A forma como os cariocas e niteroienses encaram o lugar onde moram mudou após o início da pandemia de Covid-19. E isso se refletiu no comportamento das buscas na plataforma de imóveis pra alugar do QuintoAndar. De acordo com a imobiliária digital, os inquilinos do Rio de Janeiro e de Niterói têm procurado cada vez mais opções de casas de condomínio e imóveis no geral com três ou mais quartos.

Características mais buscadas

Uma das buscas que mais chamaram atenção no levantamento do QuintoAndar foi a de apartamentos de cobertura, que tiveram um aumento de 179%. Outras características muito populares nos últimos três meses foram piscina privativa (73%), chuveiro a gás (66%), varanda gourmet (60%), vista livre (47%), entre outros,. o que mostra uma intenção dos inquilinos de aproveitar a nova realidade imposta pela pandemia para um investimento maior no conforto dentro de casa.

“Estamos vendo que as pessoas estão procurando mais conforto dentro da própria moradia do que condomínios com grandes infraestruturas. E se antes havia grande busca por imóveis próximos ao metrô, nesse período, isso não foi uma prioridade. Podemos entender que a locomoção já não é tão importante se você pode trabalhar alguns dias em casa. E, na nossa perspectiva, essas mudanças não são passageiras. As pessoas estão buscando um local para o longo prazo”, disse Flávia Mussalem, gerente de marketing do QuintoAndar, ao jornal Extra.

Imóveis mais procurados no QuintoAndar no Rio de Janeiro

Além das características mais voltadas pro conforto, o comportamento das buscas por tipo de imóveis também aponta pra uma vontade em morar em lugares mais espaçosos. De acordo com o QuintoAndar, a procura por casas de condomínio aumentou 22% no período da quarentena nas cidades do Rio de Janeiro e Niterói. As casas tiveram 3% a mais de interesse, enquanto as buscas por apartamentos (-2%) e kitnets (-22%) caíram.

Números de quartos

Provável reflexo da nova necessidade do home office, trazida pela pandemia do coronavírus, a busca por imóveis com mais quartos também aumentou de forma considerável. Opções com três quartos tiveram, em média, 31% a mais de buscas desde o início da quarentena. Os de quatro quartos aumentaram 30% e os de dois quartos foram 28% mais procurados.