Morar no Rio de Janeiro é conviver com diferentes estilos de vida dentro de uma mesma cidade. Da rica e cosmopolita Zona Sul à populosa e calorosa Zona Norte, passando pela extensa Zona Oeste e pela agitada e histórica Região Central, a Cidade Maravilhosa encanta ao mesmo tempo que desafia, tanto para cariocas da gema quanto para quem nela chega para morar.

Neste artigo, vamos falar um pouco sobre como é morar no Rio de Janeiro. Já pensou em se mudar para a cidade? Quem sabe depois dessa leitura você não se anima?

Navegue pelo conteúdo:

Sobre o Rio de Janeiro

Um dos destinos mais procurados do Brasil, tanto por turistas internacionais quanto nacionais, o Rio de Janeiro está longe de ser apenas um grande álbum com alguns dos principais cartões postais do país. 

Com um Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de 0,799, a Cidade Maravilhosa é a segunda maior metrópole brasileira, atrás apenas de São Paulo (SP), e tem mais de 6,7 milhões de habitantes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Além disso, a cidade registrou um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 354,981 bilhões em 2019, o segundo maior entre os municípios brasileiros, novamente atrás apenas da Capital Paulista.

Anuncie grátis para mais de 50 mil pessoas todos os dias.
Anuncie grátis para mais de 50 mil pessoas todos os dias. Crie seu anúncio agora

Destino Turístico

Quem é carioca e está acostumado a morar no Rio de Janeiro desde sempre já sabe que especialmente nos pontos tipicamente turísticos, encontrar conterrâneos é algo relativamente raro. O que não quer dizer, necessariamente, que o morador nascido e criado na cidade não os frequente.

Museu do Amanhã (Foto: Bruna Prado | MTUR)

Mas não tenha dúvidas, os lugares mais famosos e icônicos da cidade serão sempre uma Torre de Babel de diferentes nacionalidades e também de diferentes brasilidades. 

Alguns dos pontos turísticos principais da cidade são:

  • Cristo Redentor
  • Pão de Açúcar
  • Centro Histórico
  • Praia de Copacabana
  • Museu do Amanhã
  • Arcos da Lapa
  • Vista Chinesa
  • Confeitaria Colombo
  • Bondinho de Santa Tereza

Regiões do Rio de Janeiro

Zona Sul

Calçadão de Copacabana

Região mais rica e desenvolvida da cidade, a Zona Sul guarda alguns dos principais cartões postais da Cidade Maravilhosa, entre eles as praias mais famosas: Copacabana e Ipanema. 

Além disso, a região conta com alguns dos melhores bairros para quem deseja morar no Rio de Janeiro. Apesar de serem alguns dos mais caros. 

Com um Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) médio de 0.901, a Zona Sul do Rio de Janeiro está acima de São Caetano do Sul (0.863), município com maior IDHM do Brasil. E fica acima também do Distrito Federal (0.824), que lidera na comparação entre os estados brasileiros. Além de ficar muito acima da média da cidade do Rio de Janeiro (0.799). 

Zona Norte

A Zona Norte é uma região que guarda menos das belezas naturais da cidade, por estar do outro lado das montanhas que guardam as praias cariocas. Mas isso não quer dizer que não seja um local sem encantos. 

Seus bairros têm um custo de vida mais baixo do que os da Zona Sul e um estilo de vida diferente, que ainda guarda um pouco de um Rio de Janeiro mais antigo, com muitas casas, vizinhos que se conhecem e um maior senso de comunidade, apesar de ser a região mais populosa da cidade. 

Além disso, é uma localidade repleta de riquezas culturais e históricas do Rio de Janeiro. Berço das principais escolas de samba e onde estão alguns dos melhores botecos da cidade.

Zona Oeste

A Zona Oeste é a região que compreende mais de 70% do território do Rio de Janeiro (832 Km2). E é também a de menor densidade demográfica do município (3.125 Habitantes/Km2). E especialmente em seu principal e mais rico bairro, a Barra da Tijuca, vem crescendo muito nas últimas décadas. 

Ao longo de seu vasto território, a Zona Oeste abriga diferentes perfis e realidades entre seus bairros. 

Enquanto a Barra da Tijuca, rica e desenvolvida, segue a linha da Zona Sul – até por ser porta de entrada para quem chega daquela região – outros bairros como Bangu, Campo Grande, Santa Cruz e Realengo têm características mais industriais, enquanto Vargem Grande, Vargem Pequena e Guaratiba apresentam áreas até mesmo mais agrícolas.

Centro da cidade

A Região Central do Rio de Janeiro é um outro ponto muito querido pelos cariocas. Especialmente o Centro Histórico da cidade. 

A área é repleta de construções antigas, que datam do século XIX ou mesmo de épocas anteriores. E é praticamente um museu a céu aberto, com casas, sobrados e igrejas antigas mesclados com prédios altos e muito modernos do centro financeiro da cidade.

CCBB (à esq.) e Igreja da Candelária, no Centro da cidade (Foto: Bruna Prado | MTUR)

Custo de vida no Rio de Janeiro

Morar no Rio de Janeiro significa ter o custo de vida de uma grande metrópole. Em contrapartida, você tem acesso a uma infraestrutura que dificilmente vai encontrar, por exemplo, em uma cidade pequena. 

Para te ajudar a ter uma melhor noção sobre se a Cidade Maravilhosa cabe no seu bolso, listamos algumas das principais despesas que você deve considerar, caso esteja pensando em viver na região. 

Clique nos links abaixo para saber mais:

Ao longo deste artigo, vamos detalhar alguns desses segmentos que são fundamentais no dia a dia de qualquer pessoa.

+ Leia também:
Bairros mais seguros do Rio: conheça os melhores lugares da Cidade Maravilhosa

Transporte público

O transporte público no Rio de Janeiro tem características diferentes de acordo com a região da cidade. Todas são cobertas por linhas de ônibus, mas nem todos os bairros possuem outras opções, como Metrô, BRT ou trem.

Veja como é distribuído o transporte público na cidade do Rio de Janeiro.

Metrô

Em 2022, a tarifa do Metrô subiu de R$ 5,80 para R$ 6,50. A Região do Centro e a Zona Sul são muito bem servidas pelo transporte subterrâneo, que também atende algumas localidades da Zona Norte e da Zona Oeste

As linhas 1, 2 e 4 funcionam de segunda a sábado, das 5h à 0h; além de domingos e feriados, de 7h às 23h.

Clique aqui para fazer o baixar o mapa do Metrô Rio em PDF e veja abaixo todas as estações e os bairros onde elas estão localizadas:

Zona Norte

Linha 1

  • Uruguai (Tijuca)
  • Saes Peña (Tijuca)
  • São Francisco Xavier (Tijuca)
  • Afonso Pena (Tijuca)

Linha 2

  • Pavuna
  • Eng. Rubens Paiva
  • Acari/Fazenda Botafogo
  • Coelho Neto
  • Colégio
  • Irajá
  • Vicente de Carvalho
  • Tomaz Coelho
  • Engenho da Rainha
  • Inhaúma
  • Del Castilho
  • Maria da Graça
  • Triagem
  • Maracanã
  • São Cristóvão

Região Central

Linhas 1 e 2

  • Estácio
  • Cidade Nova
  • Praça Onze (Cidade Nova)
  • Central (Centro)
  • Presidente Vargas (Centro)
  • Uruguaiana (Centro)
  • Carioca (Centro)
  • Cinelândia (Centro)

Zona Sul

Linhas 1 e 2

  • Glória
  • Catete
  • Largo do Machado (Catete)
  • Flamengo
  • Botafogo

Linha 1

  • Cardeal Arcoverde (Copacabana)
  • Siqueira Campos (Copacabana)
  • Cantagalo (Copacabana)

Linhas 1 e 4

  • General Osório (Ipanema)
  • Nossa Senhora da Paz (Ipanema)
  • Jardim de Alah (Leblon)
  • Antero de Quental (Leblon)
  • São Conrado

Zona Oeste

Linha 4

  • Jardim Oceânico

Trem

O serviço de trens no Rio de Janeiro, operado pela Supervia, tem como principal ponto de chegada e partida a estação da Central do Brasil, famosa pelo filme que rendeu uma indicação ao Oscar para a atriz Fernanda Montenegro. De lá partem ramais que cobrem diversos bairros das Zonas Norte, Oeste e que passam ou terminam em cidades próximas, como Belford Roxo, Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Guapimirim ou Paracambi. 

Clique aqui ou na imagem para baixar em PDF o mapa com as estações e ramais da Supervia:

BRT

Já o Bus Rapid Transit, ou BRT, é outro meio de transporte muito usado pela população carioca. Especialmente por quem frequenta a Zona Oeste a trabalho e mora em outras regiões. 

O ônibus articulado transita por vias expressas e tem as seguintes linhas: 

  • TransCarioca: liga a Barra da Tijuca ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro
  • TransOeste: vai de Santa Cruz e Campo Grande ao Jardim Oceânico;
  • TransBrasil: ligará Deodoro ao Aeroporto Santos Dumont através da Avenida Brasil, com obras previstas para serem concluídas até o fim de 2022;
  • TransOlímpica: vai da Vila Militar ao Recreio dos Bandeirantes.

Comércio e serviços

Como qualquer cidade grande com milhões de habitantes, o Rio de Janeiro é uma cidade muito bem servida de comércio e serviços. As características dos estabelecimentos variam muito de acordo com as regiões. 

As Zonas Norte e Sul, a região Central e uma parte da Zona Oeste, por exemplo, são localidades com muitas opções de comércio voltado para a rua, como lojas das mais diversas e pequenos mercados, apesar de também contarem com alguns dos principais shoppings da cidade.

Já região da Barra da Tijuca tem uma característica própria, com grandes avenidas, que privilegiam grandes shoppings, hipermercados e centros comerciais. 

Clique nos links abaixo e veja abaixo algumas das principais opções de comércio do Rio de Janeiro:

Educação

De acordo com o IBGE, o Rio de Janeiro tem uma taxa de escolarização de 96,9% em crianças e adolescentes dos 6 a 14 anos de idade. Ainda segundo o instituto, a cidade tem cerca de 66.432 professores para cerca de 1,2 milhão de alunos.

E além de importantes instituições públicas da Educação Básica, que cobre desde a Educação Infantil até o Ensino Médio, entre municipais, estaduais e federais, a cidade conta com uma ampla rede de escolas na rede privada. 

Em parceria com o portal SchoolAdvisor, fizemos uma lista das melhores escolas particulares do Rio de Janeiro. Clique no link e conheça as principais instituições de ensino da cidade. 

Universidades

Além da Educação Básica, morar no Rio de Janeiro é ter acesso a um dos mais importantes polos universitários do Brasil, com instituições públicas e privadas importantes como, entre outras:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ)
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio)
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO)
  • Instituto Militar de Engenharia (IME)

+ Leia também:
Conheça os melhores bairros próximos das universidades no Rio de Janeiro

Opções de lazer

Se tem uma coisa que a possibilidade de morar no Rio de Janeiro oferece a seus moradores, como poucas cidades no mundo, é uma gama extremamente variada de opções de lazer. 

De museus e centros culturais a programas gastronômicos, ao ar livre e vida noturna, uma pessoa que mora no Rio de Janeiro pode tranquilamente escolher uma opção de lazer por dia e não irá repetir nada ao longo dos 365 dias de um ano. 

Veja algumas das coisas que o Rio de Janeiro tem para oferecer de melhor a seus moradores. 

Belezas naturais

Parques

Conhecido mundialmente por suas praias, o Rio de Janeiro também conta com muitas áreas verdes, entre parques e praças, e unidades de conservação que estão entre as maiores florestas urbanas do mundo.

Clique nos links abaixo e conheça algumas das principais áreas de lazer ao ar livre e perto da natureza para os cariocas e demais moradores do Rio de Janeiro:

Praias do Rio

Muito da identidade dos cariocas, especialmente daqueles que vivem nos bairros da Zona Sul, está ligado ao estilo de vida praiano. Desde o lazer de se estar na areia e curtindo a água do mar até o hábito de se fazer atividades físicas na orla, as praias do Rio são pontos que atraem não apenas turistas de todo o mundo, mas também cariocas de todos os bairros da cidade. 

Clique nos links abaixo para conhecer um pouco mais sobre algumas das principais praias do Rio de Janeiro:

Vida noturna e gastronomia

E se você não gosta muito do contato com a natureza, não tenha dúvidas: morar no Rio de Janeiro também significa conseguir preencher os 365 dias de um ano somente curtindo a noite ou a gastronomia em bares e restaurantes da cidade. 

Quer saber o que fazer no Rio de Janeiro à noite? Então clique nos links abaixo e veja algumas dicas valiosas:

Morar no Rio de Janeiro: encontre o seu lar ideal na Cidade Maravilhosa?

E aí, deu para ter um gostinho sobre como é morar no Rio de Janeiro? Pois não se engane: se você já esteve na cidade como turista, saiba que a experiência de morar é algo totalmente diferente. Mas uma coisa é certa: basta trocar ideia com cariocas e perceber que o bom humor e a descontração do povo da cidade são, no mínimo, bons indicativos de um lugar legal de se viver.

O QuintoAndar oferece diversos imóveis, entre casas e apartamentos, para você  alugar ou comprar no Rio de Janeiro. Que tal dar uma olhada e ver se encontra o seu próximo lar na Cidade Maravilhosa? 
Você pode aproveitar nossos mais de 70 filtros para facilitar ainda mais na pesquisa e encontrar aquele imóvel que é mais a sua cara!