alimentação;
  • Rio Design Leblon: pequeno e sofisticado, tem entrada pela mesma Av. Afrânio de Mello Franco e também pela Av. Ataulfo de Paiva. É um polo de de moda, decoração e gastronomia.
Shopping Leblon (Foto: Alexandre Macieira | Riotur)

Saúde no Leblon

Repleto de clínicas e consultórios particulares de médicos das mais diversas especialidades, o Leblon é servido também pelo Hospital Municipal Miguel Couto, um dos principais hospitais públicos do Rio de Janeiro. 

Segurança no Leblon

O Leblon é considerado um bairro bem seguro. Além da operação “Leblon Presente”, iniciativa do governo do estado para melhorar a segurança pública pela cidade, a região conta com duas das principais delegacias de polícia da cidade: a 14ª DP e a DEAT (Delegacia Especial de Apoio ao Turismo).

Melhores bairros do Rio de Janeiro: Urca

Tradicional na Zona Sul carioca, a Urca é estritamente residencial e é um dos melhores bairros para morar no Rio de Janeiro. A região possui algumas das mais belas vistas da Cidade Maravilhosa, especialmente para quem frequenta a popular Mureta da Urca, tradicional ponto boêmio da cidade, ou a Praia Vermelha.

Segurança na Urca

Por ser margeada pelas águas da Baia de Guanabara, o bairro conta somente com uma entrada por terra. Esse fator, combinado com algumas instalações militares localizadas na região fazem da Urca um dos bairros mais seguros do Rio de Janeiro.

Educação na Urca

A Urca é um bairro com muitos movimentos de estudantes, pois conta com algumas das principais instituições de ensino do Rio de Janeiro, como:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro: o campus da Praia Vermelha da UFRJ abriga os cursos importantes, como Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comunicação Social, Estatística, Fonoaudiologia, Psicologia e Serviço Social;
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro: conhecida como Unirio, também conta com um campus na Praia Vermelha, a poucos metros da UFRJ, onde fica a reitoria da instituição e diversos cursos como: Letras, Música, Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Sociais, Filosofia, História, Pedagogia, Serviço Social e Turismo.
  • Instituto Militar de Engenharia (IME): instituição pública de ensino superior do Exército Brasileiro, considerada uma referência nacional em cursos de graduação e pós-graduação em Engenharia

Lazer na Urca

  • Bondinho do Pão de Açúcar: uma das maiores atrações turísticas do Rio de Janeiro, onde fica o famoso bondinho, um teleférico que liga a base na Praia Vermelha ao primeiro ponto mais baixo (Morro da Urca) e depois ao topo do Pão de Açucar;
  • Escaladas e trilhas: tanto o Morro da Urca quanto o Pão de Açúcar têm dezenas de vias de escaladas, de diversos níveis de dificuldades, que são constantemente usadas pelos amantes dos esportes radicais;
  • Praia Vermelha: uma pequena faixa de areia, localizada nas costas do Morro da Urca e do Pão de Açúcar. Um refúgio para quem busca uma praia mais tranquila e sem aglomerações;
  • Mureta da Urca: às margens da Baía de Guanabara, a calçada da mureta é usada para caminhadas, enquanto a própria mureta serve de assento para quem gosta de tomar uma cerveja ao ar livre. Com sorte, em dias de água limpa, basta olhar para baixo para avistar peixes e tartarugas marinhas próximas às pedras.

Bares e restaurantes na Urca

Muito residencial, repleta de prédios e casas, a Urca não tem uma grande variedade de bares e restaurantes. Mas há poucas e boas opções no bairro. Entre elas estão:

  • Bar Urca: um clássico carioca, muito frequentado por quem gosta de pegar uma cerveja no balcão e sentar na mureta do outro lado da rua, admirando a Baía de Guanabara.
  • Garota Da Urca: tradicional restaurante, com uma varanda voltada para a praia da Urca, é conhecido por sua clássica picanha na chapa.
  • Terra Brasilis: restaurante de comida brasileira aos pés da Praia Vermelha, com uma das mais belas vistas do Pão de Açúcar.

Melhores bairros do Rio de Janeiro: Lagoa

O bairro tem o nome de sua principal atração, a Lagoa Rodrigo de Freitas. É um dos locais mais valorizados da cidade – entre os bairros de metro quadrado mais caros segundo o Índice QuintoAndar de aluguel no Rio de Janeiro – e é estritamente residencial, com pouco comércio, porém com várias boas opções de lazer.

Seu território tem muita área verde, com parques e áreas de preservação ambiental. Além do belíssimo espelho d’água da Lagoa, que tem em seu entorno diversos quiosques com bares e lanchonetes. 

A Lagoa Rodrigo de Freitas vista de cima (Foto: Alexandre Macieira | Riotur)

Esporte e lazer na Lagoa

A Lagoa é um dos melhores bairros do Rio de Janeiro para quem gosta de fazer atividades ao ar livre. Veja algumas das melhores opções:

  • Orla da Lagoa Rodrigo de Freitas: certamente um dos espaços preferidos do carioca para a prática de esportes. Os 7,5 Km de extensão no entorno da Lagoa são todos cobertos por ciclovia e pista de caminhada, além de diversos equipamentos para exercícios físicos espalhados pelo caminho;
  • Parque da Catacumba: espaço com muita área verde, de frente para a Lagoa, muito frequentado por famílias e repleto de atividades para crianças mais aventureiras, como trilhas, arvorismo e tirolesa;
  • Parque do Cantagalo: localizado praticamente de frente para o Parque da Catacumba, do outro lado da Avenida Epitácio Pessoa, às margens da Lagoa. Tem cerca de 14 mil m² de área pública, com quadras esportivas, estacionamento e quiosques; 
  • Pedalinho: no Parque do Cantagalo está a o deque de onde saem os famosos pedalinhos em forma de cisne, de onde se pode apreciar os contrastes entre natureza e concreto do meio da Lagoa, onde o silêncio impera apesar da cidade que corre no entorno;
  • Clube Naval Piraquê: localizado em uma das ilhas da Lagoa, é muito frequentado pelos moradores das ruas mais próximas, especialmente. Equipado com piscinas, quadras esportivas, espaços para eventos e um belo paisagismo integrado com a natureza da Lagoa; 
  • Parque dos Patins: um dos pontos mais populares da orla da Lagoa, conta com um grande rinque de patinação, diversos pontos para atividade física, pequenos deques que avançam pelo espelho d’água e muitos quiosques, que costumam ficar lotados especialmente à noite nos fins de semana.

Mobilidade na Lagoa

O bairro não tem uma estação de metrô específica, mas é atendido por estações que chegam a bairros vizinhos e são muito próximas, a poucos minutos de caminhada, como:

  • Copacabana (Estação Cantagalo);
  • Ipanema (Estação General Osório);
  • Leblon (Estação Jardim de Alah).

Além disso, a Lagoa é a porta de entrada da Zona Sul para quem cruza o Túnel Rebouças. E é também um bairro de passagem para quem quer chegar às orlas de Copacabana e Ipanema (via Av. Epitácio Pessoa) ou da Barra da Tijuca na Zona Oeste, via Autoestrada Lagoa-Barra. 

O bairro é também muito bem servidos de linhas de ônibus para diversos pontos da cidade.

Bares e restaurantes na Lagoa

O bairro se resume a algumas faixas de terra firme entre o espelho d’água e as fronteiras com bairros vizinhos, como Jardim Botânico, Leblon, Ipanema e Copacabana. Repleta de prédios de luxo, a região guarda algumas preciosidades gastronômicas:

  • Mr. Lam: luxuoso restaurante de culinária oriental localizado de frente para a Lagoa;
  • Terraza Garden: localizado às margens da Lagoa, em um quiosque na altura do Parque do Cantagalo, é a versão carioca do famoso Terrazza Rooftop, do Morumbi, em São Paulo;
  • Badalado Lagoa Club: também às margens da Lagoa, ao lado do deck dos pedalinhos, serve petiscos, pizzas, sanduíches, pratos especiais e conta ainda com carta de vinhos e uma grande variedade de drinques;
  • Arab: um dos mais tradicionais quiosques da Lagoa, especializado em culinária árabe e localizado no Parque dos Patins;
  • Gratini: restaurante italiano também às margens da Lagoa, localizado Av. Borges de Medeiros, ao lado do cais de remo do Clube de Regatas do Flamengo.

Melhores bairros do Rio de Janeiro: Jardim Botânico

Pequeno bairro localizado entre o morro do Corcovado e a Lagoa,  Jardim Botânico é repleto de área verde e conta, em seus domínios, com alguns espaços icônicos da Cidade Maravilhosa. 

O bairro é conhecido por ser a primeira sede da Rede Globo de Televisão, onde até hoje fica o jornalismo da emissora. Exceto por essa grande empresa, é tipicamente residencial em suas ruas satélites, que apesar de muito arborizadas, são bem iluminadas. Mesmo assim, o bairro conta com um forte comércio local na principal via que cruza o bairro: a rua Jardim Botânico. Além de muitas opções de bares e restaurantes.

Por tudo isso, é um dos melhores bairros para morar no Rio de Janeiro.

Entretenimento e lazer no Jardim Botânico

  • Jardim Botânico: em uma cidade com tantos pontos turísticos famosos, aqui está um que certamente figura na lista dos principais. Fundado em 1808 por D. João VI, então príncipe regente de Portugal, o espaço tem em sua imponente alameda de palmeiras imperiais, com um belíssimo chafariz ao fundo, uma das mais belas vistas que se pode ter do Rio de Janeiro;
  • Parque Lage: próximo do Jardim Botânico, se destaca não apenas pela área verde, onde os visitantes fazem piqueniques e caminhadas, mas por seu lindo palacete com uma piscina no meio, onde se pode tomar um café apreciando a vista;
  • Jockey Club Brasileiro: localizado em uma área de 640 mil m², foi fundado em 1932 e é a tradicional sede do maior evento de corridas de cavalo (turfe) do país: o Grande Prêmio Brasil. Sua área vai praticamente da orla da Lagoa à Gávea. E boa parte de sua extensão fica localizada de frente para o Leblon de um lado e para o o Jardim Botânico do outro.

Bares e restaurantes no Jardim Botânico

O Jardim Botânico é um bairro repleto de boas opções para quem gosta de comer bem. Veja algumas:

  • Prana Vegetariano: nascido no bairro do Cosme Velho em 2014, o restaurante comandado pelo chef Marcos Freitas mudou-se para um belo imóvel no Jardim Botânico em 2017. Em seu menu, a casa privilegia pratos com ingredientes sempre frescos, variados e locais;
  • Rubaiyat Rio: localizado dentro do Club Brasileiro, tem capacidade para 350 lugares, sendo 160 deles localizados em uma ampla varanda com vista para o Cristo Redentor e as pistas de corrida de cavalos. O restaurante aposta em um mix de cortes nobres de carnes e o melhor da cozinha mediterrânea;
  • Maguje: também localizado dentro do complexo do Jockey, igualmente de frente para a pista de corridas, apresenta uma culinária contemporânea e tem ares mais de gastro bar;
  • La Bicyclette: um charmoso bistrô localizado dentro do Jardim Botânico, onde é possível tomar um dos melhores cafés da manhã da cidade. A casa tem como carro-chefe sua variedade de pães artesanais;
  • Mamma Jamma: inaugurada em 2009, em um casarão na rua Saturnino de Brito, a pizzaria rapidamente se tornou uma das queridinhas de cariocas e turistas e hoje já tem filiais por outros bairros da cidade e também em Niterói.

Melhores bairros do Rio de Janeiro: Barra da Tijuca

Praia da Barra da Tijuca (Foto: Fernando Maia | Riotur)

Localizada na da Zona Oeste, a Barra da Tijuca é relativamente nova entre os bairros do Rio. E não para de crescer de meado da década de 1990 para cá. Além da longa extensão de 14,4 Km de sua orla, que fazem da Barra da Tijuca a maior praia do Rio de Janeiro e uma das principais atrações do bairro, a região tem algumas divisões conhecidas:

Jardim Oceânico

É o primeiro ponto do bairro para quem chega da Zona Sul pela Auto-Estrada Lagoa-Barra. É repleto de áreas residenciais, além de bares, restaurantes e muitas casas noturnas, especialmente na Avenida Armando Lombardi.

Meio da Barra

A continuação do bairro é o Meio da Barra, onde ficam alguns dos principais shoppings da região, como, entre outros:

  • Shopping Downtown;
  • Cittá América;
  • Barra Garden;
  • Village Mall;
  • New York City Center;
  • BarraShopping.

 A região é cortada pela Avenida das Américas e é marcada por muitos condomínios de prédios residenciais, além de vários conglomerados comerciais, hipermercados e concessionárias de automóveis.

Marapendi

Já a região de Marapendi, continuação do Meio da Barra, é caracterizada por ultrapassar o Terminal de Ônibus Alvorada, na mesma altura onde está localizada a Cidade das Artes, onde tem continuação a Avenida das América em direção ao Recreio e outros bairros mais distantes, como Vargem Grande, por exemplo. 

A região tem vários pequenos centros comerciais, muitos anexos a grandes condomínios, que movimentam bastante a região. Conta com diversos condomínios de prédios e casas de luxo, além de um grande shopping: o Rio Design Barra.

Na altura do Terminal de Ônibus da Alvorada, a Barra da Tijuca cresce também para outra direção, no sentido Jacarepaguá, pela Avenida Ayrton Senna, outra via também repleta de shoppings – como o Casa Shopping e o  Via Parque – condomínios comerciais e hipermercados.

Mobilidade na Barra da Tijuca

A Barra da Tijuca é um dos bairros nobres do Rio de Janeiro e, por ter sido planejada com grandes avenidas, onde as distâncias são muito grandes, a maioria dos moradores do bairro fazem tudo de carro. E é normal que as famílias tenham dois ou até mais automóveis em casa.

Mas o bairro é bem servido de transporte coletivo. Tanto de linhas de ônibus normais quanto de outras opções muito usadas especialmente por quem trabalha na Barra da Tijuca e mora em outros pontos da cidade, como: 

  • Metrô: A Barra da Tijuca é o bairro que tem metrô a menos tempo no Rio de Janeiro: apenas desde em julho de 2016. Localizada na Av. Armando Lombardi, a Estação Jardim Oceânico é a última da Linha 4, que sai da Estação General Osório (Ipanema) e passa por Leblon e São Conrado antes de chegar na Zona Oeste. 
  • BRT: sigla para Bus Rapid Transit (BRT), é um sistema de ônibus articulados, que circulam por uma via exclusiva e expressa que sai de um terminal localizado no mesmo local da Estação de Metrô Jardim Oceânico, cruza a Avenida das Américas até o Terminal Alvorada e depois se divide, seguindo para mais bairros da Zona Oeste e também, pelo lado da Avenida Ayrton Senna, na direção de Jacarepaguá e da Zona Norte, para chegar até o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão).
Ônibus articulados do BRT no Terminal da Alvorada (Foto: Alexandre Macieira | Riotur)

Restaurantes na Barra da Tijuca

Com uma população de quase 400 mil habitantes, a Barra da Tijuca é um dos maiores bairros do Rio de Janeiro. Praticamente uma outra cidade dentro da cidade. E no quesito bares e restaurantes, a região conta com diversos polos gastronômicos, além de muitas opções de alta qualidade dentro dos diversos shoppings. Veja algumas:

Restaurantes e bares da orla da praia

  • Shiso: de frente para o mar da Barra, fica no hotel Grand Hyatt Rio de Janeiro e é reconhecidamente um dos melhores restaurantes japoneses do Rio de Janeiro;
  • Cantô Gastrô & Lounge: também parte do hotel Hyatt, um gastro bar com ambiente informal e ao mesmo tempo sofisticado, com muitas variedades de drinques e releituras de petiscos clássicos;
  • Fratelli: típico restaurante italiano, com pratos tradicionais e uma adega muito concorrida entre seus frequentadores, com mais de 3.200 garrafas de vinhos de 250 rótulos diferentes. Localizado de frente para o mar, desde 1988.
  • Toca da Traíra: restaurante de comida farta, de frente para a praia, especializado em frutos do mar e com preços acessíveis.

Restaurantes em shoppings

  • D’Heaven: restaurante de culinária francesa da chef Heaven Delhaye (Village Mall);
  • Adega Santiago: restaurante que oferece pratos com o melhor da cozinha ibérica (Village Mall);
  • Gabbiano Ristorante: aberto em 2009, é um dos melhores restaurantes italianos do Rio de Janeiro, reconhecido com o selo Ospitalità Italiana, dado pelo governo da Itália a seletos estabelecimentos pelo mundo. (Barra Garden);
  • Mori Ohta Sushi: filial carioca de um japonês famoso de São Paulo (BarraShopping);
  • Sal Grosso: steak house dos chefs Henrique Fogaça e Lucas Vilella (Barra Shopping);
  • Corrientes 348: cortes nobres argentinos em parrilla de um dos donos da rede de churrascarias Fogo de Chão (Rio Design Barra).

Melhores bairros para morar no Rio de Janeiro: encontre imóveis pelo QuintoAndar

Imobiliária digital líder em aluguéis residenciais no Brasil, o QuintoAndar tem uma grande oferta de imóveis pra alugar e pra comprar no Rio de Janeiro. Está em busca de um lugar para morar na Cidade Maravilhosa, então dá uma olhada nas nossas ofertas de imóveis!

+ Leia também:
Bairros mais seguros do Rio: conheça os melhores lugares da Cidade Maravilhosa