Como não se encantar com as belezas de Fortaleza diante de tanta biodiversidade na região? Isso porque apesar de 88% do Ceará ser coberto pela Caatinga, há pontos na capital onde a natureza combina paisagens surpreendentes. Algumas delas, inclusive, em meio ao clima urbano, o que faz do convívio com os parques em Fortaleza uma fonte de qualidade de vida para os moradores da cidade.

Áreas verdes em Fortaleza

Atualmente, as áreas verdes urbanizadas em Fortaleza chegam a 18 m2 por habitante, 6m2 a mais do que o recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Esse número está relacionado ao combinado de melhores práticas e iniciativas de preservação em unidades de conservação, bem como a implantação de corredores cicloviários verdes e micro parques urbanos, como realiza o programa Fortaleza Mais Verde.

Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar
Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar Conheça aqui

Parques Municipais em Fortaleza

Quem busca por lazer e contemplação junto à natureza no dia a dia pode aproveitar pelo menos 25 parques urbanos na cidade de Fortaleza. Distribuídos em diversos pontos da Região Metropolitana, os parques fazem parte da chamada Macrozona de Proteção Ambiental, definida pelo planejamento urbanístico do Plano Diretor Participativo de Fortaleza.

Parque Cidade da Criança

Um dos mais antigos da cidade, o Parque Cidade da Criança passou recentemente por reformas. Com 27 mil m2, o espaço conta com um circuito de sete ilhas pedagógicas e diversos brinquedos para os pequenos. Localizado no Centro de Fortaleza, começou a ser construído no ano de 1890 e foi inaugurado em 1902, quando era chamado Parque da Liberdade, em referência aos escravizados libertos.

Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, 922 – Centro
Funcionamento: Segunda a sexta, das 7h às 18h

Seu inquilino não pagou? O QuintoAndar depositou.
Seu inquilino não pagou? O QuintoAndar depositou. Saiba mais

Parque Linear Rachel de Queiroz

Já em vias de entregar a primeira fase do projeto, o Parque Linear Rachel de Queiroz, no bairro Presidente Kennedy, conta com 10 km de extensão e cerca de 200 hectares.

Localizado na Região Oeste, ele contará com espaço para corridas, quadras esportivas e equipamentos para atividades físicas, playground, bicicletário, viveiros de mudas e mobiliário urbano diverso.

Outros parques municipais

Apesar de nem todos os parques possuírem equipamentos, as áreas são uma oportunidade para manter vivo o contato com a natureza na cidade. Além destes que falamos anteriormente, outros parques em Fortaleza são:

  • Bosque Presidente Geisel
  • Parque Arquiteto Otacílio Teixeira Neto (Bisão)
  • Parque das Iguanas
  • Parque Linear Adahil Barreto
  • Parque Linear do Parreão
  • Parque Linear do Riacho Maceió
  • Parque Linear do Riacho Pajeú
  • Parque Urbano Rio Branco
  • Parque Urbano do Sítio Tunga
  • Parque Urbano da Lagoa da Parangaba
  • Parque Urbano da Lagoa do Papicu
  • Parque Urbano da Lagoa do Porangabussu
  • Parque Urbano da Lagoa da Itaperaoba
  • Parque Urbano da Lagoa da Maraponga
  • Parque Urbano da Lagoa da Sapiranga
  • Parque Urbano da Lagoa da Viúva
  • Parque Urbano da Lagoa de Maria Vieira
  • Parque Urbano da Lagoa do Catão
  • Parque Urbano da Lagoa do Mondubim
  • Parque Urbano da Lagoa do Opaia
  • Parque Urbano da Lagoa Redonda
  • Parque Urbano do Lago Jacarey
  • Parque Urbano Jornalista Demócrito Dummar (Lagoa de Messejana)

Parques Estaduais em Fortaleza

Parque Estadual do Cocó

Dono da maior área verde da cidade, o Parque Estadual Do Cocó é considerado um dos maiores parques urbanos da América Latina, além de um dos principais refúgios dos moradores e turistas de passagem pelo bairro Cocó, área nobre ao leste de Fortaleza.

(Foto: Secretaria Estadual do Meio Ambiente)

Para você ter uma ideia da importância do lugar, a área estimada em 1.512,30 hectares protege apenas parte do mangue no território cearense. No Ceará, o bioma – que é um dos mais ameaçados do Brasil – chega a ocupar 19.518,21 hectares, ou 1,4% do total no país.

E assim o mangue ocorre em regiões de encontros do mar, como com os rios Ceará e Cocó, que cortam a Região Metropolitana de Fortaleza. Graças à preservação de áreas como o Parque Estadual Do Cocó, os manguezais resistem ao aglomerado urbano de uma das capitais costeiras em amplo desenvolvimento no Brasil.

Por essas e outras razões fica fácil entender o porquê de aproveitar ao máximo a infraestrutura do espaço. Em contato com a natureza, é possível fazer diversas atividades de lazer ao ar livre, como corridas, massoterapia, arvorismo, tirolesa, slackline e mais.

Já para ver o mangue de pertinho, que tal uma visita guiada pela trilha ou um passeio de barco na travessia do rio? O manguezal do rio Cocó proporciona ainda a possibilidade do encontro com espécies de moluscos, crustáceos, peixes, répteis, aves e mamíferos. 

Endereço: Av. Padre Antônio Tomás, s/n – Cocó
Telefone: (85) 3234-3574
Funcionamento: Diariamente, das 5h30 às 22h

Agora, outras unidades ambientais federais de conservação ainda na cidade são:

  • Área de Proteção Ambiental da Sabiaguaba
  • Área de Proteção Ambiental do Estuário do Rio Ceará
  • Área de Proteção Ambiental do Rio Pacoti
  • Área de Relevante Interesse Ecológico do Sítio Curió
  • Área de Relevante Interesse Ecológico do Cambeba
  • Parque Ecológico da Lagoa da Maraponga
  • Parque Natural Municipal das Dunas de Sabiaguaba

Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio

Saindo das terras do continente está a única unidade de conservação submersa do Ceará, o Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio, que chega a 3.320 hectares e fica a 10 milhas náuticas (cerca de 18 km) do Porto de Mucuripe. A área tem uma profundidade que varia de 17 a 30 metros.

De águas mornas com temperaturas que variam entre 27º e 29ºC, o parque se destaca pela qualidade e quantidade de vida marinha. Nesse ponto, a visibilidade debaixo d’água é considerada caribenha, facilitando o encontro do refúgio biológico com recifes de corais e espécies marinhas, como peixes, golfinhos e tartarugas, algumas ameaçadas de extinção. 

Preservando espécies e tradições culturais, é por conta dos antigos jangadeiros que navegavam pela região que o parque recebe o nome. Eles chamavam de “riscas” as formações rochosas submersas onde se fixam microrganismos, batizando os pontos de pesca em Risca do Mar, Risca do Meio e Risca de Terra.

Mas se quiser conhecer as belezas marinhas, saiba que mergulhar nesse parque não é tão simples assim. É necessária autorização prévia junto à Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) já que todos os pontos de concentração de fauna e flora marinha ficam submersos.

Turismo Subaquático em Fortaleza

Considerando a sensibilidade e a necessidade de preservação da área, está aí mais uma razão para que as práticas de turismo subaquático sejam feitas com as instruções de mergulho adequadas.

Por essas e outras razões a Capitania dos Portos do Ceará monitora as atividades no local, em parceria com a Atlântida Esporte & Aventura, permitindo apenas mergulhar e trafegar com qualquer tipo de embarcação; pesca artesanal e esportiva (apenas linha e anzol) e coletas para fins científicos de pesquisa.

Para a autorização, você deve preencher um requerimento no site da SEMACE, apresentando documentos de identificação (pessoa física/jurídica),  além de um ofício ou projeto detalhando a atividade que será realizada no parque marinho.

As saídas devem ser feitas pelas operadoras credenciadas para a prática de Mergulho Autônomo (SCUBA) contemplativo e pesca artesanal esportiva. Em cerca de 50 minutos partindo do Porto do Mucuripe você chegará à área do Parque Marinho.

Próximo a Fortaleza

Engenhoca Parque

Procurando por diversão a poucos quilômetros de Fortaleza? O Engenhoca Parque está localizado a 15 km de distância, no município de Aquiraz. O espaço de 40 mil m2 oferece mais de 30 atrações para todas as idades, como trilhas ecológicas, arvorismo, tirolesas, playground, caiaque, bola d’água, slackline, pescaria e muito mais.

No local também funciona um espaço gastronômico que serve pratos da culinária contemporânea com requintes e temperos tradicionais, o Moenda Restô. Mas além da natureza, o Engenhoca proporciona uma viagem pela história da região.

É que o complexo do parque foi construído em uma área histórica onde ficava a antiga sede da fábrica da cachaça regional Colonial. Quem reconta parte das origens do ciclo da cana de açúcar no Ceará são as relíquias do Museu do Engenho Colonial da década de 1920, a partir de peças de maquinaria, documentos e produtos da época.

Os ingressos podem ser adquiridos em combos por preços que variam entre R$ 17 (meia entrada) a R$ 302 (para quatro pessoas).

Endereço: Rua Raimundo Coelho 200 – Centro – Aquiraz
Telefone: (85) 3361.1010
Funcionamento: Sexta a domingo e feriados, das 10h30 às 17h

Que tal escolher um lugar na vizinhança de algum dos melhores parques em Fortaleza?

Os parques em Fortaleza são ótimas opções de lazer para quem não quer cair no óbvio, apesar de delicioso, roteiro das praias da cidade. E aqui no QuintoAndar, a gente oferece muitas opções para quem está de mudança e busca imóveis para alugar na cidade. 
Caso você queira morar perto de um dos parques em Fortaleza, a gente tem uma dica imperdível para te dar: use os mais de 70 filtros diferentes de pesquisa de nossa plataforma para refinar a sua busca e encontrar o imóvel ideal no lugar mais próximo possível do seu parque preferido na cidade.