Poucos estilos musicais são tão característicos e representam tanto um único estado como o frevo é para Pernambuco. E isso fica ainda mais evidente quando se está na capital Recife e se ouve aquele ritmo animado, que quando toca é difícil ficar parado. Pois na Praça do Arsenal da Marinha, no bairro do Recife, fica quase impossível não caminhar cantarolando as melodias mais tradicionais, especialmente se o destino for o Paço do Frevo.

Neste artigo vamos falar desta que é uma das principais atrações culturais da Capital Pernambucana – e também um centro de formação artística –, por exaltar este estilo declarado, em 2012, Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco e que tem até uma data própria: 9 de fevereiro, o Dia do Frevo. 

Navegue pelo conteúdo:

Recife Antigo

O Paço do Frevo está localizado no Centro Histórico da cidade, no bairro do Recife, uma região conhecida também como Recife Antigo. E funciona em um casarão tombado em 1998 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) onde até 1973 funcionava a Western Telegraph Company, empresa pioneira e responsável pela implantação do telégrafo no Brasil, entre o final do Século 19 e o início do século passado.

De sua sede, na Praça do Arsenal da Marinha, é possível chegar ao Marco Zero em menos de 5 minutos de caminhada. 

+ Leia também:
O que fazer em Recife: uma cidade cheia de belezas naturais e cultura efervescente

Como parte do Recife Antigo, o casarão do Paço do Frevo pulsa de uma forma única. E é mais um ingrediente que faz da região um verdadeiro caldeirão cultural pernambucano.

Quem já seguiu o arrastão do frevo pode experienciar de perto letras de canções, sombrinhas, estandartes e outros apetrechos do acervo que fazem do tradicional cortejo tão rico, diverso e popular.

Centro de Referência

(Foto: Guga Matos | SeturPE)

Inaugurado em 9 de fevereiro de 2014, em um domingo, justamente no Dia do Frevo, o Paço do Frevo ocupou o casarão que ficou por quase 40 anos fechado. Antes de sua abertura, foram necessários cinco anos de pesquisa e outros quatro de reforma.

O centro de mais de 1,7 mil m2 é dedicado à pesquisa e difusão da dança e música do frevo, abraçando exposições e oferecendo, a partir da Escola de Música e da Escola de Dança, diversas atividades, como cursos livres, oficinas, laboratórios criativos, ocupações, aulas-espetáculos e tantos outros formatos didáticos para resgatar e perpetuar essa tradição cultural esplendorosa.

Desde 2014 até o fim de 2021, o Paço do Frevo recebeu mais de 700 mil visitantes, teve mais de 5 mil alunos formados em suas atividades e promoveu mais de 600 apresentações artísticas, em atividades presenciais e também virtuais, durante a pandemia.

Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar
Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar Conheça aqui

Curadoria de Bia Lessa

O projeto museográfico e a curadoria foi idealizado pela artista Bia Lessa, que dividiu um casarão do Século 19, com arquitetura de estilo eclético, em quatro pavimentos:

“O Paço tem uma cara própria, única. Seu projeto une aspectos muito interessantes: uma escola, um centro de difusão do frevo, um centro de documentação e um espaço expográfico”, explica Bia.

Escola de Música

Além de uma sala dedicada a exposições temporárias, o primeiro pavimento do Paço do Frevo abriga a Escola de Música, além de estúdio de gravação e uma sala da rádio online, para a difusão dos materiais produzidos nas aulas e no estúdio.

Escola de Dança

Já o segundo pavimento é ocupado pela Escola de Dança, que concentra atividades voltadas ao desenvolvimento profissional, físico, social e cultural de dançarinos. O andar tem também salas para aulas de pessoas interessadas em aprender a dançar o frevo. E conta ainda com oficinas de cenário e figurino e uma sala para mostras de curta duração. 

Outras atividades

São tantas as propostas de imersão e vivência no Paço do Frevo que, inclusive, nem todas necessariamente têm a ver apenas com o frevo em si. Em parceria com a Organização dos Estados Ibero-Americanos para Educação, Ciência e Cultura no Brasil (OEI), o espaço abrigou em janeiro de 2022 a programação de férias do Paço, com oficinas de Brinquedos e Brincadeiras Populares para crianças. E, para os jovens, aulas de Lettering (técnica com escrita), Stencil e Lambe-lambe (técnicas de arte urbanas).

Paço Criativo

Agora, se você quiser trocar ideias ou aprender mais sobre economia criativa e empreendedorismo, o centro oferece também o Paço Criativo, uma iniciativa voltada para os jovens, que realiza cursos e palestras gratuitas no casarão. 

O projeto é uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG), responsável pelo Paço do Frevo, e a já citada Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI).

Paço do Frevo: serviço

Ficou com vontade de conhecer o espaço pessoalmente? Então anota aí o serviço com todas as informações sobre o funcionamento. 

Endereço: Praça do Arsenal da Marinha, S/N – Bairro do Recife
Telefone: (81) 3355-9500
Funcionamento: Terça a sexta, das 10h às 17h. Sábados e domingos, das 11h às 18h, com última entrada sempre meia-hora antes do horário de encerramento.
Entrada: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Recife e o frevo: uma simbiose tão boa quanto a sua com o seu lar

Morar em Recife é conviver com o frevo como um elemento que faz parte da vida da cidade – da mesma forma que um belo quadro que decora a sala da sua casa. E se você procura um lugar para morar na Capital Pernambucana, você tem mais chances de encontrar com rapidez e fechar negócio com facilidade com o QuintoAndar

Quer viver perto do Paço do Frevo? Então use os nossos mais de 70 filtros de busca que oferecemos em nossa plataforma para encontrar o imóvel ideal para alugar ou comprar em Recife. Além de refinar sua pesquisa, você ainda pode usar o mapa para navegar e achar a sua região preferida na cidade.