Quantas vezes você deve ter se encantado pela decoração de um ambiente com produtos regionais sem dar conta das origens dos objetos? Essa pitada rústica que atravessa nosso afetivo imaginário é natural do Brasil, onde o encontro entre cultura e artesanato fazem parte das nossas raízes. Não à toa, um dos lugares que transborda essa conexão dos elementos é o Mercado Central de Fortaleza, e aqui nós vamos te contar um pouco mais sobre ele. 

Navegue pelo conteúdo

História do Mercado Central de Fortaleza

Antigamente, em 1809, quando o Mercado Central de Fortaleza se estabeleceu como um ponto comercial, deu início às suas atividades vendendo carnes, frutas e verduras, em uma estrutura toda feita de madeira. 

Com o tempo, o mercado foi passando por modificações e, em 1931, assumiu a comercialização do artesanato, quando começou a instalar os boxes.

+ Leia também:
Morar em Fortaleza é equilibrar trabalho e uma vida mais natural em uma única cidade

Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar
Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar Conheça aqui

Estrutura do mercado

Uma grande reforma feita em 1975 deu fim à estrutura de madeira. E após pouco mais de duas décadas, em 1998, o lugar ganhou seu espaço definitivo, na Avenida Alberto Nepomuceno, em um prédio de 5 pavimentos projetado pelo arquiteto Luiz Fiúza.

Com uma área total de 9,7 mil m2,, o maior mercado popular do Nordeste conta com mais de 600 lojas boxes espalhados pelos cinco andares, sendo um deles destinado a um estacionamento. 

(Foto: Jade Queiroz | MTUR)

Produtos regionais

Entre a Praia de Iracema e o Centro da Capital Cearense, o prédio de quatro pisos repleto de produtos artesanais à venda dá vida ao Mercado Central de Fortaleza. 

Com mais de 600 lojas, quem chega ao empreendimento para bater perna pode encontrar um infinito de possibilidades do repertório cultural nordestino, muitos deles feitos à mão.

Basicamente todos os materiais utilizados revelam pistas do ambiente e da cultura local de maneira única. Na verdade, o artesanato regional é uma das principais fontes de renda de muitas pessoas há gerações. 

Leia também: Custo de vida em Fortaleza se assemelha ao de outras grandes capitais

Cada lugar tem uma impressão digital própria, mesmo porque muitas das matérias-primas utilizadas costumam ser mais encontradas apenas em terras nordestinas.

Artigos em couro, artigos para decoração e muito mais

Antes de mais nada, saiba que nesse berço da arte e cultura no Ceará você encontrará uma quantidade ainda maior de artigos para decoração do que na famosa Feirinha da Avenida Beira-Mar. Afinal de contas, o Mercado Central de Fortaleza é um dos maiores pontos de venda de artesanato do Brasil. 

Artigos em couro, como sandálias, sapatos, chapéus, bolsas e malas; em madeira, argila, barro e cerâmica são vendidos nas mais encantadoras e variadas aplicações possíveis. Agora veja a seguir alguns tipos de artesanato que você deve encontrar por lá em tantas peças diferentes:

  • Artigos têxteis, como redes, rendas e bordados;
  • Roupas de malha, enxoval em ponto cruz, rococó e richelieu
  • Peças de cama, mesa e banho;
  • Mantas e tapeçaria;
  • Artigos em palha, fibras e cipó, como cestarias, sacolas e trançados;
  • Sementes, conchas, cascas de árvore e outros elementos naturais;
  • Bijuterias e jóias;
  • Xilogravura;
  • Cera de abelha;
  • Artigos para a cozinha;
  • Comidas e bebidas típicas, como cachaça, licores, rapaduras, castanhas de caju e doces variados.

Alimentação no Mercado Central de Fortaleza

E se ficar com água na boca, saiba que no Mercado Central de Fortaleza você também encontra restaurantes e lanchonetes que oferecem pratos típicos nordestinos deliciosos.

Estacionamento

Se for de carro, saiba que o lugar conta com mais de 400 vagas no estacionamento próprio no subsolo, além de ter caixa eletrônico e elevador panorâmico.

Acesso ao  Mercado Central de Fortaleza

Endereço: Av. Alberto Nepomuceno, 199 – Centro
Telefone: (85) 3454-8586
Funcionamento: Segunda a sexta, das 8h às 18h. Sábado, das 8h às 17h. Domingo, das 8h às 13h
Entrada: Gratuita

+ Leia também:
O que fazer em Fortaleza: conheça a riqueza cultural cearense fora da praia

Já pensou em ir andando sempre que quiser para o Mercado Central de Fortaleza?

Os cearenses se orgulham de desfrutar do Mercado Central de Fortaleza, onde todos podem levar para o lar parte da riqueza cultural histórica nordestina e, ao mesmo tempo, incentivar o trabalho artesanal de muitos povos tradicionais.

E se você deseja morar perto desse ícone da Capital Cearense, o QuintoAndar pode te ajudar. Temos diversas ofertas de imóveis para alugar em Fortaleza, nos quais você pode usar os mais de 70 filtros diferentes de pesquisa para refinar a sua busca e encontrar um lar com a sua cara na cidade, bem pertinho do Mercado Central de Fortaleza!