QuintoAndar inova mais uma vez ao oferecer visita por vídeo

Com a atuação de seus corretores parceiros, empresa já contabiliza imóveis alugados em visitas virtuais

QuintoAndar inova mais uma vez ao oferecer visita por vídeo

Em fevereiro de 2019, o QuintoAndar passou a oferecer uma opção à única etapa offline e presencial que ainda restava em todo o seu processo de locação de imóveis. Após dois meses de testes com alguns de seus melhores corretores parceiros, a startup implementou a visita por vídeo. E no início do mês em questão, fechou o seu primeiro negócio totalmente online: um apartamento concorrido na República, no coração de São Paulo, alugado pela publicitária Aline Oliveira dos Santos, que só foi colocar os pés no local após assinar o contrato.

“Meu processo, na verdade, na busca de um imóvel foi que eu tinha um pouco de pressa. Eu tinha pouco tempo e precisava me mudar o mais rápido possível. E eu vi que pelo QuintoAndar seria mais fácil de conseguir alugar. Então, já de cara eu optei por alugar com a empresa. Eu já tinha feito visitas pessoalmente em alguns outros imóveis. Dessa vez eu tinha combinado com o corretor de visitar esse imóvel. Acabou que choveu e eu não chegaria a tempo. E ele me sugeriu de fazer a visita por vídeo. A princípio eu achei que não daria muito certo, mas eu topei, porque era praticamente a única opção que eu tinha naquele momento. Eu achei que foi bacana”, conta Aline.

Corretor parceiro conduz a visita por vídeo

O corretor responsável pela visita foi Carlos Alberto da Silva, que trabalha no ramo há seis anos e está há dois no QuintoAndar. Ele foi um dos profissionais convocados pela empresa em novembro de 2018, pra participar dos primeiros testes de visitas por vídeo.

“Começamos a fazer esses testes por vídeo via Whatsapp. Ou mesmo gravando vídeos no imóvel e mandando pros clientes. Era uma forma de recuperar algumas possibilidades após as pessoas desmarcarem a visita em cima da hora”, conta Carlos Alberto. “No caso da Aline, como estava chovendo muito no dia, ela entrou em contato comigo e disse que não conseguiria chegar. E que marcaria uma nova visita alguns dias depois. Como eu já estava nas redondezas e esse imóvel era muito concorrido, pela localização e por ser perto do metrô, sugeri a visita por vídeo e ela aceitou”, lembra o corretor.

Whatsapp como ferramenta

Ao vivo, pelo Whatsapp, Carlos Alberto conduziu Aline por uma tour pelo apê. E ao mesmo tempo em que mostrava todos os cômodos, respondia dúvidas da candidata a inquilina e também passava informações sobre as redondezas do imóvel, como questões de segurança, por exemplo.

“Como eu sempre ando com uma trena, fui medindo todos os espaços e passando as informações pra ela. Uma de suas dúvidas era sobre ar condicionado, se o imóvel já tinha adaptação pra instalação de um aparelho. Eu não tinha essa informação, mas já liguei pra proprietária e confirmei que sim. Depois, ainda voltei no apartamento uma segunda vez, pois ela queria tirar mais algumas dúvidas. E aí ela acabou fechando contrato”, conta Carlos Alberto.

Dúvidas respondidas em tempo real

A atuação e a atenção do corretor, de acordo com Aline, foram fundamentais pra que a visita por vídeo funcionasse.

“Acho que num caso como esse, o corretor conta muito. Ele foi muito simpático e honesto em tudo. Eu consegui ter noção do espaço. E tudo o que eu normalmente vejo num imóvel pedi pra ele me mostrar: interruptores, se as portas estavam abrindo e fechando, se tinha alguma avaria. No fim das contas, eu achei que foi muito efetivo. Como eu estava sem tempo e essa foi a maneira que eu consegui, gostei e fechei assim mesmo. Quando finalmente fiz a visita pessoalmente, eu já tinha alugado o apartamento. E foi tudo exatamente como eu imaginei, do jeito que eu tinha visto no vídeo. Não tive problema algum e só me facilitou”, relata a inquilina.

Aproveitando o novo apê

Aline nunca havia morado sozinha, apesar de já ter saído da casa dos pais há alguns anos. Ela sempre dividiu apartamento com outras pessoas. Em busca de privacidade e mais independência, ela foi em busca de um lugar só dela. E traçou algumas prioridades antes de escolher o imóvel, além de saber que faria todo o processo pelo QuintoAndar.

“Eu quis um lugar pequeno, que fosse só pra mim. Além da pressa pra me mudar, eu gostei muito da região, pois hoje estou morando na República. Eu gosto de estar perto do Centro, da Avenida Paulista. Nem é tão perto do meu trabalho, mas isso não era prioridade pra mim, pois um dos pré-requisitos era ser perto do metrô. E nisso eu estava muito bem atendida”, diz a publicitária, de 26 anos.

O corretor Flávio Nicola foi um dos escolhidos pra participar dos primeiros testes da visita por vídeo. Neste vídeo, fala da importância desse novo recurso. E como o QuintoAndar, mais uma vez, inova e revoluciona o mercado imobiliário.

Essa visita por vídeo veio trazer mais um avanço no mercado. Acredito que, com isso, a gente está evoluindo uns dez ou vinte anos à frente do tradicional. Pra mim, esse recurso é muito importante e já faz parte de um processo pra nós. Clientes que estão em outro estado ou outro país e precisa alugar com urgência um imóvel, ele tem essa praticidade, mesmo estando longe. E o corretor também tem essa ferramenta. Porque muitas vezes nós chegamos no local, o cliente tem um imprevisto e a gente tem como oferecer esse recurso”, diz Flávio.

Fique por dentro! Receba nossa newsletter com conteúdos inspiradores toda semana
account_circle
mail_outline