Pintura em imóvel alugado: designer de interiores dá dicas sobre o uso das cores

“Usar as cores dentro de um imóvel alugado é super importante pra você se sentir bem”

Pintura em imóvel alugado: designer de interiores dá dicas sobre o uso das cores

Na última matéria da série com dicas da designer de interiores Erika Karpuk, vamos falar sobre os pequenos toques que um inquilino pode dar ao lugar onde mora pra se sentir em casa. E usar a pintura em imóvel alugado, com cores diferentes, é uma das melhores formas de deixar o ambiente com a cara do morador. Não apenas nas paredes, mas também no teto, portas, janelas e no que mais der na telha.

+ Leia também:
Dicas de decoração para quarto de menino e menina compartilhado

Pintura em imóvel alugado

“Muita gente evita a pintura em imóvel alugado com cores diferentes. Pois fica pensando que vai ter que voltar com a cor original. Mas uma dica que eu dou é que a pessoa já guarde um dinheirinho, sabendo que vai ter que investir pra repintar. E que não deixe de usar a cor ao seu favor. Afinal, o imóvel é seu enquanto você estiver usando. As pessoas ficam com preguiça e ficam vivendo entre paredes brancas só porque daqui a trinta meses, se não renovarem o contrato, terão que devolver o imóvel”, diz Erika.

Designer de interiores há 23 anos, Erika se mudou pra uma casa alugada em Santo André (SP), junto com o casal de filhos pequenos, há alguns anos, logo após um divórcio. Na época, não se intimidou com o estado do imóvel, que não era dos melhores, e costuma dizer: “enquanto eu curava essa casa, ela me curava, também”.

+ Leia também:
– Aprenda a fazer um lustre com copos americanos

Erika registrou boa parte da reforma e da decoração – que inclui muitos projetos de DIY (“Do it yourself” ou “Faça você mesmo”) – em seu canal no Youtube, que tem mais de 180 mil inscritos e já ultrapassou 10 milhões de visualizações em seus vídeos. 

Não perfeição

No caso da pintura em imóvel alugado, Erika tem uma regra: 

“Eu acho que antes de a parede ser perfeita, se a cor dela estiver bonita, já faz uma diferença. Eu prego a não perfeição. Acho que o importante é focar no bem-estar. E usar as cores dentro de um imóvel alugado é super importante pra você se sentir bem. Se sentir em casa”, diz a designer de interiores.

Escolha das cores

Como todo bom profissional do ramo, Erika tem à mão, em casa, um catálogo de cores, algo que a maioria das pessoas não têm. Essa ferramenta é fundamental pra você escolher a cor que mais tem a ver com o seu ambiente. E você certamente vai encontrá-la em qualquer loja de tintas ou material de construção. 

Além disso, Erika dá uma dica importante:

“A minha sugestão é que você compre latinhas menores. Pra poder fazer um teste de cor antes de investir numa lata grande. Imagina se você compra uma cor que você não gosta?”, diz Erika.

+ Leia também:
Como fazer uma estante de caixotes de madeira

Portas e janelas

Nas portas e janelas da casa, que já tinham a cor azul, Erika decidiu manter a mesma cor. O que acabou sendo, inclusive, um fator de economia. Sem contar o fato de que ela já curtia essa cor.

“As pessoas não dão muito valor às portas e janelas. Mas eu faço ao contrário. E eu gosto de pintar portas com azul. Em outro apartamento que eu morava eu já fiz isso. No caso das portas e janelas aqui de casa, eu pintei por cima da pintura antiga. E, pra isso, usei a tinta esmalte, pois ela fixa melhor”, conta Erika, que da uma dica importante: “se for usar branco nas portas, procure usar um branco off-white, que puxa mais pro acinzentado. É o que chamam de cor gelo. O branco zero-zero, que é o branco total, não é uma boa porque, com o tempo, vai ficando amarelado”.

Está em busca de um imóvel pra alugar? Então baixe o aplicativo ou entre no site do QuintoAndar e faça tudo online, de forma rápida e prática.

Fique por dentro! Receba nossa newsletter com conteúdos inspiradores toda semana
account_circle
mail_outline