Uma mesma dúvida costuma ser muito comum aos dois lados envolvidos na assinatura de um novo contrato de locação: quando o inquilino paga o primeiro aluguel? Na verdade, isso varia de empresa pra empresa. Em alguns casos, modelo de cobrança de aluguel e despesas condominiais é referente ao mês corrente. Ou seja, o morador paga o mês em que está usufruindo do imóvel. Em outros, a cobrança diz respeito ao mês anterior. Ou seja, o inquilino mora e depois paga.

Mas como isso funciona, por exemplo, no QuintoAndar? Pode deixar que a gente vai explicar por aqui, pra você entender melhor:

Quando o inquilino paga o primeiro aluguel?

Vamos supor que o contrato se inicie até o dia 20 do mês. Neste caso, o inquilino irá receber a primeira fatura no primeiro dia de vigência de contrato. O vencimento será em 5 dias após o início da vigência do contrato. E o valor será do aluguel, do condomínio, do IPTU e do Seguro contra Incêndio proporcionais ao período em que o morador usufruiu do imóvel neste primeiro mês. 

+ Leia também:
– IGP-M: como calcular o reajuste do seu aluguel

Já nos contratos com início após o dia 21 (inclusive), a fatura será enviada apenas no próximo dia 1º, com vencimento no dia 7 do mês. Nesse caso, o primeiro boleto irá acumular o valor proporcional dos dias do primeiro mês e o valor total do mês vigente.

E quem paga o condomínio?

Agora você já sabe quando o inquilino paga o primeiro aluguel. Mas e o condomínio, como fica? A manutenção da taxa condominial é uma obrigação contratual. E serve para:

  • A preservação e manutenção do bem-estar do condomínio;
  • Pagamento de salários e benefícios aos colaboradores;
  • Manutenção da segurança e limpeza;
  • Pagamento das contas de consumo;

Modelo antigo do QuintoAndar

Nos contratos iniciados antes do dia 4 de junho de 2018, o QuintoAndar é responsável pelo pagamento dos boletos de condomínio. O valor vem no seu boleto, junto com o IPTU e o Seguro contra incêndio, e você não precisa se preocupar com eventuais cobranças desta natureza que chegarem até o seu imóvel.

Em caso de dúvidas sobre as despesas lançadas, o inquilino deve entrar em contato da administradora de condomínio.

E pra não ocorrer pagamentos duplicados, é importante que o proprietário se atente às datas de vencimento dos boletos de condomínio.

Modelo atual

Já nos contratos iniciados após o dia 4 de junho de 2018, o pagamento do boleto com vencimento no mês de início da locação é de responsabilidade do proprietário. O valor das despesas condominiais proporcionais aos dias em que o inquilino morou no primeiro mês será cobrado na primeira fatura de aluguel, e repassado ao proprietário no dia 12 do mês seguinte ao de início da locação. 

Depois, o inquilino passa a ser o responsável pelo pagamento do condomínio, com vencimento a partir do segundo mês de contrato.

É de responsabilidade do inquilino a obtenção do boleto de condomínio junto à administradora do condomínio ou ao síndico do prédio, dentro do prazo de vencimento.

Lembrando que as datas de vencimento dos boletos de condomínio podem variar de acordo com as regras de cada administração.