Espalhadas entre as Zonas Sul e Oeste da Cidade Maravilhosa, as praias do Rio de Janeiro revelam parte da magia que é inspiração não só nas canções icônicas de Vinícius de Moraes e Tom Jobim, mas também no dia a dia de quem mora ou apenas passeia pela região. 

Com tantas opções para o lazer em meio à natureza e em proximidade com áreas urbanas – muitas delas localizadas nos bairros mais seguros do Rio de Janeiro -, listamos algumas das principais praias cariocas que se destacam não apenas pelas belezas naturais, mas pelas opções de serviços e lazer para os moradores e frequentadores.

Balneabilidade das praias do Rio de Janeiro

O Instituto Estadual do Ambiente (INEA) é o órgão responsável por monitorar e divulgar regularmente a balneabilidade, ou a qualidade de suas águas, no Rio de Janeiro. Por conta das eventuais condições da maré, é fundamental se atentar ao relatório do INEA para as praias do litoral fluminense, já que algumas nem sempre estão próprias para banho.

Navegue pelas praias do Rio de Janeiro:

Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar
Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar Conheça aqui

Praias da Zona Sul do Rio de Janeiro

Praia do Flamengo

De onde é possível avistar as chegadas e partidas de alguns aviões que cruzam o céu do Rio, em uma das principais áreas de lazer na Zona Sul, está uma das mais belas praias da cidade, a do Flamengo, entre a Marina da Glória e a Enseada de Botafogo.

Com um visual de tirar o fôlego, a Praia do Flamengo oferece um olhar único do amanhecer do sol próximo ao Morro do Pão de Açúcar. Ao redor, no Aterro do Flamengo há muito espaço para caminhar e pedalar, já que a praia conta com um parque urbano repleto de infraestrutura e paisagismo projetados ainda em meados de 1965 por Roberto Burle Marx em diversos pontos. Não é à toa que o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, o MAM, também está pela área.

Praia do Flamengo

Apesar de estar frequentemente imprópria para banho, é na extensão de quase 1 km de areia que essa praia recebe diariamente muitos cariocas que aproveitam para praticar diversas atividades ao ar livre. Os quiosques na orla da praia são ideais para uma pausa para tomar água de coco e se refrescar.

Contando com estacionamentos próximos ao Aterro do Flamengo, onde passam diversas linhas de ônibus, o acesso à praia é facilitado, e também pode ser feito pela estação de metrô Flamengo. No entanto, de bicicleta ou skate é possível apreciar toda a paisagem enquanto percorre as ciclovias que interligam o bairro a outros pontos, pelo Centro e pela Zona Sul.

Praia de Botafogo

Se a proposta de pedalar estiver válida, percorrer o Aterro do Flamengo em direção à Enseada de Botafogo revela o privilégio de estar próximo a um dos cartões postais mais famosos da cidade.

Com 700 m de extensão, a Praia de Botafogo tem uma fama única por conta da deslumbrante paisagem que destaca o balanço dos barcos atracados ou navegando próximos ao Pão de Açúcar, na Baía de Guanabara. 

Praia de Botafogo

Entretanto, assim como a Praia do Flamengo, a de Botafogo também costuma ser imprópria para banho de mar. O que não dispensa suas areias nem para estender uma canga e ler um livro, praticar atividades ao ar livre ou simplesmente passar o tempo.

Por estar situada em uma área que interliga diversos bairros, tanto pelo Centro, quanto pela Zona Sul, a Praia de Botafogo conta com farta opção de transporte público, além da estação de metrô Botafogo.

Praia Vermelha

Apesar do acesso por transporte público não ser tão variado quanto nas praias anteriores, pela ciclovia na Avenida Venceslau Brás, em Botafogo, por exemplo, é possível chegar à Praia Vermelha, no bairro da Urca. O bairro tranquilo abriga instituições militares como o Quartel do Exército e a Fortaleza de São João.

A pequena praia de cerca de 200 m cercada por rochas e montanhas está nada menos que aos pés do Morro da Urca, onde percorre o famoso bondinho do Pão de Açúcar. Quem gosta de caminhar pode aproveitar para aumentar o gás subindo a trilha do morro e registrar bem de perto a paisagem.

Mas se a pedida for um refresco, a depender da balneabilidade favorável, vale desfrutar da Praia Vermelha para mergulhar ou praticar stand up paddle (SUP), já que suas ondas costumam ser calmas e favoráveis. 

Aos finais de semanas, lembre-se de chegar cedo porque a praia enche com mais facilidade, assim como o fluxo entre bares e restaurantes próximos.

Praia do Leme

Marcando o início de uma das orlas de praia mais famosas do mundo, a Praia do Leme estende-se em quase 1 km e antecede a Praia de Copacabana. O forte militar Duque de Caxias, situado ao lado esquerdo do calçadão, guarda uma vista panorâmica de onde é possível admirar toda a extensão da praia, além do Morro da Urca, no lado oposto.

Com uma larga faixa de areia, a Praia do Leme costuma acomodar aqueles que querem dividir o espaço com mais tranquilidade do que em outras áreas da praia, como em Copacabana.

Praia do Leme (Foto: Leme – Bruna Prado | MTUR)

Os banhistas devem sempre se atentar às ondulações da praia, que, com ondas tubulares quebrando perto da areia, costuma ser considerada um pico favorável aos bodyboarders e surfistas de peito.

Quiosques, chuveiros e ambulantes estão espalhados em diversos pontos ao longo da extensão da areia. O bairro, que é bem residencial e localizado em uma área militar, conta com bastante comércio.

Praia de Copacabana

Quem conhece a princesinha do mar de Tom Jobim entende o porquê dela inspirar tanto. Seja de passagem na Avenida Atlântica, pedalando pela ciclovia ou caminhando pelo calçadão, a verdade é que só de olhar a orla da Praia de Copacabana de perto é possível sentir um dos privilégios de poder contemplar a beleza única deste lugar.

O icônico calçadão de Copacabana

A qualquer hora do dia, o mar em Copacabana oferece o convite para um banho refrescante. Dependendo das ondulações tubulares, o Posto 5 e especialmente o “shorebreak” (formação de ondas que, nesse caso, arrebentam próximas às pedras) entre o Forte de Copacabana e a praia vizinha, do Diabo, atraem surfistas bodyboarders mais experientes.

Cercada por diversas redes dos principais hotéis, como o Copacabana Palace, e com um público variado, a praia e seus arredores oferecem uma das infra estruturas mais completas da região, atendendo todos os tipos de serviços aos moradores e quem está de passagem.

De acesso facilitado em abundância por transporte público, Copacabana conta com diversas estações de metrô e variadas linhas de ônibus, além de ciclovias, pelo bairro e suas adjacências. Por essas e outras razões, a praia costuma ser muito frequentada pelos que têm preferência por lugares mais agitados.

Praia do Arpoador

Lugar onde é difícil não registrar qualquer pôr do sol, a Praia do Arpoador oferece o lazer ideal para aproveitar os momentos em família ou entre amigos. Situada no início da Praia de Ipanema, uma das atrações da área fica por conta da Pedra do Arpoador, um ponto incrível para esquecer do tempo apreciando a paisagem.

Na Praia do Arpoador, enquanto banhistas se deliciam com águas que por vezes chegam a receber tons de azul de tão claros, os surfistas compartilham boas ondas perto das pedras. Tem ainda quem não resista a “apenas” passar o dia inteiro tomando um mate gelado e comendo o tradicional biscoito Globo – tradicional iguaria carioca feita de polvilho –, aproveitando para curtir a praia até à noite, quando acendem os refletores.

Com acessos pelas ruas Joaquim Nabuco, Francisco Otaviano e Avenida Vieira Souto, a ilustre estátua de bronze de Tom Jobim sinaliza que Ipanema já está logo ali, basta caminhar pelo Parque Garota de Ipanema.

A Praia do Arpoador se avizinha ainda à Praia do Diabo, onde muitos donos passeiam com seus pets, e que também costuma ser menos frequentada por banhistas, já que as condições do mar nem sempre favorecem o banho. Em dias de marés mais altas, parte da praia chega a ficar submersa.

Praia de Ipanema

Uma das praias do Rio de Janeiro das mais populares no mundo, junto com Copacabana, Ipanema possui um público bem diversificado e costuma reunir tradicionalmente o pessoal que gosta de passar horas nas rodas de altinha, que são muitas ao longo da orla. Aqui, o mate gelado e o biscoito Globo também são bastante simbólicos.

Quase sempre cheia, a praia tem fácil acesso por conta da proximidade com estações de metrô e de linhas de ônibus. Mas uma das pedidas é aproveitar a ciclovia para pedalar e conhecer os cerca de 2,5 km de extensão.

Foto que ilustra matéria sobre as praias do Rio de Janeiro mostra uma visão tirada da calçada da praia de Ipanema, com a faixa de areia ao centro, o mar na sequência e o morro Dois Irmãos ao fundo.
Praia de Ipanema

Com chuveiros espalhados entre quiosques e postos na praia, o mar costuma estar liberado para banho, apesar de eventualmente bandeiras vermelhas sinalizarem uma cautela maior na hora do mergulho. Surfistas aproveitam alguns pontos. 

Repleta de ambulantes, quiosques que servem comidas, bebidas, alugam cadeiras e barracas, a Praia de Ipanema também está cercada de infraestrutura de serviços em toda a sua região, que também possui farta rede de hotéis e fluxo turístico intenso o ano inteiro.

Praia do Leblon

Na continuação da extensão da orla de Ipanema, a partir do Posto 11, está a Praia do Leblon. Com uma continuação tão bem estruturada e bastante frequentada quanto a praia vizinha, o Leblon costuma reunir um público parecido, que quase a qualquer hora do dia pode estar praticando esportes e atividades físicas, como vôlei, futevôlei, surfe, corrida, etc.

Eventualmente, a Praia do Leblon fica menos cheia que Ipanema em dias mais movimentados. A infraestrutura de serviços completa ao redor facilita aqueles que desejam aproveitar o dia na praia até o sol se pôr, e depois degustar da gastronomia nas proximidades do local.

Assim como Ipanema, Leblon tem acesso facilitado por ciclovia, metrô e ônibus, além de contar com quiosques, chuveiros e ambulantes por toda a praia. A região ainda costuma atrair celebridades e muita gente bonita.

Praias da Zona Oeste do Rio de Janeiro

Praia da Joatinga

No bairro do Joá, na Zona Oeste, uma pequena praia de apenas 300 m de extensão chama a atenção pela beleza singular. A Praia da Joatinga é o lugar ideal para quem está em busca de tranquilidade e tem preferência por praias com menor movimentação.

Um dos motivos é por conta de seu acesso mais restrito, já que as poucas linhas de ônibus sobem a Estrada do Joá em direção ao condomínio com a entrada da praia. Para entrar na praia é necessário ainda fazer uma pequena travessia entre pedras, uma trilha que rende registros incríveis.

Por conta de sua disposição, além de não possuir infraestrutura de comércios e ambulantes, como em outras praias, costuma atrair em sua maioria jovens e surfistas. Mas é necessária muita atenção dos banhistas no local, porque em determinados horários a maré sobe e chega a ocupar toda areia da praia.

Praia da Barra da Tijuca

Uma das praias do Rio de Janeiro que entra para a lista das mais conhecidas, situada na Zona Oeste, é a Barra da Tijuca. Repleta de infraestrutura de serviços pela orla da Avenida Lúcio Costa, como quiosques, barracas, bares e restaurantes, está próxima a diversos hotéis e condomínios de alto padrão.

A Praia da Barra da Tijuca conta com aproximadamente 8 km de extensão que iniciam ainda na altura da Barraca do Pepê e chega a mudar de nome em alguns pontos. Por ser uma praia com muitos ventos e muitas ondas, costuma atrair principalmente quem gosta de praticar esportes aquáticos, como surfe, kitesurfe, windsurfe, além de contar com espaço de sobra para redes de vôlei e futevôlei ao longo da areia.

Foto que ilustra matéria sobre as praias do Rio de Janeiro mostra uma visão da faixa de areia da praia da Barra da Tijuca, com a água do mar à esquerda e prédios à direita e mais ao fundo da imagem.
Praia da Barra da Tijuca

Os banhistas podem aproveitar bastante o mar da Praia da Barra, já que as condições da água geralmente são favoráveis para o banho. No entanto, por conta dos ventos e das marés, tende a ter pontos com bandeiras vermelhas que indicam atenção para quem está mergulhando.

O acesso à praia é facilitado pelas diversas linhas de ônibus que passam pela orla, além da estação do metrô que está a cerca de 1,5 km da praia. Um ponto que define o limite da Praia da Barra é a entrada da Reserva de Marapendi. 

Praia da Reserva

Situada em uma área de restinga que pertence à Reserva Ecológica da Lagoa de Marapendi, a Praia da Reserva fica entre a Barra da Tijuca e o Recreio dos Bandeirantes. Conhecida pela extensa faixa de areia fofa, conta com quiosques e barracas em algumas partes da orla, além de uma singela área para estacionamento ao longo de seus 8 km de extensão.

Por conta do acesso, são poucas as linhas de ônibus que levam até as proximidades da praia, o que favorece o clima tranquilo para aqueles que desejam evitar uma agitação urbana. Já as condições do mar, que frequentemente permitem o banho em águas muito limpas, também demandam a mesma atenção que na Praia da Barra.

Praia do Recreio

Com início na Reserva Biológica e indo até o Pontal de Sernambetiba, que também é chamado de Pontal Tim Maia, em homenagem ao cantor, está a Praia do Recreio. A praia em si, com águas claras e próprias para banho de mar, não é muito diferente das praias da Barra e da Reserva.

Ao longo de seus 2 km de extensão, a praia conta com quiosques, barracas, estabelecimentos comerciais próximos, além de possuir um acesso mais facilitado que a Reserva, já que mais linhas de ônibus passam pelo local. Por conta disso, costuma ficar bem movimentada aos finais de semana.

Praia da Macumba

Entre o Pontal e o Canal de Sernambetiba fica a Praia da Macumba, que é muito frequentada por moradores da região e surfistas (especialmente de longboard), atraídos pelas constantes ondulações do mar. Com uma infraestrutura menor que a da Praia da Barra, conta com ciclovia e quiosques ao longo da orla de aproximadamente 4 km.

Dependendo de onde estiver saindo de ônibus, o acesso deve ser feito por baldeação e pode chegar a cerca de 1h30 a 2h, se for o caso de partir do Leblon, por exemplo. Já para quem vai de carro, o ideal é chegar bem cedo, já que o estacionamento próximo é pequeno.

Prainha

Os 150 m de extensão da praia cercada por morros cobertos pela vegetação da Mata Atlântica fazem da Prainha um reduto natural preservado na região. Além de ser uma ótima opção para aqueles que querem fugir do agito das praias mais badaladas, atrai muitos surfistas que, em dias especiais, chegam a disputar ondas de até três metros.

Situada em área de preservação, a Prainha conta com infraestrutura limitada a poucos quiosques e ambulantes que atendem bem às necessidades dos frequentadores e turistas. No entanto, o acesso à ela também é limitado, podendo ser feito por carro ou por ciclistas mais experientes, que podem aproveitar para percorrer o trajeto entre a Macumba e a Prainha.

Praia de Grumari

Subindo a Prainha pela Avenida Estado da Guanabara, no sentido Barra de Guaratiba, está situada a preservada Praia de Grumari, com cerca de 2,5 km de extensão. É a opção de lazer perfeita para quem quer evitar a badalação e desfrutar o dia inteiro em um ambiente cercado pela Mata Atlântica, sem dispensar os serviços dos poucos quiosques locais. 

Foto que ilustra matéria sobre as praias do Rio de Janeiro mostra uma visão aérea da praia de Grumari
Praia de Grumari (Foto: Bruna Prado | MTUR)

Na Praia de Grumari, o mar oferece águas tranquilas e claras, que eventualmente proporcionam ondulações que favorecem as práticas de surfe. Banhistas devem se atentar às bandeiras vermelhas que podem estar pela praia e com os avisos de correnteza.

Não há opção de transporte público, sendo necessário carro para chegar até a praia. Em razão do estacionamento limitado, o ideal é chegar cedo para aproveitar as praias mais isoladas da Zona Oeste. Entre as praias do Rio de Janeiro, é a mais isolada de todas.

Praias do Rio de Janeiro: já pensou em morar perto de uma?

Depois desse panorama do belo e agitado litoral carioca, bateu por aí uma vontade de morar perto das praias do Rio de Janeiro?

Caso você seja carioca e deseje se mudar para mais perto do mar, ou de outra cidade e tenha planos de morar no Rio de Janeiro, não deixe de ver as inúmeras opções de imóveis para alugar ou comprar pelo QuintoAndar!

Em nossa plataforma digital, além de selecionar os bairros do Rio de Janeiro que você deseja, ainda é possível navegar pelo mapa e buscar imóveis que estejam localizados perto da praia do RJ que você preferir!