A escassez de água é uma preocupação comum e cada vez mais discutida nas pautas ambientais do dia a dia, não é mesmo? Especialistas do assunto indicam diversas soluções para a crise hídrica no mundo e, uma delas, está relacionada ao armazenamento de água. E quando pensamos em abastecimento, logo pensamos em uma cisterna. Mas, afinal, você sabe o que é uma cisterna?

Navegue pelo conteúdo:

O que é uma cisterna?

Basicamente, uma cisterna é uma estrutura que serve para armazenar água da chuva, de reuso e também a água encanada servida pelo serviço público. Sendo assim, um prédio ou uma casa pode reaproveitar essa água no momento em que for necessário. 

Ou seja, ao instalar uma cisterna em uma casa, você garante um sistema automático de abastecimento de água. De tal forma que, se o sistema municipal de abastecimento de água implementar medidas de racionamento, houver falta ou as tubulações falharem por qualquer motivo, os moradores não ficarão sem água – seja para tomar banho, lavar louça etc.

Por que é importante ter uma cisterna?

Como mencionamos acima, a água é um recurso natural que, assim como todos os outros, não é infinito. O abastecimento para todas as pessoas em áreas povoadas está se tornando um desafio. Não é raro ouvir que há bairros onde o abastecimento não está disponível durante todo o dia, seja porque tem horários específicos ou porque é irregular e acaba por falhas.

Nesse caso, uma pessoa pode ficar sem água no meio do banho com xampu no cabelo, sem água para lavar e limpar, ou mesmo para beber. Em casos mais extremos, a água pode ficar ausente por vários dias. 

Desta forma, armazenar água torna-se uma necessidade. Uma cisterna de tamanho adequado poderia fornecer água a uma família por vários dias. Mas não é algo exclusivamente para residências, pode ser igualmente útil para escritórios e empresas de todos os tipos também.

Quais são os tipos e tamanhos das cisternas?

Bom, se você está pensando em colocar uma cisterna na sua casa ou sugerir como uma opção no seu condomínio, existem alguns pontos importantes que é necessário saber.

O primeiro é referente às cisternas que estão no subsolo ou no nível do solo. Esses modelos subterrâneos podem ser feitos de concreto no momento da construção da casa ou enterrar um pré-fabricado (uma opção mais fácil e versátil).

Esse modelo, mesmo que antigo, ainda é usado nos dias atuais, entretanto, necessita de cuidados. Cisternas não seladas podem representar um perigo. Pequenos roedores podem entrar, se afogar e seus corpos em decomposição podem ameaçar a qualidade da água. 

Além disso, se uma cisterna estiver danificada ou vazar, a água pode inundar o porão ou a sala onde a cisterna está localizada. Cisternas em porões, que sofrem mudanças de temperatura, podem contribuir para problemas de umidade, causando podridão ou mofo nas vigas ou no piso.

As cisternas mais recomendadas são as modernas. Elas são feitas de um tipo de plástico e são independentes, podendo ser colocadas em um porão ou sótão, ou enterradas no subsolo. Algumas cisternas são colocadas em alturas elevadas para fornecer melhor pressão da água. Além do mais, elas possuem uma ampla variedade de tamanhos, são menos propensos a falhas, fáceis de limpar e mais acessíveis.

É importante certificar-se de que a cisterna que será escolhida para ser colocada no solo seja resistente aos raios UV, impedindo a passagem dos raios solares.

Quanto ao tamanho, isso vai depender do número de pessoas que utilizarão o abastecimento de água. Por exemplo, uma cisterna de 1.700 litros é suficiente para abastecer 5 pessoas, enquanto uma de 10.000 litros poderá atender até 35 pessoas.

Mas reafirmamos mais uma vez, é sempre recomendável ter uma cisterna tanto para responder a dificuldades de abastecimento, quanto para prevenir qualquer eventualidade.

Como funciona a cisterna que armazena água do serviço público?

Engana-se quem pensa que as cisternas são destinadas apenas para armazenar a água da chuva. Não é isso! As cisternas modernas foram pensadas para armazenar a água que está sendo fornecida pelo serviço público da cidade. 

Esses modelos são equipados com camadas antibacterianas e uma tampa de clique com fechamento perfeito. São mais resistentes e incluem nervuras de reforço. Fabricadas em peça única, não apresentam vazamentos, nem geram odor ou sabor à água armazenada. 

Os novos modelos de cisternas são fáceis de transportar e vêm equipadas com acessórios de alta qualidade. Eles são fáceis de instalar, não são necessárias ferramentas especializadas e seus materiais e design garantem eficiência e longa vida útil. Além disso, esses tipos de cisternas estão disponíveis em diferentes capacidades: 1.200, 2.800 e 1.000 litros.

O seu funcionamento consiste em: a água vem da torneira municipal e está ligada à torneira da casa. Para determinar a quantidade de água que entra na casa, são utilizados medidores, que ficam localizados imediatamente após a válvula que permite a entrada na tomada da casa. De lá, a água é canalizada para a cisterna, que geralmente é enterrada. O tanque é abastecido através de uma válvula de enchimento, que possui uma bóia em sua extremidade. 

A bóia é um dispositivo composto por três partes: um balão, geralmente de plástico, e que é oco por dentro. Este balão é fixado a uma haste e na sua outra extremidade possui um obturador. A função do flutuador é subir junto com a superfície da água para que, ao atingir o nível desejado, a persiana feche o bico de enchimento da cisterna. Desta forma, o líquido não derrama. Para aproveitar a água da cisterna, ela é bombeada e distribuída para as torneiras superiores da casa.

Cuide do seu lar, a gente cuida da burocracia

Agora que você já sabe o que é uma cisterna e qual é a importância dela, principalmente nesse momento de crise hídrica, que tal continuar o aprendizado sobre os cuidados que devemos ter com o nosso lar? Aqui no MeuLugar, temos diversos conteúdos com dicas especiais para quem deseja cuidar ou decorar o seu lar.

Encontre um cantinho só seu e saiba desde o começo quanto vai gastar.
Encontre um cantinho só seu e saiba desde o começo quanto vai gastar. Comece agora

Já para quem está pensando em encontrar um novo espaço para viver, o QuintoAndar está aqui para te ajudar. Somos a maior plataforma de moradia da América Latina e todo o nosso processo de compra ou locação de imóvel é feito de forma rápida, online e totalmente desburocratizada. Aproveite para usar os nossos mais de 70 filtros para refinar a sua pesquisa pelo seu novo lar ideal!