Com mais de 2 milhões de habitantes, a Capital Mineira é uma das principais do Brasil. Mas apesar de ser uma metrópole, ainda guarda muitos recantos com características interioranas. Muitos deles próximos a lugares mais agitados, como o Centro, por exemplo. O MeuLugar preparou uma lista de bairros de Belo Horizonte com clima de interior. Se você está de mudança pra BH, ou já mora na cidade e busca um pouco mais de tranquilidade, não deixe de conferir essas dicas!

Cidade jovem, com pouco mais de 120 anos, Belo Horizonte foi projetada para ser a capital de Minas Gerais no final do século XIX. O projeto previa uma central urbana, além de áreas suburbana e rural. A área principal recebeu toda uma estrutura e cresceu tendo como limite a antiga Avenida 17 de Dezembro, hoje Avenida do Contorno. 

Bairros de Belo Horizonte com clima de interior

A partir da década de 1940, a cidade começou a se desenvolver mais para fora dos limites da avenida que delimitava o principal espaço urbano planejado. Vários bairros periféricos foram surgindo. E muitos desses, atualmente, guardam características daquela época antes da metade do século passado.

Cidade Jardim

Faz fronteira com Lourdes e Santo Agostinho, que estão do lado de dentro da Avenida do Contorno. Por conta disso, Cidade Jardim é um bairro que está muito próximo de tudo de melhor que Belo Horizonte pode oferecer em termos de comércio e serviços. Mas, ao mesmo tempo, consegue conservar um caráter estritamente residencial e com ares de cidade do interior. O bairro foi construído entre as décadas de 1940 e 1950 para receber moradores de alto poder aquisitivo à época e tem um belo projeto arquitetônico.

Graça

Por estar relativamente próximo do Centro, cerca de 4 km, o bairro da Graça vem sendo muito valorizado pelo mercado imobiliário. E apesar de estar rodeado por vias importantes da região, como a Avenida Cristiano Machado e a Rua Jacuí, onde está concentrado boa parte do comércio, guarda em seu núcleo um clima interiorano que os moradores prezam muito. As ruas são bem arborizadas e calmas. E as casas ainda representam cerca de 70% dos imóveis da região.

São Bento

Um bairro tranquilo, com ruas pouco movimentadas, bastante arborizadas e limpas. Grande parte de sua extensão é estritamente residencial, com muitas casas e alguns prédios nos arredores. Está localizado às margens da Avenida Raja Gabáglia, uma das mais movimentadas da cidade, e muito próximo da Avenida Nossa Senhora do Carmo, outra das principais vias da Capital Mineira. Mas guarda uma áurea de tranquilidade em suas ruas e é mais um dos bairros de Belo Horizonte com clima de interior.

Santa Efigênia

Localizado bem próximo do Centro, o bairro Santa Efigênia tem dois universos numa mesma região. Na parte que fica pra dentro da Avenida do Contorno está localizada a principal área hospitalar de Belo Horizonte, com unidades públicas e particulares das mais diversas especialidades, além da fronteira com a região central, marcada pelo Parque Municipal Américo Renné Giannetti (foto), um dos principais da cidade, que também guarda ares de interior.

+ Leia também:
BH pra universitários: veja onde morar na cidade
Como trocar titularidade e obter 2ª via da conta de luz em BH

Do lado de fora da Contorno, apesar do Shopping Boulevard, um dos maiores de BH, Santa Efigênia ganha um caráter mais tranquilo, de cidade de interior, mesmo, com muitas ruas residenciais e praças bem cuidadas. 

Santa Tereza

É o berço de alguns dos principais expoentes da música mineira, como o Clube da Esquina e as bandas Skank e Sepultura. O bairro de Santa Tereza é considerado um dos mais boêmios da cidade. Mas é no dia a dia e, especialmente nos finais de semana, que se vê suas características que lembram uma cidade do interior.

Com muitas casas e prédios de poucos andares, a região é, em sua maioria, residencial, porém com muitas ofertas de comércio e, principalmente, bares e restaurantes. Apesar do agito da noite em alguns pontos, é um bairro tranquilo e com moradores fiéis às raízes.