A Tijuca sempre fez parte da vida da antropóloga Carol Delgado. Nascida e criada no bairro, ela passou toda a infância, adolescência e uma parte da vida adulta nos arredores do Maracanã. E após uma temporada de quatro e anos e meio morando em São Paulo, não teve dúvidas do local onde procuraria apartamento pra alugar ao retornar pro Rio de Janeiro. E por ser uma tijucana convicta, ela foi convidada pelo QuintoAndar pra dar algumas dicas de seus lugares preferidos na região e sobre como é morar na Tijuca.

“Boa parte da minha família mora por aqui. E é uma parte da cidade que eu gosto demais. A Tijuca é um bairro que você pode descobrir todos os dias. É um lugar pra passear, pra resolver a vida. Tem uma oferta de transportes incrível. E é onde estou perto da minha família. Então, foi minha primeira opção quando voltei de São Paulo, foi morar na Tjuca”, conta a antropóloga.

Veja as aqui as opções de imóveis pra alugar pelo QuintoAndar na Tijuca e arredores

Prédio antigo e aconchegante

Carol mora com o filho em um apartamento numa região da Tijuca próxima do Maracanã, mais ou menos na mesma área onde nasceu e foi criada. E a escolha do local também convergiu com o tipo de imóvel onde ela se sente mais confortável.

“Eu gosto muito de construção antiga. Prédio de escada, sem portaria, sem garagem. Sempre morei em lugares assim, desde que saí da casa dos meus pais”, conta Carol.

Morar na Tijuca é ter muita oferta de transportes

Como trabalha dando aulas e fazendo consultorias, Carol precisa estar em um lugar com boa oferta de transportes. E morar na Tijuca, pela localização do apartamento que alugou, não poderia ser melhor.

“Moro muito perto de duas estações de metrô, que são Sans Peña e Maracanã. E tenho acesso a linhas de ônibus que vão tanto pro outro lado da Zona Norte quanto pro Centro e pra Zona Sul. Então, especialmente dentro dessa coisa do transporte, a Tijuca me contempla super bem”, finaliza a antropóloga.

Veja as dicas dos 5 lugares favoritos da tijucana Carol Delgado:

Livraria preferida

“Uma das paixões que herdei das mulheres da minha família foi a leitura. Os livros são parte de mim desde que me entendo por gente. Entrar numa livraria, pra mim, é entrar em outro tempo-espaço. Faço isso quando preciso de inspiração, quero respirar ou entro num projeto que traz novas abordagens. Sentar numa mesinha com café e bolo, folhear uma seleção de livros que vai de poesia à antropologia é uma das coisas que mais adoro fazer. E aqui na Tijuca tem a Livraria Casa Verde, um cantinho muito delícia pra amantes dos livros e pra quem busca um bocadinho de sossego. Fica perto do metrô, tem uma programação de cursos e atividades bem interessante e fica localizada numa rua tranquila, com cara de cidade do interior”.

Yoga 

“Por falar em maneiras de respirar, comecei a prática de yoga com a professora Mari Vidal, do Yoga Convida, e tô adorando. Ela tem uma abordagem bem democrática, ‘yoga para todos’, que foca na respiração e nas necessidades e limites do corpo de cada um. E além das aulas, no espaço na Tijuca, ela promove aulas especiais na Floresta da Tijuca, que são verdadeiras experiências de conexão, transformação e cura”.

Cantinho caseiro

“Na minha casa, mais especificamente na minha sala, há três anos e meio, funciona o Puxadinho. É um laboratório de pesquisa e escola livre de antropologia, que reúne mensalmente um grupo interessado em discussões críticas dos nossos tempos, em clubes do livro, pesquisas autorais, cursos e outras conversas”.  

Brechó

“Estender o ciclo das roupas sempre foi uma prática muito comum na minha família. Cresci rata de brechó e, hoje, mais de 80% do meu guarda-roupa é formado por peças garimpadas em bazares, trocas, brechós e heranças de família. A Tijuca tem um roteiro incrível pra quem curte esse garimpo. E um dos pontos fortes é o Breshow”.

Gastronomia tijucana

Aliás, comida é outro ponto fortíssimo da Tijuca. Comida boa, com clima de boteco, mesinha na calçada e novidades que vão desde chefs convidados a parcerias com eventos culturais do bairro são o rolé da Wursteria! Chega a ser injusto escolher os melhores bares e restaurantes do bairro, mas sem dúvida, a casa faz parte dessa lista! 

Veja outra dicas sobre o bairro e saiba como é morar na Tijuca.

+ Leia também:
Melhores bairros do Rio de Janeiro: conheça as melhores regiões para se morar na cidade

Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar
Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar Conheça aqui