Foi-se o tempo em que meninas vestiam rosa e meninos vestiam azul. E assim como essa “regra” mais do que ultrapassada já não se aplica à vestimenta, o mesmo vale para o cantinho de um recém-nascido que chega na família. Por isso, neste artigo, vamos falar de inspirações para você que quer fugir dos padrões de gênero para montar um quarto de bebê unissex. Se prepare para diferentes níveis de fofura!

Navegue pelo conteúdo:

É preciso saber o sexo do bebê?

Deixando de lado a anacrônica “regra” citada no início deste texto, são muitas as vantagens de você preparar um quarto de bebê unissex. E a principal delas é que a preocupação de cores para meninos e meninas simplesmente não existe. 

Além disso, se você não deseja saber o sexo do bebê e quer ter surpresa na hora do nascimento, não terá que esperar até a última hora para decorar um quarto de acordo com uma cor pré-estabelecida. 

Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar
Todo mundo encontra seu lar no QuintoAndar Conheça aqui

Vantagens de um quarto de bebê unissex

E há alguns outros benefícios de se optar por um quarto de bebê unissex. Veja alguns deles:

  1. Você tem uma gama muito maior de opções de cores e suas tonalidades, em vez da restrição das duas cores que sempre foram o padrão;
  2. Caso você tenha planos de ter duas crianças dividindo o quarto e vier um casal, o ambiente já vai estar pronto desde o nascimento do(a) primogênito(a);
  3. Desde pequenos, seus filhos irão crescer livres dos estereótipos que são as cores relacionadas a cada gênero.

Tema da decoração

Os quartos de bebês geralmente são decorados de acordo com algum tema pré-definido. E escolher coisas como rei ou princesa significa se afastar de qualquer intenção de fazer um quarto de bebê unissex e cair, novamente, naqueles padrões de gênero das cores para meninos e meninas.

Uma boa opção, neste caso, é não escolher um tema e trabalhar apenas com as cores. Mas se você deseja que o quarto tenha um tema, são diversas as opções que você pode trabalhar, como:

  • Animais da selva
  • Oceano
  • Jardim
  • Nuvens
  • Dia ou noite (Sol ou Lua e estrelas)
  • Balões
  • Figuras geométricas
  • Desenhos abstratos
Aqui, um exemplo de uma decoração guiada por um tema mais voltado para a noite, com estrelinhas na parede e a Lua em um dos quadros acima do berço.

E uma das melhores formas de trabalhar temas em um quarto de bebê é com papel de parede, como você verá mais abaixo ainda neste artigo. 

Quais cores usar em um quarto de bebê unissex?

Uma vez que a obrigatoriedade do quarto azul para meninos ou quarto rosa para meninas deixa de ser uma questão, que tal pensar em cores diferentes para o cômodo da criança?

Um bom ponto de partida é sempre pensar em uma paleta de cores. A partir do momento em que você define as cores que irá priorizar no quarto, tudo vai se encaixando.

Além disso, ao escolher as cores das paredes, é importante pensar que muitos elementos ainda irão entrar no ambiente, como a mobília, enfeites e brinquedos. Por isso, o ideal é não deixar o quarto colorido demais nas paredes.

Aqui, as cores entram de leve na parede, aparecendo com mais força em outros detalhes, como no tapete, na manta, no berço e na cortina.

Mas antes de entrar nas cores, é preciso responder uma pergunta fundamental:

Quando pintar o quarto do bebê?

Fazer a pintura de um quarto de bebê logo no início da gestação não é exatamente o ideal. Afinal, quando a criança nascer, a pintura já terá cerca de nove meses de desgaste pelo tempo. 

Da mesma forma, deixar para a última hora não é nem um pouco recomendável, pois o bebê não pode chegar em um quarto com cheiro forte de tinta, o que pode gerar problemas respiratórios e outras alergias. 

Portanto, o momento ideal para a pintura das paredes é o segundo trimestre da gravidez, com até dois meses antes da previsão do parto.

Agora, sim, vamos às cores ideais para um quarto de bebê unissex.

Cores neutras

Um bebê é um ser em constante formação e, portanto, muito sensível a diversos tipos de estímulos, entre eles o visual. E as cores desempenham um papel muito importante nesse sentido

Pintar o quarto de um bebê com cores muito quentes e vibrantes – como um vermelho ou um amarelo muito fortes – pode acabar fazendo com que a criança fique um pouco mais agitada do que deveria. 

Deixe o colorido para detalhes menores, como brinquedos e móbiles, que irão trabalhar esse tipo de estímulo que só as cores podem trazer. Com isso em mente, cores mais neutras como o branco, um bege ou cinza claro são boas opções. 

Tons Pastéis

Existe um motivo pelo qual os hospitais costumam adotar os tons pastéis: eles colaboram com a redução de níveis de ansiedade e melhoram o humor dos pacientes. A mesma lógica pode ser aplicada aos bebês.

Também chamados ultimamente de candy colors (cores de doces), por se assemelhar a doces que as crianças adoram, como marshmallow, algodão-doce, entre outros, os tons pastéis nada mais são do que cores normais, como verde, rosa, amarelo, lilás, entre outras, em tonalidades mais claras. 

Não são tão neutras como as cores que têm essa característica, abordadas no tópico acima, mas acabam desempenhando o mesmo tipo de função em um quarto de bebê unissex, de manter o ambiente mais tranquilo e não tão estimulante visualmente – pelo menos não nas paredes.

O detalhe das joaninhas dentro da mesma paleta de cores da parede em um tom pastel e também do tapete, que realçam a simplicidade e a neutralidade do branco no berço e na cortina.

Papel de parede

Até aqui, falamos de pintura. Mas não podemos nunca deixar de lado uma opção rápida e prática, apesar de algumas vezes um pouco mais cara, que é o papel de parede. 

+ Leia também
Como colocar papel de parede: passo a passo para renovar seu ambiente

Com o papel de parede, você tem ainda a possibilidade de aplicar artes já prontas, com estampas ou desenhos diferentes, facilitando a vida de quem, como já dissemos, deseja escolher um tema para o quarto do bebê. 

Veja alguns exemplos:

Um papel de parede de nuvens e gotinhas (Foto: Grão de Gente)
Pintinhas coloridas neste delicado papel de parede ideal para um quarto de bebê unissex (Foto: Parede de Papel)
Uma floresta encantada no quarto do bebê (Foto: Grão de Gente)

Móveis e itens de decoração

Muito da decoração de um quarto de bebê unissex passará pelo que você acabou de ver por aqui: as cores. Mas os móveis e os itens de decoração também são pontos focais na montagem do cômodo para a criança que está chegando na família.

Móveis para quarto de bebê unissex

No caso dos móveis, vale a pena pensar não apenas na beleza, mas na funcionalidade e na praticidade. Uma boa cômoda com várias gavetas é sempre uma escolha certeira, pois tem espaço para você guardar diversas coisas do enxoval. Além disso, você pode guardar nas gavetas as roupas de uso mais diário, que estarão à mão enquanto você usa a superfície do móvel como trocador.

Além disso, no caso de um quarto de bebê unissex, uma boa opção para manter o ambiente o mais neutro possível em relação a gêneros é apostar em móveis com uma pegada mais minimalista, sem muitos detalhes. Ou mesmo em um mobiliário – pelo menos berço, cômoda e armário – com a cor natural da madeira, algo que deixa qualquer ambiente mais bonito.

Itens de decoração

Na mesma linha dos móveis, muitos itens de decoração de um quarto de bebê podem desempenhar um papel tanto de embelezar o ambiente quanto o de torná-lo funcional, para servirem como ajuda no dia a dia da lida com a criança.

Dos potinhos que ficam ao lado do trocador, com algodão ou lencinhos, até mesmo à lata de lixo, tudo pode servir para decorar o quarto. Especialmente quando um tema é escolhido e esses itens se encaixam no mesmo clima.

Além disso, os próprios brinquedos e até mesmo a mobília acabam se tornando itens de decoração. 

Veja alguns outros itens que podem dar um toque especial ao quarto do seu bebê:

  • Quadros
  • Móbiles
  • Bichos de pelúcia
  • Mini biblioteca
  • Abajur
  • Lustre
  • Nichos
  • Pequenos vasos de plantas

Todos esses itens, caso não sigam o padrão especialmente de cores clássico da definição de gêneros, podem cair muito bem em um quarto de bebê unissex. 

Veja algumas inspirações:

Um móbile de carneirinhos acima de um berço em cor natural de madeira.
Quadros e uma pequena biblioteca fazem parte dessa decoração simples e bonita.
Uma cômoda simples, um berço branco e os quadros que dão um toque especial à decoração do quarto.
Pequenos nichos na parede acima do berço são um clássico na decoração de quartos de bebês.

Novo membro da família, mais um quarto

A chegada de um bebê na família acaba gerando a necessidade de mais um cômodo nesse lar. E, muitas vezes, esse espaço não está disponível e é preciso uma mudança de endereço. 

Nesse sentido, o QuintoAndar pode te ajudar a planejar a chegada do novo membro da família. Está precisando de um lugar maior para morar? Aproveite para dar uma olhada na maior imobiliária digital da América Latina, presente em mais de 40 cidades do Brasil com serviços de aluguel de imóveis e nas quatro maiores regiões metropolitanas do país com compra e venda.

Em nossa plataforma digital, temos mais de 70 filtros de busca para ajudar na pesquisa de um imóvel para alugar ou comprar exatamente com o espaço que você sempre sonhou para o quarto do seu bebê.