Não são raras as vezes em que a notícia da chegada de um bebê acontece de surpresa e fora dos planos. Em muitos desses casos, é normal que a preparação de toda a estrutura da casa para essa nova pessoinha precise ser feita com menos recursos – e  muitas vezes com mais pressa. Por isso, sendo um novo integrante da família planejado ou não, preparamos um artigo especial sobre como montar um quarto de bebe simples.

Navegue pelo conteúdo:

Gastando pouco

Além do caso de uma gravidez não planejada, também há muitos casais que colocam o sonho de aumentar a família à frente de qualquer questão financeira. E isso não significa, necessariamente, gastar muito dinheiro na montagem da estrutura para a chegada da criança. É possível, sim, ter um quarto de bebê simples gastando pouco. Para isso, basta usar a criatividade e focar apenas nos itens indispensáveis. 

E aqui vai uma dica: muita coisa que você imagina ser “indispensável” pode, na verdade, ser dispensável ou adaptável. O berço, por exemplo, é uma dessas coisas, como veremos mais adiante.

Reaproveitamento

Uma das palavras de ordem para quem pretende montar um quarto de bebê simples é o reaproveitamento. Você pode tanto usar coisas que já estão na sua casa para equipar o cômodo como entrar em contato com amigos e familiares que crianças já mais crescidas que possam emprestar itens que serão de grande ajuda na rotina, desde um trocador ou uma banheirinha até brinquedos. 

Seu inquilino não pagou? O QuintoAndar depositou.
Seu inquilino não pagou? O QuintoAndar depositou. Saiba mais

Dia a dia

Ao montar um quarto de bebê simples, é importante pensar na rotina, especialmente na fase de recém-nascido. E uma das coisas mais importantes para as mamães é a amamentação – seja ela natural ou artificial. Vale a pena usar a criatividade e gastar um pouco mais de tempo para preparar um cantinho confortável e tranquilo para essa fase tão fundamental na alimentação da criança.

Além disso, é preciso pensar em toda a rotina que envolve sono, banho e as inúmeras trocas de fraldas e roupas que um bebê recém-nascido demanda. Para tudo isso, vamos falar agora de algumas estruturas que podem ajudar.

Troca e banho

Muito da rotina de um bebê recém-nascido gira em torno da higiene. Por isso, vale a pena que o quarto tenha um espaço reservado à troca de fraldas e de roupas da criança. 

Uma boa opção é ter uma cômoda com gavetas e uma superfície grande no topo. Dessa forma, você pode deixar todas as roupinhas guardadas, porém sempre à mão na hora de trocar, e manter também os itens de higienização por perto.  

Para a hora de trocar fraldas, lembre-se de ter sempre itens como:

  • Trocador;
  • Estoque de fraldas por perto;
  • Bolinhas de algodão com água morna ou lenços umedecidos;
  • Pomada para assaduras;
  • Uma lixeira para as fraldas sujas ao lado da cômoda.

Poltrona de amamentação ou cadeira de balanço

Aqui, voltamos ao tópico do reaproveitamento. Você não precisa investir uma fortuna em uma poltrona feita e vendida especificamente como “poltrona de amamentação”. Qualquer tipo de assento pode servir a esse propósito em um quarto de bebê simples, desde que seja confortável para a mamãe realizar o seu nobre e amoroso trabalho de alimentar seu bebê. Até mesmo uma cadeira de balanço pode servir. 
Tendo um assento e um encosto confortáveis, uma coisa que vale a pena pensar é em um bom apoio para os braços, como essa almofada de amamentação abaixo, da loja Grão de Gente.

Berço

Lembra que falamos que o berço não é necessariamente um item indispensável? Pode parecer polêmico, mas temos uma explicação. Você já ouviu falar sobre quarto montessoriano? Essa metodologia foi desenvolvida pela educadora, médica e pedagoga italiana Maria Montessori, no início do século passado, e prima pela liberdade, a atividade e o estímulo para o desenvolvimento físico e mental das crianças, com muito foco na educação sensorial.

Em um quarto montado dentro da filosofia montessoriana, a criança tem liberdade para se movimentar e tudo o que precisa à altura dos seus olhos e ao alcance das mãos. É um tipo de quarto do qual a criança tira muito mais proveito a partir do momento em que passa a ganhar mobilidade, em especial quando começa a ficar de pé e dar os primeiros passos. Mas você pode montar esse tipo de quarto de bebê simples já para a chegada da criança!

E por que o berço é dispensável nesse tipo de quarto? Porque dentro da filosofia da liberdade e da mobilidade, a criança precisa ter a possibilidade de sair sozinha da própria cama e explorar o seu quarto. Ou seja, em um quarto montessoriano, um simples colchão posicionado no chão, em um dos cantos do cômodo, é suficiente. 

É claro que, neste caso, para não ficar algo muito simplório, você pode decorar com uma bela roupa de cama, colocar alguns encostos nas paredes ou almofadas. E para proteger os bebês menores que começam a rolar, uma boa ideia é colocar um macarrão desses de piscina por baixo do lençol que forra o colchão.

Decoração

Ter um quarto de bebê simples não significa ter um quarto feio. Muito pelo contrário. Com criatividade, dá para fazer uma decoração bonita e sem gastar muito. 

Cores neutras ou tons pastéis

Uma boa forma de não errar na hora de escolher a cor de um quarto de bebê simples é apostar nas cores neutras ou nos tons pastel. Seja na pintura das paredes, na escolha de papéis de parede ou mesmo em itens decorativos, a paleta de cores escolhida é uma boa forma de ter base para o início da decoração. 

+ Leia também
Quarto de bebê unissex: dicas para você decorar sem se preocupar com o gênero da criança
Decoração de quarto de bebê: 8 ideias para se inspirar

Papel de parede ou adesivos

Decorar com papel de parede demanda um pouco mais de trabalho e envolve custos maiores, apesar de ser uma solução muito prática para quem não deseja ter trabalho com pintura. 

Uma solução mais barata de ter uma decoração de quarto de bebê simples é investir nos adesivos de parede. São muito mais simples de serem aplicados, pois precisam apenas de uma parede lisa e limpa. E você pode mudar a decoração com mais frequência do que no caso de um papel de parede. É só retirar e depois investir em uma nova estampa. 

Bichinhos de pelúcia

Os bichos de pelúcia dão aquele toque de fofura indispensável a qualquer quarto de bebê. Além de estarem entre os presentes preferidos para crianças – o que significa que você pode ganhar vários de amigos e familiares – você pode usar os bichinhos para criar um tema para o quarto, como zoológico, por exemplo.

Mas aqui é preciso ter apenas um ponto de atenção: ter bichinhos de pelúcia em um quarto de bebê significa redobrar os cuidados com o acúmulo de poeira. Além disso, alguns podem ser feitos com materiais prejudiciais à crianças alérgicas. Nestes casos, procure se informar antes de comprar.

Nichos

Os nichos são itens que servem tanto como decoração como para a organização do quarto, pois também desempenham a mesma função das prateleiras. Você pode investir em nichos de paredes com diferentes formatos geométricos, dos redondos aos mais retos.

Exemplo de um nicho redondo da loja Grão de Gente
Nicho quadrado da Leroy Merlin

Quarto de bebê simples em uma casa nova

Seja um quarto de bebê simples ou algo mais sofisticado, uma coisa é certa: a chegada de um bebê na família acaba gerando a necessidade de mais um cômodo a mais nesse lar. E, muitas vezes, é preciso uma mudança de endereço para conseguir um espaço a mais disponível. 

E além de conteúdos como este, com dicas para você montar o quarto do seu bebê, o QuintoAndar pode te ajudar especialmente na busca por um novo lugar maior para morar.
Em nossa plataforma digital, temos mais de 70 filtros de busca para ajudar na pesquisa de um imóvel para alugar ou comprar exatamente com o espaço que você sempre sonhou para o quarto do seu bebê.