Como cuidar de orquídeas em apartamento: veja as dicas de um especialista

O biólogo Sergio Oyama Junior tem um blog sobre o assunto desde 2009

Como cuidar de orquídeas em apartamento: veja as dicas de um especialista

Graduado em Biologia pela Unicamp, com mestrado e doutorado em Bioquímica pela USP, Sergio Oyama Junior sabe tudo sobre como cuidar de orquídeas em apartamento, bem como outras plantas. Desde 2009, o especialista compartilha suas experiências no blog Orquídeas no Apê. E recentemente escreveu um artigo para o site da revista Casa e Jardim falando sobre o assunto.

De acordo com o especialista, o segredo pra um bem-sucedido cultivo de orquídeas em apartamento está na escolha certa das espécies. E, para isso, é preciso se planejar e pesquisar muito antes da compra. Essas são, de acordo com o especialista, etapas essenciais para a floração em interiores aconteça de forma bela e natural.

Espécies que devem ser evitadas

Em seu texto sobre como cuidar de orquídeas, Oyama alerta, logo de cara, que a Cattleya não é uma escolha muito apropriada para esse tipo de ambiente. Segundo ele, as espécies deste gênero e seus híbridos precisam de muita luz, pra que possam se desenvolver e florescer adequadamente. E no cultivo em apartamento ou casa, esses níveis de luminosidade dificilmente são alcançados.

Já as micro-orquídeas precisam de ambientes com bastante sombra pra se desenvolverem bem. E embora isso facilite o cultivo de orquídeas em apartamento, há um outro problema: a umidade relativa do ar, que precisa ter níveis elevados pro correto desenvolvimento dessas plantas. Segundo Oyama, o interior de um imóvel apresenta um clima muito seco pro cultivo de plantas tão delicadas.

Como cuidar de orquídeas em apartamento: melhores espécies

Como cuidar de orquídeas em apartamento

O ideal, então, é optar pelas “belas, resistentes e compactas mini Phalaenopsis” (foto). De acordo com o especialista, elas estão menores e mais diversificadas a cada ano. E há, inclusive, exemplares tão pequenos que podem ser plantados em rolhas.

Segundo Oyama, ao contrário das exigentes micro orquídeas, as miniaturas de Phalaenopsis são capazes de se desenvolver bem em ambientes internos. Com pouca luz indireta e baixos níveis de umidade relativa do ar. Além disso, são capazes de ficar floridas ao longo de boa parte do ano.

Outra boa escolha pra quem quer saber como cuidar de orquídeas em apartamento é a espécie Sapatinho. Ela não precisa de muita luz pra florescer. E tem flores exóticas, com o formato de tamancos holandeses. E podem apresentar diferentes colorações.

Pra finalizar, Oyama sugere uma outra orquídea de “cultivo muito fácil, de hábito terrestre e que pode ser cultivada sem maiores problemas dentro de casa, em vasos com terra comum. É a espécie Ludisia discolor, também conhecida como orquídea joia. De acordo com o especialista, suas folhas são bastante ornamentais, e muitos a cultivam apenas por essa razão, sem se importarem muito com as flores. Ela pode florescer dentro de casas e apartamentos mesmo com baixos níveis de luminosidade. É outra excelente opção para fugir do lugar comum e incrementar a coleção.

Mais dicas de Oyama

Além do artigo pra revista Casa e Jardim, em seu blog, Oyama dá várias outras dicas sobre como cuidar de orquídeas em apartamento. O MeuLugar reuniu algumas das mais importantes por aqui:

O andar onde você mora

As condições de cultivo são muito mais amigáveis nos andares mais baixos. Conforme a altitude aumenta, há uma maior incidência de ventos e da luz solar, uma vez que não há proteção de copas de árvores, por exemplo. E esses elementos podem contribuir pra uma maior desidratação das orquídeas;

Ventilação

A ventilação é essencial pro cultivo de orquídeas. O ambiente nunca pode ficar abafado. Mas o excesso de vento é prejudicial. Portanto, é preciso encontrar um equilíbrio.

Iluminação

De acordo com Oyama, se o seu apartamento está virado pro leste, você tem um ambiente mais propício pro cultivo de orquídeas, uma vez que elas apreciam o sol da manhã. Os que estão mais voltados pro oeste costumam ficar muito quentes no verão e necessitam de uma tela de sombreamento ou uma cortina fina pra atenuar o sol da tarde. Já os imóveis voltados pro sul não são tão amigáveis pras orquídeas, pois recebem pouca luz.

Umidade

Não confundir com a rega. Segundo Oyama, as orquídeas, por serem plantas tipicamente tropicais, se dão melhor em ambientes com muita umidade relativa do ar. Portanto, se você não mora no litoral ou em um lugar com bastante umidade, vale a pena investir em umidificadores de ar, por exemplo. Ou mesmo colocar pequenos tanques de água, fontes e até aquários no ambiente.

Quando regar as orquídeas

Pra quem não sabe como cuidar de orquídeas em apartamento, a frequência da rega é uma das maiores dúvidas. De acordo com o especialista, isso varia de acordo com a espécie e as condições climáticas da estação e da região.

Como cuidar de orquídeas em apartamento

Geralmente, a rega acontece uma vez por semana. Oyama recomenda, até mesmo, a planta tome um banho de chuveirinho, ou numa torneira, pra que todo o excesso de sais provenientes da adubação química é removido do substrato. Segundo ele, os melhores momentos pra regar são no começo da manhã, especialmente nos dias mais frios, pois o ideal é que elas tenham tempo de secar ao longo do dia e não durmam molhadas. E a melhor forma de identificar quando a orquídea precisa ser regada é colocando o dedo no substrato onde ela está plantada. Se estiver úmido, não precisa de rega. Se estiver seco, é hora do banho!

Nos intervalos entre a rega, em dias muito quentes, vale a pena borrifar as folhas e a flor da orquídea com água, uma vez logo pela manhã e outra no final da tarde. No inverno, muitas vezes o borrifador nem é necessário.

Quanto custa uma orquídea?

Os preços das orquídeas variam muito de acordo com a espécie. Quanto mais raras, é claro, mais caras elas serão. Indicadas pelo especialista, as mini Phalaenopsis podem ser encontradas facilmente até mesmo em supermercados, a partir de R$20 a R$ 30, dependendo do arranjo.

Fique por dentro! Receba nossa newsletter com conteúdos inspiradores toda semana
account_circle
mail_outline