O Metrô Jardim Oceânico pertence ao famoso bairro da Barra da Tijuca e foi a primeira estação de metrô da Zona Oeste da cidade. 

Com fácil acesso aos principais pontos do Rio de Janeiro e com integração ao BRT (Bus Rapid Transit) é uma importante estação multimodal da cidade. 

Confira a seguir mais detalhes sobre o Metrô Jardim Oceânico, seu funcionamento e quais pontos no Rio você pode acessar por meio dele.

Navegue pelo conteúdo:

Fundação do Metrô Jardim Oceânico

O metrô Jardim Oceânico é uma estação recente, inaugurada em 30 de julho de 2016, próximo à data de abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro, integrando a Linha 4 Amarela. 

Está localizada sob a Avenida Armando Lombardi, por onde circulam em média 91 mil passageiros por dia, de acordo com o site da companhia que administra o transporte público do Rio, o MetrôRio.

Leia também: Zona Oeste do RJ: conheça melhor a maior região da Cidade Maravilhosa

Funcionamento do Metrô Jardim Oceânico

  • Endereço: Saída Mar, Avenida Armando Lombardi-Barra da Tijuca 
  • Horários: Segunda a sábado, das 5h às 00h; domingos e feriados, das 7h às 23h.
  • Acessos: É possível acessar a estação do metrô Jardim Oceânico de três maneiras: 
  1. Acesso A-Lagoa:​​ Acesso automatizado – Máquina MetrôRio que disponibiliza troco.
  2. Acesso B-Mar: Acesso automatizado – Máquina MetrôRio que disponibiliza troco.
  3. Acesso C-BRT: Acesso sem vendas – Máquina MetrôRio disponível  somente nos acessos A ou B.
  • Bilhetes: Para circular pelo MetrôRio, é necessário adquirir um dos cartões de passagem nas bilheterias das estações, ou nas máquinas de autoatendimento. Existem três opções de cartões disponíveis, são eles: Cartão Giro,Cartão Pré-Pago ou Cartão Unitário.

Confira mais detalhes sobre cada tipo de cartão, seus preços e condições acessando o Guia do Cliente no site oficial do MetrôRio.

Acesso ao MetrôRio

Linha 4 – MetrôRio

A Linha 4 – Amarela do MetrôRio conecta a estação General Osório, na Zona Sul do Rio, à estação do metrô Jardim Oceânico, no bairro da Barra da Tijuca, localizado na Zona Oeste. 

Com capacidade para transportar mais de 300 mil passageiros por dia, a linha faz todo o seu trajeto entre as 6 estações em 15 minutos e 31 segundos, e passa pelos conhecidos bairros de Ipanema, Leblon e São Conrado. 

Veja abaixo o mapa da Linha 4 do MetrôRio e suas respectivas estações: 

Mapa da Linha 4 do MetrôRio

Acesso ao BRT

Utilizar o sistema BRT é uma ótima opção para quem busca praticidade e agilidade na hora de se locomover pelo Rio.

O BRT, (ônibus de trânsito rápido, em tradução livre) é um importante meio de transporte na cidade, e possui 3 corredores exclusivos ao todo: TransCarioca, TransOeste e o TransOlímpica.

O Terminal Jardim Oceânico pertence ao corredor TransOeste e conecta, ao longo dos seus 60 quilômetros de pista, a região da Barra da Tijuca aos bairros de Campo Grande e Santa Cruz – sendo um entre os 4 terminais da pista exclusiva.

No ano de 2016, o corredor completou a ligação do Terminal Alvorada ao Terminal Jardim Oceânico, facilitando a locomoção e deslocamento de milhares de pessoas todos os dias. 

  • Endereço: Avenida Armando Lombardi, 705 – Barra da Tijuca, RJ.
  • Horários: Segunda a sábado, das 4h às 00h; domingos e feriados, de 7h às 23h.
  • Acesso: Pela saída C-BRT, não há máquinas no local para compra de bilhetes ou recarga de cartões, apenas nas saídas A e B.
  • Bilhetes: Para circulação nos BRTs você deve ter em mãos o bilhete de uso unitário ou alguma das opções de cartões recarregáveis já citadas. 

No Terminal Jardim Oceânico circulam as seguintes linhas de ônibus:

  • Jardim Oceânico X Recreio Notre Dame (Parador)
  • Jardim Oceânico X Alvorada (Parador)
  • Jardim Oceânico X Terminal Olímpico (Parador)
  • Jardim Oceânico X Alvorada (Expresso)
  • Jardim Oceânico X Recreio Shopping (Expresso)
  • Madureira (Terminal Paulo da Portela) – Terminal Jardim Oceânico

Principais pontos próximos ao Metrô Jardim Oceânico

O Jardim Oceânico é considerado um sub-bairro da Barra da Tijuca e é uma das regiões mais requisitadas da Zona Oeste da cidade por oferecer uma ótima infraestrutura e segurança, além de diversas opções de lazer para quem curte desde a vida noturna à passeios mais tranquilos na Ilha da Gigóia. 

Confira alguns locais do Jardim Oceiânico e Barra da Tijuca que você precisa conhecer: 

Praia da Barra da Tijuca

Praia da Barra da Tijuca

A conhecida praia da Barra é uma das praias mais tranquilas do Rio de Janeiro e fica a apenas 20 minutos de caminhada do metrô Jardim Oceânico. Seja para tomar aquele solzinho, fazer uma caminhada na orla ou um passeio de bike, a praia da Barra é uma ótima opção para o fim de semana. 

Por ser uma praia menos agitada do que as da Zona Sul, costuma ser uma ótima opção para quem quer fazer um passeio em família e com as crianças em busca de mais calmaria.

Andando na orla você irá se deparar com o Quebra-Mar da Barra, ponto amado entre os turistas e moradores por sua exuberância e beleza. Além dele, é possível visitar também o Postinho da Barra e ter uma visão privilegiada do pôr do sol no mar. 

Apesar de mais reservada, a praia da Barra também oferece várias opções de quiosques e restaurantes à beira-mar para curtir um almoço na areia com os amigos. 

Leia também: Conheça as praias do Rio de Janeiro e descubra perto de qual delas você deseja morar

Praia do Pepê

Pôr do Sol na Praia do Pepê

A praia do Pepê está situada entre o Quebra Mar da Barra e o Posto 2, a 18 minutos de caminhada do metrô Jardim Oceânico, e faz parte de uma área costeira com quase 18 km de extensão. 

A praia recebeu esse nome em homenagem a Pedro Paulo Guise Carneiro Lopes, ​o Pepê, surfista e tricampeão brasileriro, que por muito tempo ficou conhecido na lista dos 20 melhores surfistas do mundo.

Não é à toa que a praia leva o apelido de Pedro Paulo como nome: o mar neste trecho é ideal para a prática de surf, windsurf, bodyboard e kitesurf e faz sucesso entre os cariocas que gostam de praticar esportes radicais.

Ainda no trecho da praia, é possível fazer uma pausa para um lanchinho na Barraca do Pepê, na altura 11 de sua avenida. O quiosque conta com lanches, sucos naturais e açaí, uma ótima opção para se refrescar no calor do Rio. 

Endereço: Av. do Pepê – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Ilha da Gigóia

Ilha da Gigóia

A Ilha da Gigóia é um dos pontos mais queridos entre os moradores da Barra que curtem passeios mais tranquilos aos finais de semana e feriados. Está situada a 12 minutos do metrô Jardim Oceânico, incluindo o trajeto de balsa que é necessário para acessar o local. 

A Ilha é uma das dez do chamado complexo lagunar da Barra da Tijuca, além de ser a mais populosa, com quase 3 mil habitantes. A abundância de vegetação e a paisagem natural de cair o queixo, movimentam os passeios e a circulação de pessoas no local – que não permite a entrada de veículos.

Os morros que completam a vista da ilha também guardam opções de restaurantes especializados em frutos do mar, além de bistrôs e bares. 

Algumas outras opções de passeio na ilha são: 

  • Porto de Luz 
  • Cineclube Gigóia 
  • Galerie Serejo
  • Itanhangá Golf Club 
  • Bar do Cícero 

Endereço: Avenida Armando Lombardi, 350 – Barra da Tijuca (entrada de acesso aos barcos localizada próximo ao metrô Jardim Oceânico) 

Horário de Funcionamento: Os barcos que saem da Barra para Ilha estão disponíveis 24h todos os dias e suas partidas funcionam conforme demanda.

Informações adicionais: O preço da passagem para embarque nos barcos varia entre R$2 a R$5 por passageiro. 

Museu Sítio Roberto Burle Marx

Sítio Roberto Burle Marx

O Sítio Roberto Burle Marx, localizado a 37 minutos de BRT do metrô Jardim Oceânico, é um um grande laboratório de experimentações: onde mais de 3.500 espécies de plantas tropicais e subtropicais, organizadas em viveiros e jardins, convivem em harmonia com a vegetação nativa – numa área de 405 mil metros quadrados, que inclui várias edificações, lagos, jardins, coleções de arte e uma vasta biblioteca.

Desde 1985, o local é considerado uma unidade especial vinculada ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), com a missão de preservar e divulgar a vida e a obra de Roberto Burle Marx, renomado paisagista, colecionador e ambientalista. 

O Sítio conta com 9 espaços abertos à visitação, desde a própria casa onde Roberto residiu nos seus últimos 20 anos de vida, até o Ateliê com capacidade para 160 pessoas, utilizado para saraus, apresentações e exposições. 

Um passeio cultural e com paisagens de tirar o fôlego que não podem ficar de fora da agenda de férias da criançada!

Endereço: Estrada Roberto Burle Marx, nº 2019

Horário de Funcionamento: Terça-feira a sábado (exceto feriados) às 9h30 e às 13h30.

Entrada: R$10, inteira (pagamento exclusivo em dinheiro, não são aceitos cartões de crédito ou débito) 

R$ 5, meia entrada válida apenas para adultos a partir de 60 anos e estudantes 

Gratuidade: Crianças até 5 anos, guias de turismo, professores, acompanhantes de pessoas com deficiência e moradores da Barra e da Ilha de Guaratiba que apresentam carteira de visitação especial. 

Informações adicionais: O Sítio apenas permite visitas pré agendadas no site

Cidade das Artes Bibi Ferreira

Cidade das Artes Bibi Ferreira

A Cidade das Artes é conhecida como o maior centro cultural do Rio de Janeiro, localizada a 36 minutos de viagem no BRT 50, com saída do metrô Jardim Oceânico. Desde 9 de dezembro de 2020, a Cidade das Artes recebeu o nome da atriz Bibi Ferreira (Abigail Izquierdo Ferreira), passando a se chamar Cidade das Artes Bibi Ferreira. 

O local de arquitetura particular abriga espaços para música, teatro, dança, artes plásticas, além de outras atividades culturais. Entre os espaços, estão a Grande Sala, o Teatro de Câmara, a sala Eletroacústica, as salas multiuso, a galeria, as salas de ensaio, entre outros pontos que servem como espaços de atividades de fomento à cultura

Você pode conferir a programação completa do Cidade das Artes no site e se organizar para um passeio delicioso em família ou entre amigos. 

É possível adquirir ingressos online ou no período de funcionamento do espaço.

Endereço: Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca

Horário de Funcionamento: Terça a domingo das 13h às 19h.

Informações adicionais: O espaço externo da Cidade funciona todos os dias entre 8h às 20h.

A Sala de Leitura funciona de terça a sexta, das 10h às 18h, e de sábado, das 12h às 18h.

A exposição Permanente Maquete de LEGO ocorre de quarta a domingo, das 10h às 17h.

As salas de eventos não ficam abertas para visitação.

Feira da Praça do Ó

A Feira da Praça do Ó, localizada a apenas 13 minutos de caminhada do metrô Jardim Oceânico, é um clássico para os moradores da Barra da Tijuca há mais de 35 anos. 

 A feira oferece uma enorme variedade de frutas, legumes e verduras, peixes, carnes e especiarias. É possível ainda encontrar barracas de flores e de itens de decoração.

Você pode aproveitar para visitar as barracas de café da manhã em um domingo ou até mesmo almoçar aquele pastelzinho de feira com caldo de cana na quinta!

Para divertir as crianças, é só levar um skate e dar uma passadinha na pista que fica no meio da Praça. Diversão garantida para a família toda!

Endereço: Praça São Perpétuo – Barra da Tijuca

Horário de Funcionamento: Quinta e domingo, a partir das 6h da manhã

Leia também: Já pensou em morar no Rio de Janeiro? Conheça os diferentes estilos de vida na Cidade Maravilhosa

More próximo ao Metrô Jardim Oceânico

Já pensou em morar próximo ao metrô Jardim Oceânico? Sem dúvidas, existem muitos motivos para se apaixonar pelo local, seja por sua praticidade, beleza ou também por seu fácil acesso aos principais meios de transporte do Rio.

Confira as sugestões de imóveis do QuintoAndar para você na região: 

Veja a localização ideal no site ou app, navegando pelo nosso mapa da cidade, e confira os melhores apartamentos e casas disponíveis para alugar ou comprar para você e sua família! 

Alugue sem complicação e sem fiador.
Alugue sem complicação e sem fiador. Encontre seu próximo lar