Se tem um risco que uma pessoa carioca não corre é de morrer de tédio. Afinal, o Rio de Janeiro não é conhecido no mundo todo como Cidade Maravilhosa por acaso. Repleta de belezas naturais, com deslumbrantes encontros entre mar e montanhas, a ex-capital do país conta com uma fonte inesgotável de opções culturais, gastronômicas, históricas e de contato com o meio ambiente. Justamente por isso, quando alguém faz a pergunta “o que fazer no Rio de Janeiro?” para uma pessoa que mora na cidade, as respostas podem ser das mais variadas. 

Pois neste artigo, cientes de que não iremos chegar nem perto de abordar tudo o que a região pode oferecer, vamos falar sobre o que fazer no Rio de Janeiro com foco em roteiros queridos por cariocas e moradores e moradoras da Cidade Maravilhosa.

Navegue pelo conteúdo:

Seu inquilino não pagou? O QuintoAndar depositou.
Seu inquilino não pagou? O QuintoAndar depositou. Saiba mais

O que fazer no Rio de Janeiro: Praias

Falar sobre o que fazer no Rio de Janeiro sem citar as praias é como falar sobre o que fazer em Belo Horizonte e não citar os botecos da cidade. 

As praias fazem parte da identidade dos cariocas e estão entre os programas preferidos das pessoas que moram na cidade. Especialmente por conta de seu caráter democrático, de ser um espaço aberto e gratuito, que pode ser usufruído por todos. 

A concentração das praias da cidade se dá em duas regiões: Zona Sul e Zona Oeste.

Na Zona Sul, estão as praias mais famosas da cidade, como Copacabana e Ipanema. Já na Zona Oeste, além da Barra da Tijuca, que é a maior praia da cidade em extensão, estão outras menos urbanas e cercadas de natureza por todos os lados, como a Joatinga e Grumari.

Clique nos links abaixo para conhecer um pouco mais sobre algumas das principais praias do Rio de Janeiro:

Lagoa Rodrigo de Freitas

Localizada a poucos quarteirões das praias do Leblon, Ipanema, Arpoador e Copacabana, a Lagoa Rodrigo de Freitas é um dos espaços mais cultuados pelos cariocas. 

Ao longo dos 7,5 Km de sua orla, os frequentadores encontram ciclovia e pistas de corrida, aparelhos de ginástica, quiosques e bares e um charmoso pedalinho para quem deseja entrar na água e apreciar de dentro todas as belezas no entorno da Lagoa. 

O que fazer no Rio de Janeiro: Parques

Em meio à correria típica de uma metrópole, o Rio de Janeiro conta com verdadeiros oásis de áreas verdes, que reúnem tanto espaços de Mata Atlântica – onde se pode ter contato intenso com a natureza, com montanhas repletas de trilhas e cachoeiras, por exemplo – quanto parques onde se encontram monumentos históricos da cidade.

Floresta da Tijuca

A Floresta da Tijuca, por exemplo, é uma das regiões mais belas e históricas do Rio de Janeiro. É no Parque Nacional da Tijuca que está localizado o morro do Corcovado e o Cristo Redentor, por exemplo. 

Jardim Botânico e Parque Lage

Localizados na mesma rua, em um dos bairros mais seguros do Rio, e separados por cerca de 1,5 Km, o Jardim Botânico e o Parque Lage estão ao nível do mar, porém aos pés da Floresta da Tijuca. Tanto que, de dentro de ambos os parques, basta uma rápida olhada para cima para se avistar o Cristo Redentor. 

Os dois parques são muito procurados pelos cariocas, por proporcionarem muito contato com a natureza. 

O Parque Lage, por ter entrada gratuita e contar com muitos espaços onde são permitidos piqueniques, é um lugar onde muitas famílias se reúnem. Já o Jardim Botânico é um espaço mais de contemplação e educação ambiental, com atrações como:

  • Parque infantil
  • Loja
  • Cafés
  • Orquidário
  • Jardim Japonês
  • Jardim Sensorial
  • Museu da Casa dos Pilões
  • Alamedas arborizadas (aléias)
  • Fontes e esculturas
  • Herbário
  • Centro Socioambiental
  • Biblioteca (66 mil volumes e 3 mil obras raras)
  • Xiloteca
  • Lagos, mirantes e chafarizes
  • Rio (Macacos), grutas e cascatas

Funcionamento do Jardim Botânico do Rio
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico
Telefones: (21) 3874-1008 / 3874-1214
Horários: Terça a domingo, das 8h às 18h. Segunda ,das 12h às 18h
Entrada: a partir de R$ 17 (para moradores do Rio de Janeiro e Região Metropolitana. Saiba mais aqui)

Funcionamento do Parque Lage
Endereço: Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico
Telefones: (21) 2334-4297/8111 – EAV: (21) 2334-8201
Horários: Diariamente, das 9h às 17h
Entrada: Gratuita

Quinta da Boa Vista

Na Zona Norte, mais precisamente no bairro de São Cristóvão, a Quinta da Boa Vista se destaca como um dos principais parques urbanos da cidade. Uma verdadeira joia da história da cidade, uma vez que foi a moradia da Família Real portuguesa, nos tempos do Império, até o final do Século XIX.

Com mais de 155 mil m2, a Quinta abriga o Bioparque, um novo conceito de zoológico – e também o Museu Nacional, a mais antiga instituição científica do país, administrada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que, em 2018, sofreu com um incêndio de grandes proporções e passa por uma reconstrução.

Funcionamento da Quinta da Boa Vista:

Endereço: Avenida Pedro II, s/n – São Cristóvão
Horários: Diariamente, das 6h às 18h.
Entrada: Gratuita

Outros parques
  • Aterro do Flamengo
  • Centro Cultural Municipal Parque da Ruínas
  • Parque Nacional Municipal da Catacumba
  • Parque Natural Municipal Chico Mendes
  • Parque Natural Municipal da Cidade
  • Parque Natural Municipal da Paisagem Carioca
  • Parque Natural Municipal de Grumari
  • Parque Natural Municipal Fonte da Saudade
  • Parque Natural Municipal José Guilherme Merquior
  • Sítio Burle Marx

O que fazer no Rio de Janeiro: Compras

Como qualquer metrópole, o Rio de Janeiro é uma cidade repleta de opções de shoppings e polos comerciais. Por aqui, vamos destacar algumas das mais queridas pelos cariocas:

Pólo Saara

Com mais de 800 lojas voltadas para o comércio popular, o Pólo Saara é considerado o maior shopping a céu aberto do Estado do Rio de Janeiro. 

Localizado no Centro da cidade, o Saara ocupa onze ruas nas adjacências da Rua da Alfândega, que pode ser considerada a sua espinha dorsal. 

A região foi ocupada no final do Século XIX, por imigrantes de diversas nacionalidades, que montaram negócios pelas ruas do Centro. No Saara, o carioca encontra de tudo, desde brinquedos e produtos para casa a roupas, jóias, acessórios e até mesmo móveis. 

O pólo comercial, por sinal, costuma ficar muito movimentado nos meses e semanas que antecedem o Carnaval, pois é a principal fonte do carioca para a compra de fantasias. 

Funcionamento do Pólo Saara

Endereço: Rua da Alfândega S/n
Horários: Segunda a sexta, das 9h às 18h. Sábados, das 9h às 14h

Feira do Rio Antigo

Repleta de casarões e sobrados antigos, bares, restaurantes e casas de show, a Rua do Lavradio recebe todos os sábados a Feira do Rio Antigo. O evento é gratuito e conta semanalmente com dezenas de barracas com produtos como roupas, jóias artesanais, acessórios, itens de decoração, entre outros. 

Os expositores costumam promover apresentações musicais – como o Circuito de Jazz na Feira –, exposições e shows de dança. E, além disso, é sempre uma boa pedida comer os petiscos e pratos dos bares e restaurantes da região.

Funcionamento da Feira do Rio Antigo
Endereço: Rua do Lavradio S/n
Horários: Sábados, das 10h às 19h

Mercadão de Madureira

Verdadeira instituição da Zona Norte do RJ, o Mercadão de Madureira começou como uma feira agrícola em 1914, mas veio a ser fundado em 1959. Autointitulado “o maior mercado popular do Brasil”, o espaço conta com mais de 580 lojas de diversos gêneros e segmentos como brinquedos, doces, material escolar, roupas e acessórios, bebidas, temperos e ervas, itens religiosos, entre muitos outros.

Funcionamento do Mercadão de Madureira

Endereço: Av Min. Edgard Romero, 239 ou Rua Conselheiro Galvão, 96 – Madureira
Telefone: (21) 3355-9044
Funcionamento: Segunda a Sábado, das 7h às 19h

Feira de São Cristóvão

A partir da década de 1940, o Campo de São Cristóvão se tornou um reduto de retirantes nordestinos que chegavam ao Rio de Janeiro em busca de trabalho na Construção Civil. Por conta disso, nos arredores, nasceu a animada Feira de São Cristóvão, um local onde se montavam barracas para venda de comidas e produtos típicos, sempre com muita música tradicional do Nordeste.

A festa nordestina ocupou os arredores do Campo de São Cristóvão e do antigo pavilhão de eventos localizado por lá por 58 anos. Foi então que, em 2003, a prefeitura do Rio de Janeiro decidiu reformar o pavilhão, organizar e levar todos os comerciantes da feira para dentro e criar o Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas. 

Hoje, o local é muito frequentado não apenas por nordestinos que moram na cidade e querem matar saudades de casa, mas também pelos cariocas que lotam os restaurantes de comidas típicas e buscam iguarias tradicionais do Nordeste, como produtos feitos em couro, bordados, redes, carne de sol, cachaças da região ou mesmo o cultuado e maranhense Guaraná Jesus.

O pavilhão ainda conta com dois palcos, um em cada extremidade, onde o forró dá o tom nos finais de semana. 

Funcionamento da Feira de São Cristóvão

Endereço: Campo de São Cristóvão, S/N – São Cristóvão
Telefone: (21) 4108-9248
Funcionamento: Terça a sexta, das 10h às 18h. Sábado, das 10h às 4h. Domingo, das 10h às 20h

Feiras livres

O Rio de Janeiro tem uma tradição muito grande de feiras livres que, semanalmente, ocupam as ruas de diversos bairros da cidade, com barracas para vendas verduras, legumes, frutas, peixes, carnes, entre outros alimentos. 

As feiras acontecem todos os dias da semana em locais alternados. Clique aqui e veja quando e onde é montada a feira livre mais perto de você. 

Shoppings

Veja uma lista com alguns dos maiores shoppings da cidade

  • Andaraí
    • Shopping Boulevard
  • Barra da Tijuca
    • Barra Shopping
    • CasaShopping
    • Rio Design Barra
    • Shopping Metropolitano Barra
    • Via Parque Shopping
    • VillageMall
  • Botafogo
    • Botafogo Praia Shopping
    • Shopping Rio Sul
  • Cachambi
    • NorteShopping
  • Del Castilho
    • Shopping Nova América
  • Gávea
    • Shopping da Gávea
  • Leblon
    • Shopping Leblon
    • Rio Design Leblon
  • Madureira
    • Madureira Shopping
  • Recreio
    • Recreio Shopping
  • Tijuca
    • Shopping Tijuca

O que fazer no Rio de Janeiro: Cultura

Além das belas paisagens naturais, o Rio de Janeiro é uma cidade de grande efervescência cultural. Conheça aqui alguns dos principais pontos da cidade, entre museus, casas de show, bibliotecas e outros. 

Circo Voador

Localizado aos pés dos Arcos da Lapa, o Circo Voador foi criado por iniciativa de artistas cariocas que buscavam um espaço para organizarem suas apresentações, em especial a trupe do grupo Asdrúbal Trouxe o Trombone, formado por Perfeito Fortuna, Regina Casé, Luis Fernando Guimarães, Patrícia Travassos, Evandro Mesquita, entre outros. 

É uma das principais e mais tradicionais casas de espetáculos do Rio de Janeiro e teve um papel importante no surgimento de alguns dos maiores nomes do Rock Nacional. Bandas como Legião Urbana, Barão Vermelho, Blitz, Os Paralamas do Sucesso, entre outras, deram seus primeiros passos sob a lona azul e branca aberta na praia do Arpoador no verão de 1982 – e que em setembro do mesmo ano se transferiu para a Lapa.

Em 1996, o Circo Voador teve seu alvará cassado pela prefeitura do Rio, que alegou irregularidades no local, e voltou reformulado em 2004 após um movimento de ocupação no canteiro de obras em prol do retorno da casa. 

Após a reabertura, o Circo retomou sua tradição e ainda foi apresentado a uma nova geração, que passou a tomar contato com um dos espaços mais democráticos para shows na cidade.

Endereço: R. dos Arcos, s/n – Lapa
Telefone: (21) 2533-0354
Programação e informações sobre bilheteria: no site da casa

Fundição Progresso

Também pelas mãos do ator e produtor cultural Perfeito Fortuna, a Fundição Progresso nasceu de um movimento de resistência em uma antiga fábrica de fogões e cofres também na Lapa, a poucos metros do Circo Voador. 

Desde 1999, a casa oferece um espaço para grandes shows nacionais e internacionais. E também passou a reunir iniciativas e eventos pioneiros e autônomos de arte, educação, meio ambiente e projetos sociais.

Endereço: R. dos Arcos, 24 – Lapa
Telefone: (21) 99705-8963
Programação e informações sobre bilheteria: no site da casa

Casas de samba

As casas de samba estão entre as principais tradições do Rio de Janeiro. E algumas das mais conhecidas são:

  • Carioca da Gema (Lapa)
  • Rio Scenarium (Lapa)
  • Café Cultural Sacrilégio (Lapa)
  • Trapiche Gamboa (Praça Mauá)
  • Casa D’Samba (Madureira)

Rodas de samba

Além disso, a cidade ainda conta com rodas de samba famosas, como:

Museus e centros culturais

Os museus e centros culturais do Rio de Janeiro também são um capítulo à parte, com exposições temporárias e permanentes e eventos de artes e cultura dos mais diversos.

Veja alguns dos principais:

  • Centro Cultural Banco do Brasil
  • Casa França-Brasil
  • Museu de Arte do Rio (MAR)
  • Museu de Arte Moderna (MAM)
  • Museu do Amanhã
  • Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira
  • Casa de Cultura Laura Alvim
  • Centro Cultural Light
  • Espaço Cultura Correios
  • Museu Histórico Nacional
  • Instituto dos Pretos Novos
  • Casa do Jongo
  • Imperator – Centro Cultural João Nogueira

O que fazer no Rio de Janeiro: Centro da Cidade

Outro ponto do Rio de Janeiro muito querido pelos cariocas é o Centro Histórico da cidade. Repleta de construções antigas, que datam do século XIX ou mesmo anteriores, a região é praticamente um museu a céu aberto, com casas, sobrados e igrejas antigas mesclados com prédios altos e muito modernos do centro financeiro da cidade.  

Saiba quais são alguns dos pontos mais importantes da região:

  • Biblioteca Nacional
  • Largo de São Francisco de Paula
  • Mosteiro de São Bento
  • Paço Imperial
  • Palácio Monroe
  • Praça da República
  • Teatro Municipal do Rio de Janeiro
  • Confeitaria Colombo
  • Travessa do Comércio
  • Praça XV
Teatro Municipal do Rio de Janeiro (Foto: Carlos Ers Jr. | MTur)

Mural Etnias

Desenvolvido pelo artista Eduardo Kobra na Zona Portuária, para os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, a obra deteve, na época, o recorde de maior mural grafitado do mundo, com 2,5 mil metros quadrados. E se tornou um dos pontos mais queridos da cidade, perfeito para aquela bela foto para postar no Instagram.

Bairros próximos

Bairros da Região Central do Rio de Janeiro, Lapa e Santa Teresa são vizinhos e ligados, entre outras ruas, por dois pontos que moram no coração dos cariocas: os Arcos da Lapa, pelo famoso bondinho, e a Escadaria Selarón.

Lapa

A Lapa é um dos mais famosos redutos boêmios da cidade, além do Circo Voador, da Fundição Progresso e das casas de samba já citadas por aqui, conta com dezenas de bares, especialmente em sua via principal, a Avenida Mem de Sá. 

Escadaria Selarón (Foto: Carlos Ers Jr. | MTur)
Santa Teresa

Já Santa Teresa é um charmoso bairro localizado em uma colina e que se desenvolveu no entorno do Convento de Santa Teresa, fundado no Século XVIII. Com ruas de paralelepípedo, por onde passa o famoso bondinho, que sai do Centro e cruza o topo dos Arcos da Lapa, o bairro conta com uma das melhores vistas e alguns dos melhores bares e restaurantes da cidade.

O que fazer no Rio de Janeiro: Esportes e atividades ao ar livre

Cidade com vocação para os esportes, o Rio de Janeiro já sediou duas finais de Copa do Mundo, no histórico estádio do Maracanã, e também foi palco de uma edição dos Jogos Pan-Americanos (2007) e dos Jogos Olímpicos. 

Além do Maracanã, que recebe os jogos de Flamengo e Fluminense, a cidade ainda conta com outras duas arenas para os grandes clubes de futebol do Rio: o Estádio Nilton Santos, administrado pelo Botafogo, e o Estádio São Januário, que pertence ao Vasco da Gama.  

Atividades físicas ao ar livre

Além de ter alguns dos principais estádios e quatro dos maiores clubes de futebol do Brasil, o Rio de Janeiro é uma cidade convidativa para quem gosta de praticar esportes ao ar livre. 

As orlas das praias e da Lagoa Rodrigo de Freitas, por exemplo, são repletas de espaços como ciclovia e pista para corrida e caminhada, além de muitos aparelhos de ginástica e quadras esportivas, seja elas no asfalto ou na areia das praias.

As praias, por sinal, ainda oferecem a possibilidade da prática de esportes na água, como surfe, bodyboard, stand up paddle ou mesmo natação em mar aberto. 

O que fazer no Rio de Janeiro à noite

Como não poderia deixar de ser, uma cidade grande e efervescente como o Rio de Janeiro também vibra à noite, tanto quanto vibra nas praias e parques. 

A cidade conta com diversas opções para os mais variados gostos, desde barzinhos calmos a boates que funcionam quase até o raiar do sol do dia seguinte. 

Alguns desses lugares você já viu por aqui, como as casas de show, rodas de samba, os bares da Lapa e até mesmo a dica sobre o forró da Feira de São Cristóvão. 

Mas aqui vão outras dicas de lugares muito queridos pelos cariocas, em especial quando o sol começa a ir embora. 

Mureta da Urca

Às margens da Baía de Guanabara, a mureta que acompanha toda a calçada das vias principais da Urca costuma ser usada como assento para quem gosta de tomar uma cerveja ao ar livre e costuma bombar com o cair da tarde. Tanto em pontos mais isolados, onde as pessoas levam suas próprias bebidas e petiscos, quanto nos locais onde há concentração maior de público por conta de bares como o Bar Urca e o Garota da Urca.

Jardim Oceânico

Localizado no começo da Barra da Tijuca, para quem chega da Zona Sul da cidade, o Jardim Oceânico é uma área bastante residencial e, ao mesmo tempo, repleta de bares, boates e restaurantes, especialmente na Avenida Armando Lombardi e suas adjacentes. Justamente por isso, é uma das áreas mais movimentadas da cidade à noite.

Baixo Gávea

Um dos mais tradicionais pontos de boemia da cidade, o Baixo Gávea é como ficou conhecida a região no entorno da Praça Santos Dumont, na Gávea. 

Capitaneado pelo icônico e cultuado Hipódromo, que por mais de 75 anos movimentou a região e fechou as portas durante a pandemia, o Baixo Gávea passa por uma renovação e segue movimentado como sempre foi.

No lugar do próprio Hipódromo está uma nova unidade do Brewteco, rede de bares focada em cervejas artesanais, que nasceu no Leblon em 2013 e já havia se expandido para Tijuca e Barra da Tijuca. 

Botafogo

O bairro de Botafogo tem atualmente uma das maiores ofertas de barzinhos e lugares para curtir a noite, com uma grande concentração, especialmente, na rua Nelson Mandela. 

Entre eles estão:

  • Rua Nelson Mandela
    • The Boua Kitchen Bar
    • Boteco Colarinho
    • Cafofo Pub
    • Down Jones Market Beer
    • Vizinhando
  • Bar Bukowski 
  • Be+Co
  • Comuna
  • Coordenadas Bar
  • Fuska 2.0
  • Liga dos Botecos
Outros bares

E aqui, dicas de alguns dos bares que estão entre os mais movimentados, novos e também tradicionais da cidade:

  • Cachambi
    • Cachambeer
  • Copacabana
    • Galeto Sat’s
    • Pavão Azul
    • Adega Pérola
  • Ipanema
    • Venga – Bar de Tapas
    • Restaurante e Bar Garota de Ipanema
    • Êtta Bar
  • Jardim Botânico
    • Casa Camolese
    • Jóia Carioca
  • Maracanã
    • Bode Cheiroso 
  • Praça da Bandeira
    • Aconchego Carioca
    • Bar da Frente
  • Leblon
    • Jobi
    • Bracarense
  • Santa Teresa
    • Bar Armazém São Thiago
    • Bar do Mineiro
    • Bar Simplesmente
  • Tijuca
    • Bar Madrid
    • Bar do Momo
    • Bar da Gema

Planeje a sua nova rotina no RJ, deixe a burocracia com a gente

Agora que você já está por dentro de algumas das principais opções de cultura, lazer, compras e atividades físicas do Rio de Janeiro, que tal procurar um novo lugar para morar na cidade? 

O QuintoAndar tem inúmeras opções de casas e apartamentos para alugar e comprar perto das suas atrações preferidas. E você pode usar os mais de 70 filtros diferentes de pesquisa para refinar a sua busca e encontrar um que tenha a sua cara, na localização que deseja.