Morar na Avenida Paulista pode ser o sonho de muitos, mas para esse casal tinha que ser especificamente no Edifício Saint Honoré, no bairro Jardim Paulista, na Zona Oeste de São Paulo (SP). Há dois anos, o gerente de contas Augusto Paz e o advogado Tomás Jatobá finalmente encontraram o apartamento desejado para explorar a personalidade do casal em cada canto. 

Entre cores e “delírios” de decoração, eles receberam o blog Histórias de Casa pra contar como transformar, sem a necessidade de fazer obras, um apartamento alugado em São Paulo através do QuintoAndar

+ Leia mais Histórias de Casa:
Unidos pela pandemia em um apartamento no Butantã
Casal se muda de Belém pra São Paulo e encontra o apê ideal na Liberdade
Um apê em Pinheiros que foi amor à primeira vista: pronto pra alugar e morar

Edifício Saint Honoré: encontrando o apê desejado

Ao caminhar pela Avenida Paulista, na altura da estação de metrô Trianon-Masp, um lindo jardim chama atenção para o edifício cuja arquitetura remete aos anos de 1950 e 1960. Com varandas encantadoras e pastilhas coloridas ao longo de toda a fachada, o Edifício Saint Honoré já despertava a atenção de Augusto.

Detalhe da varanda de apartamento no Edifício Saint Honoré, na Avenida Paulista, em São Paulo, mostra uma cadeira amarela e uma mesinha de apoio vermelha
Detalhe da varanda do apartamento do casal no Edifício Saint Honoré (Foto: @_felco)

“Vira e mexe eu saía à caça de uma unidade no prédio, até que um dia encontrei nosso apartamento”, lembra o gerente de contas.

Maravilhados com a iluminação natural abundante e com o tamanho da sala do apê de 130m², o casal se inspirou na paleta de cores do famoso arquiteto do próprio edifício, Artacho Jurado, pra explorar uma variação na pintura do imóvel.

+ Leia também:
– Índice QuintoAndar: fique por dentro dos valores do aluguel em São Paulo

“A gente ama cor, mas tanto, que já deu até briga aqui em casa”, brinca Augusto. 

De um jeito original, bem humorado e desprendido de decorar, o apartamento no Jardim Paulista mostra que é possível morar em uma casa com personalidade sem precisar derrubar paredes. 

Foto com os detalhes de um quarto em apartamento do Edifício Saint Honoré. Com uma cama, uma parede roxa, cabeceira amarela e uma mesinha de cabeceira de madeira com gaveta vermelha
Parede roxa, cabeceira amarela, mesinha vermelha: as cores do quarto do casal (Foto: @_felco)

Mais praticidade e menos burocracia

Com o imóvel basicamente pronto pra entrar e morar, Tomás e Augusto encontraram outras facilidades com a locação pelo QuintoAndar, já que a imobiliária digital os poupou de eventuais desgastes na hora da negociação. 

“É um intermediário que ajuda nos trâmites e não empata o fechamento do negócio”, comenta o gerente de contas.

Além de fecharem contrato sem a sem necessidade de um fiador de aluguel ou depósito caução, tiveram uma experiência muito prática pra navegar tanto pelo site quanto pelo aplicativo.

“Isso somado ao fato de que a burocracia é reduzida ao mínimo necessário é uma imensa vantagem”, explica Tomás.

Quinto Andar

Quer se mudar para um lugar incrível? Procure seu novo lar na maior imobiliária digital do país e alugue sem fiador Pesquisar imóvel

Amor enquadrado

Depois de assinarem o contrato, outro ponto que favoreceu a chegada ao Edifício Saint Honoré foi a pouca necessidade de modificar o imóvel pra deixá-lo com a cara do casal.

Inicialmente, a designer de interiores Mariana Gibran os orientou em algumas linhas guia da decoração. A partir daí, Augusto e Tomás foram em busca de móveis e objetos que tinham a ver com a identidade e a proposta acolhedora de compor os ambientes.

Sala de apartamento na Avenida Paulista, com quadros na parede, plantas e móveis aparadores.
Móveis, plantas, quadros e a TV. Tudo de frente para o sofá (Foto: @_felco)

“A gente só chegou e jogou glitter. Brincamos mais com a parte da decoração, principalmente com os tons das paredes e com nossos quadros”, revelam.

Em cada canto do apê tem enquadrada uma memória afetiva do casal, seja na lembrança de uma viagem ou no desenho especial de um amigo que homenageia o aniversário de casamento.

Plantas, garimpos e xodós originais

O quadro de aniversário do casal é o principal dentre tantos outros xodós presentes na decoração da casa. Excelentes garimpeiros de antiquários, eles contam que muitos objetos da casa, como o vaso e o rack, vieram das pechinchas em lojas de móveis e antiguidades de bairros próximos ao Jardim Paulista.

Com originalidade de sobra, o imóvel é tomado pelo contraste de cores e conta com uma variedade encantadora de diferentes pertences.

Detalhes da sala de jantar de apartamento na Avenida Paulista, com um grande espelho ao fundo, mesa e quadros na parede
Detalhes da sala: espelho ao fundo, a mesa de jantar e mais quadros na parede (Foto: @_felco)

“São detalhes que dão bom humor para o ambiente. Tem um amigo nosso que apelidou o apê de Delírio Kitsch”, comenta Augusto. “Dá para morar em uma casa alugada com a sua personalidade sem precisar derrubar parede!”, completa.

Ele avalia que um bom planejamento para definir o que se quer e ter paciência para garimpar são os pontos de partida de uma decoração original, acessível e personalizada. Para isso, aqui vão algumas sugestões do casal:

  • Pontas de Estoque;
  • Antiquários;
  • Lojas de badulaques;
  • Peças de monstruário;
  • Inspirações de décor da internet;
  • Tutoriais do Youtube (para quem tiver “um pouquinho de habilidade para inventar moda”).

Adaptações para o home-office

Apesar das poucas modificações do imóvel, a relação do casal com o apartamento no Edifício Saint Honoré mudou bastante durante a quarentena. Isso porque Augusto e Tomás entenderam que uma disciplina “espartana” para respeitar os horários da rotina é fundamental e atualmente estão montando um novo espaço para trabalhar no quarto. 

“Minha mesa de jantar virou um bureau. Tinha monitor, teclado, caneca, grampeador, tudo espalhado”, lembra Augusto.

Um lar pensado para receber as pessoas

Se em cada canto da casa Augusto e Tomás revelam uma memória afetiva do casal, para o lar estar completo basta que eles e o cachorro recebam os amigos para brindar novos momentos. 

Grande sala de apartamento na Avenida Paulista, dividido entre sala de estar e sala de jantar, com sofás, mesa e itens de decoração
O aconchego dos espaços divididos entre sala de jantar e sala de estar (Foto: @_felco)

“O sofá é comprido, a mesa é grande, a varanda é extensa e o bar está sempre cheio. Acho que é esse calor que faz da nossa casa um lar”, conta o casal. 

Decoração, espaço e carinho não faltam.

Que tal morar em um apartamento na Avenida Paulista?

Líder em aluguéis residenciais no Brasil, o QuintoAndar tem uma grande oferta de imóveis pra alugar e pra comprar na Avenida Paulista ou em outros pontos do bairro do Jardim Paulista, em São Paulo.