Parte da Região Metropolitana de Florianópolis, a cidade de Palhoça está localizada no continente, do outro lado da Baía Sul que banha a Ilha de Santa Catarina, onde fica grande parte da Capital Catarinense. Repleta das belezas naturais da Mata Atlântica, o município fica entre o litoral e a região serrana do estado. A cidade é rica em natureza, com ilhas, rios, cachoeiras e morros com lindas vistas. Mas as praias de Palhoça são atrações à parte e excelentes opções de lazer para quem mora em Floripa. É sobre elas que vamos falar neste artigo.

Navegue pelo conteúdo:

Sobre Palhoça

Com população estimada em 2021 de 178.679 habitantes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Palhoça tem um território de 395.133 Km2 e está separada de Florianópolis pela baía e, mais ao norte, no continente, pela cidade de São José, que faz fronteira com a capital de Santa Catarina. 

Apesar de uma baía de distância, os centros das cidades de Palhoça e de Florianópolis, pelo continente, estão separados por apenas 20 Km. 

Por conta das belezas naturais, a cidade tem um grande potencial turístico, tanto por suas praias quanto por dar acesso à área aberta à visitação do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, que é muito frequentada pelos moradores de Florianópolis.

Alugue sem complicação e sem fiador.
Alugue sem complicação e sem fiador. Encontre seu próximo lar

Praias de Palhoça

Agora que você sabe um pouco mais sobre a cidade, que tal conhecer as praias de Palhoça? Vamos seguir a orla e descer desde a praia mais central até a mais afastada ao sul, no limite com o município de Paulo Lopes, que é justamente a mais famosa da região, uma das melhores do Brasil. Quer saber qual é? Então siga aqui com a gente!

Praia do Tomé

É a praia mais próxima do Centro da cidade e está localizada no bairro Barra do Aririú. E apesar de pouco explorada e de ser cercada de mata nativa, tem uma boa oferta de bares e restaurantes, onde se pode comer  petiscos de frente para uma paisagem paradisíaca: praia com água verde cristalina, sem ondas e uma estreita faixa de areia. 

Enseada de Brito

Descendo um pouco mais, você chega à Enseada de Brito, que foi fundada em 1.650 e hoje é um pequeno distrito ao sul de Palhoça. Em seu Centrinho, predominam a arquitetura e a cultura dos portugueses açorianos, com casas centenárias. É um vilarejo pacato de pescadores, com aquele clima de cidade litorânea pequena.

Casario com arquitetura açoriana no Centrinho da Enseada de Brito

Cheia de barcos de pesca, a região também é repleta de locais de cultivo e venda de mariscos e ostras. A praia conta com uma faixa de areia dourada e águas tranquilas e claras –  muito propícias para a prática de caiaque, jet ski e stand-up paddle

Praia de Pedras Altas

Delimitada por formações rochosas, mais ao sul do vilarejo de Enseada de Brito, a Praia de Pedras Altas tem um mar calmo, sem ondas, e é cercada por vegetação. A combinação torna a região, que faz parte da Reserva Biológica da Serra do Tabuleiro, muito reservada. 

Inclusive, a Praia de Pedras Altas é uma das oito praias oficiais no Brasil indicadas para a prática do naturismo, de acordo com a Federação Brasileira de Naturismo. O acesso à praia se dá a 30 Km de Florianópolis, pela BR 101, na altura do Km 232, na altura da Enseada de Brito. 

Praia de Araçatuba

A Praia de Araçatuba é um recanto paradisíaco de uma vila de mesmo nome, que está localizada junto à foz do rio Maciambu, a 17 Km ao sul da Praia de Pedras Altas. Cercada por mata nativa preservada, a praia tem uma faixa estreita de areia e mar tranquilo, com águas cristalinas.

Praia do Sonho

Uma das mais belas e cultuadas praias de Palhoça, a Praia do Sonho faz juz ao nome, pois oferece paisagens de tirar o fôlego, com uma água de um azul cristalino e calmo, em especial na parte mais ao sul.

A praia está localizada de frente para o extremo sul da ilha de Florianópolis, que fica do outro lado da baía, onde se avista o Farol e a Praia de Naufragados, na Capital Catarinense, e ainda,a ilha onde está localizada a Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição de Araçatuba.

Também mais ao sul, onde se forma uma pequena baía, a Praia do Sonho está ligada por uma estreita faixa de areia à Praia da Ponta do Papagaio, que você vai conhecer melhor nos próximos tópicos. 

Enseada da Pinheira

Com cerca de 7 Km de extensão, a Enseada da Pinheira começa na Ponta do Papagaio e termina na Ponta das Andorinhas. E, no meio dessa orla, estão algumas das principais praias de Palhoça.

Praia da Ponta do Papagaio

Como já vimos, a Praia da Ponta do Papagaio está ligada à Praia do Sonho por uma estreita faixa de areia, ou península, que liga o território continental à Ilha dos Papagaios Grande. Próxima dela, já mais para dentro do oceano, está a Ilha dos Papagaios Pequena, um lugar paradisíaco que conta com uma pousada. 

Primeira praia no sentido norte/sul da Enseada da Pinheira, no canto esquerdo de quem está de frente para o mar, a Praia da Ponta do Papagaio tem uma faixa de areia larga e água limpa, gelada e calma, ideal para a prática de esportes aquáticos. 

Península que liga o continente à Ilha dos Papagaios Grande (ao fundo). À esquerda você vê a Praia do Sonho. E à direita a Praia da Ponta do Papagaio
Praia do Meio (ou Mar Aberto) e Mar Azul

No meio da faixa de 7 Km de extensão da Enseada da Pinheira, mais adentro no continente, estão outras duas praias: Praia do Meio – que vem na sequência da Praia da Ponta do Papagaio – e Mar Azul. Ambas são tranquilas e possuem menos imóveis de frente para o mar, e possuem amplos espaços preservados de restinga. 

Praia de Baixo

No lado oposto à Praia da Ponta do Papagaio estão as praias de Baixo e de Cima. A primeira delas é a mais movimentada de todas, pois é onde está a maior infraestrutura da região, com bares, restaurantes, mercados, lojas diversas e outros pontos de comércio e serviços.

Praia de Cima
Praia de Cima

Um capítulo à parte na região, a Praia de Cima está separada da Praia de Baixo por um pequeno maciço chamado Ponta da Velha Alexandra e compreende uma faixa de areia de cerca de 600m que vai até a Ponta das Andorinhas, no ponto mais ao sul da da Enseada da Pinheira.

A Praia de Cima tem uma faixa de areia larga e o mar é azul e muito tranquilo. No final da praia, fica a Ponta das Andorinhas, em um costão que divide a Enseada da Pinheira do início da região onde está a mais famosa das praias de Palhoça, que você verá daqui a pouco. 

Antes desse costão, pela rua Manoel Martins, você tem acesso a uma  trilha que, em cerca de 40 minutos de caminhada, te leva a outra atração paradisíaca.

Guarda do Embaú

Enfim, chegamos à Guarda do Embaú, localizada a apenas 36 km do Centro de Palhoça — e a 56 km do Centro de Florianópolis. 

A região tem uma das melhores e mais famosas praias não apenas de Palhoça ou de Santa Catarina, mas também do Brasil. Essa, certamente, você ouviu falar não é mesmo?

Praia do Maço
Praia do Maço

A Praia do Maço fica entre dois morros que formam uma baía, no chamado Vale da Utopia. Um desses morros é o que mencionamos, com a trilha que leva o nome do vale e que tem origem na Praia de Cima. 

Pequena e rústica, com muitas rochas à beira da água e pouco espaço de areia, a Praia do Maço tem pouca infraestrutura, com apenas  um bar, mas possui uma beleza natural incomparável e está entre as mais belas praias de Palhoça.

Além da Trilha do Vale da Utopia, a Praia do Maço também pode ser acessada por quem vem do sul, em uma trilha um pouco maior, com cerca de 3 Km, com origem na Prainha, nossa próxima atração. 

Prainha

A Prainha é um recanto onde só é possível chegar por trilha. Além do caminho para quem sai da Praia do Maço, há duas opções de trilha para quem está mais ao sul, ambas com a mesma origem, na rua Cândida Maria dos Santos, no Centrinho da Guarda do Embaú. 

Uma delas, a mais curta, passa pelo meio da mata. A segunda, contorna todo o costão, possibilitando uma constante visão do mar durante a caminhada. 

Seja qual for o caminho, o que se encontra na Prainha é um verdadeiro paraíso cercado por mata nativa, uma ampla faixa de areia e ondas que atraem muitos surfistas. 

Praia da Guarda do Embaú
O mar, o Rio da Madre e o encontro dos dois na Praia da Guarda do Embaú

A Praia da Guarda do Embaú fica na divisa entre Palhoça e o município vizinho, Paulo Lopes. Também muito frequentada por surfistas, ela tem em seu Centrinho muitos bares, restaurantes, lojas e pousadas espalhadas por ruas tranquilas e bem cuidadas. 

Além disso, a Praia da Guarda do Embaú tem uma particularidade: para chegar à faixa de areia é preciso atravessar o Rio da Madre. E a forma mais fácil de fazer isso é contratando um dos muitos barqueiros que ficam à beira do rio e que costumam cobrar R$ 4 por  trecho. 

Pedra do Urubu

Um dos passeios preferidos para quem visita a Guarda do Embaú é a Trilha da Pedra do Urubu, uma caminhada de nível fácil, que leva entre 20 e 30 minutos a pé. 

Do alto da pedra, a vista é das mais deslumbrantes. É possível ver a Prainha, toda a faixa de areia da Praia da Guarda do Embaú e o encontro das águas do Rio da Madre com o mar. 

Quer ter acesso às praias de Palhoça todo fim de semana? Então, que tal morar em Florianópolis?

As praias de Florianópolis, certamente, são belas e atrativas o suficiente para quem vive na cidade. Mas se você quer morar com toda a infraestrutura da Capital Catarinense e frequentar regiões próximas e de natureza quase intocada, as praias de Palhoça são excelentes opções.

Está em busca de um novo lar em Florianópolis? Então conte com o QuintoAndar para te ajudar! Em nossa plataforma digital, é possível buscar imóveis para alugar de forma rápida e fácil. Basta usar os nossos mais de 70 filtros diferentes para refinar a sua pesquisa e encontrar aquela casa ou apartamento que tenha a sua cara e no local que você deseja.